21.10.05

Bons de Bola

Políticos são diferentes das pessoas comuns.
Desenvolvem um senso de orientação, sobrevivência e oportunidade semelhante ao dos animais.
Bem humorados, é difícil tirar-lhes do sério, embora por si próprios, muitos sabem faze-lo. Geralmente em grupos.
Trabalham muito, tem suas casas invariavelmente cheias de gente, uma copa relativamente farta, também de serviçais a atender os visitantes. Menos em Brasília, é claro, onde poucos mantêm a família.
Viajam o tempo todo e é divertido acompanha-los. Boa comida, segurança, mimos, gente bonita, se me entendem. Provocam sempre muita animação por onde passam. Mas estão sempre passando rápido.
Falam bastante, articulam demais, adoram saber das últimas. Dificilmente não tem seus próprios negócios.
Fazendas, indústrias, igrejas e emissoras de rádio e TV são os preferidos.
Discutem qualquer assunto, atualizados nas comissões e nas sessões, e bem assessorados que são, tudo pago pelas verbas de gabinete. Necessárias, em minha opinião, embora desconfie que esteja em minoria nesta avaliação.
Dispensam singular consideração entre si, mesmo nos momentos mais tensos. Não é raro ouvi-los falar melhor de adversários que de correligionários.
Pagar? Nem pensar, não dão adeus a macaco. Odeiam facadas, gíria que usam para nominar os pequenos pedidos do cotidiano eleitor mais esperto. Mas contam estórias engraçadíssimas das que receberam.
Em quinze anos já trabalhei com todos os partidos e caciques de meu estado. Menos um. Também sou gente.
Não adianta perguntar quem é. Invoco a 5ª Emenda e não revelo.
Nunca ousei ensinar política a eles. E, de vez em quando, levo aulas de marketing.
Uma das lições que aprendi é que sempre se faz uma campanha pensando na próxima.
Diga lá, não são uns craques?

4 comentários:

Anônimo disse...

Já que invocas a 5a. Emenda pra não revelar o nome do cujo, ao menos poderias revelar as razões que te levaram a não optar por ele.

Jeso

Juvencio de Arruda disse...

É que os links que esse político faz não estão entre os meus preferidos,como voce.Abração mestre.

milton toshiba disse...

CAMISAS 10 DO MARKETING POLÍTICO!

Juvencio disse...

Da sobrevivência,Milton,hahaha..!
Valeu.