28.11.05

E Dá-lhe Cachaça!

O atropelamento de 60 - isso mesmo, sessenta - pessoas no fim da madrugada de ontem, em Belém, retorna à cena questões que a sociedade não quer enfrentar. Mas vai ter que faze-lo,nem que seja na marra,como merecem os marrentos.
Na marra das tragédias.

2 comentários:

Anônimo disse...

A primeira questão deve ser: é justo que, para o inesgotável lucro de poucos toda a sociedade deva ser sacrificada? Digo isso porque, morando na Cidade Velha, desde quinta-feira não consegui dormir pelo barulho que vinha, acredite, da Aldeia Cabana, na Pedreira!!! Imagine quem mora mais próximo! Isso com apoio das autoridades estaduais e municipais!!!

Juvencio de Arruda disse...

Voce realmente começa pelo mais importante.Morador da Praça da República,compreendo muito bem e concordo inteiramente com sua colocação.E ainda foi publicado na edição de ontem que a Sectam mediu o barulho e estava dentro dos limites toleráveis.Mas essa expressão é danada...e se isso for verdade só me resta torcer para ficar surdo.