28.8.06

Crise Anunciada

Atenção pauteiros:
Especialistas estimam que em quinze dias o sistema de atendimento na saúde pública em Nova Déli pode entrar em colapso.
As mudanças no sistema de credenciamento de consultas, que atingiram em cheio o atendimento dos Hospitais Universitários, estendeu-se à toda rede.
No Hospital Betina Ferro, caiu em 80% o número de consultas, quebrando a relação médico-paciente. Além do que diminue perigosamente a carga de atendimento dos alunos dos cursos de Medicina, Nutrição e Enfermagem, com sérios danos à formação discente.
Quer dizer: enquanto há filas esperando atendimento médico, em Nova Déli os médicos estão...
de braços cruzados.
E nada do alcaide receber os pedidos de audiência que lhe foram encaminhados.
Brasília dá um trabalho...

5 comentários:

Anônimo disse...

E onde anda o Conselho Municipal de Saúde e a SESPA, que assistem sem darem as providências cabíveis?
Foi numa situação dessas que o Ministério da Saúde interviu na saúde do Rio de Janeiro e desabilitou o município na condição de gestão plena.

Alex Lacerda de Souza disse...

Estive hoje em um posto de saúde no bairro do Marco, um dos melhores de Belém, e vi, mais de uma vez, a atendente relatar a pacientes esperando por um atendimento que não ocorreria, que aumentou muito a procura pelo posto nos últimos dias, inclusive com atendimentos de pacientes de Benevides, Ananindeua e Barcarena, talvéz já reflexo da "estratégia" de atendimentos.

Juvencio de Arruda disse...

É Alex.Deve piorar, se não forem tomadas as medidas a tempo.Não custa nada, nada mesmo, a SESMA conversar com os hospitais, com a UFPA...ou custa?

Anônimo disse...

Esse DuDu,e lembrar que começou seu governo no PSM da 14, criticando injustamente o governo anterior e garantindo que em pouquíssimos meses haveria um PMS novinho em folha, cadê?
O que se viu foram diversos(as) novíssimos(as)secretários(as) de saúde.

Anônimo disse...

Quem toma conta desse governo são os "castelo branco da mala preta", Os "pimentel das pimentas reinantes", os "kayates sem skaytes", as "rosas cunha-das"...
Não podia dar outra!