13.12.06

Anticomemoração

Comentarista "pauteiro" chama atenção do blog para a data de hoje, 13 de dezembro.
Um pouco de história faz bem prá memória.

-------------------------------------------------

Atualizada às 13:45.

Um novo blog na área. É de Eduardo Lauande, que estréia com um post sobre o fatídico AI-5.
Vale a pena ir lá, até para matar a saudade de uma grande figura da política paroara, não mais entre nos: Raimundo Jinkings.

14 comentários:

francisco rocha junior disse...

Apesar da nefasta lembrança, faz bem mesmo. Mas tirando as liberdades individuais (ressalto que não sou louco de achá-las pouco), será que vivemos tempos melhores?

Juvencio de Arruda disse...

Os tempos são melhores sim, apesar de tudo.
O "mundo" está quebrando paradigmas, acho.
E esses tempos de quebra são os mais difíceis, Francisco.

Anônimo disse...

Triste também é constatar que muitos dos que foram perseguidos por defenderem a liberdade, hoje borram na lama da corrupção toda a trajetória de luta duramente escrita.
Rasgaram tudo, esqueceram tudo, se igualaram na truculência.
Muito triste mesmo.

francisco rocha junior disse...

Só pra lembrar de um personagem daquele fatídico dia: o JP continua a tirar por menos... alguém leu a sua entrevista reproduzida pelo O Liberal de ontem? Lewis Carroll não faria melhor.

Juvencio de Arruda disse...

Passaralho é um personagem da época.Ficou lá.
Não leio e não acredito, igual a latrina onde espuma suas ridículas defesas da ditadura.
Acha-se, e assim é reconhecido por alguns, um intelectual.
É sim, do nível da Escola Superior de Guerra, almanaque de terceira.

Luana Caldas disse...

Anônimo das 10:10...

Foste perfeito em tua colocação.Parabéns!

Anônimo disse...

Daquele 13 nefasto o Brasil,
Sejamos claros,
Nunca se recuperou.
Deste secretariado,
Cérebros raros,
O Pará, se recuperará?

Anônimo disse...

Luana, grato por suas palavras acima.
É bom saber que pensamos parecido.
Beijo carinhoso pra vc.
(Observador) Anônimo das 10:10.

Lauande disse...

AI-5: DE SORUMBÁTICA MEMÓRIA
Sempre que chega 13 de dezembro eu lembro do meu amigo e camarada Raimundo Jinkings. Não tem jeito, sempre lembro dele!!! Hoje é um dia que a liberdade perdeu vez nesse país quando da edição do Ato Institucional Nº 5 foi consumada pelos militares em 1968 e todo ano eu escrevo sobre AI-5 pra mostrar minha indignação contra as facetas autoritárias no mundo da política.
Sempre digo que a liberdade é o bem mais precioso que o ser humano almeja. Por isso a humanidade, ao longo dos séculos, tem lutado continuamente no sentido de garantir esse direito a todos...
Veja o artigo completo no Blog do Lauande:
http://blogdolauand e.blogspot. com/
Aquele abraço,
Lauande.

oliver disse...

Está certíssimo quem diz que os sobreviventes dos anos de chumbo, hoje no comando de governos, deveriam zelar pela democracia, evitando desgasta-la.

OBSERVADOR DO PLANALTO disse...

êta blog cansativo e enfadonho.....

Luana Caldas disse...

Anônimo ( Observador )das 10:10.
É triste mesmo.
Estudar História do país, aprendendo que algumas pessoas levantaram a bandeira de liberdade e hoje observar que muitos se acomodam diante dos acontecimentos.
E o mais revoltante é justamente a sua colocação "...muitos dos que foram perseguidos por defenderem a liberdade, hoje borram na lama da corrupção...". É o meu país
Abs

Anônimo disse...

O autoritarismo, a corrupção e a impunidade são o legado do AI-5. Ainda teremos que esperar a 4ª geração para nos livrarmos desses gens!

Anônimo disse...

Esse J. Passarinho, defendendo o Pinochet, não acrescentou nada e nem aliviou nada na sua história. É o tipo do passarinho que já deveria ter sido extinto!