28.8.06

Xô, Sarney

Sarney começa ficar preocupado com sua reeleição no vizinho estado do Amapá.
Parece que, desta vez, a "fazenda de burros" que mantém no estado pode abrir as porteiras.
Seria ótimo se o Amapá conseguisse se desfazer dessa mala.

14 comentários:

Anônimo disse...

Justamente essa mala que levou o Sarah pra lá antes dos malas daqui.
Seria bom se tivessemos um mala desses aqui. O problema é que os malas daqui mostram o que não são.
Nós não gostamos do Sarney justamente porque ele consegue levar tudo na frente da gente, ou pro Maranhão ou pro Amapá.

Juvencio de Arruda disse...

Mas que complexo de inferioridade é esse, Anonimo?
Que talmudar seu título de eleitor para o Amapá, que ameaça rejeitar o bofe?
Ou para o Maranhão,campeão da miséria nacional?

Anônimo disse...

É verdade ou não é? Então fale do nosso Sarah. O do Amapá já estão selecionando pessoal. Inaugura ainda esse ano. E olha que as obras começaram bem depois do nosso.
Foi ou não foi o Sarney?

Juvencio de Arruda disse...

Foi sim,Anonimo, é verdade.
E é verdade também que os malas daqui não conseguem terminar o hospital, há mais de dois anos, não é?
Mas continue elecando as obras e benefícios que Sarney levou ao Amapá, por favor.
Fale da quadrilha que o cerca naquele estado.
Fale da miséria maranhense, que transborda para o Pará, fale.
Aguardamos.
Obrigado.

Anônimo disse...

O pior é que os anonimos das 8:10 e 8:40 tem toda razão. O Sarney ganha todas.
Não vou nem falar da Vale.
ACORDA PARÁ!!!

Anônimo disse...

Vc tem toda razão Juvencio. O Sarney representa o que há de pior na política brasileira.
O que eu digo é que ele ganha todas da gente. TODAS!!!
Quanto as obras do Sarah daqui, elas já terminaram há muito tempo. O que falta somente é equipamento e contratação de funcionários. Só isso.
Agora, que vc tem toda razão quanto ao resto da sua nota, tem sim.
O problema é que nossos governantes, na maioria das vezes são acanhados na hora da briga.
Se preocupam em ter maioria somente aqui na Assembléia e deixam a bancada da Câmara em Brasíla solta, cada um atirando pro seu lado. Tem de fazer maioria lá também pra mostrar força pro governo federal. Só assim respeitam governador. Governador que não tem voto em Brasília, ninguém nem sabe que existe.

Juvencio de Arruda disse...

Voce, Anonimo das 09:09, tem razão em todo seu comentário.
Temos muitos problemas de liderança e unidade em Brasília.
E a bancada é tão solta que se desmancha no ar, além do que parte dela dobra os joelhos à Sarney.
E nem receber o presidente o governador quer...aí é roça!
Valeu!

Anônimo disse...

É só o nosso governador mostar que os votos da maioria da bancada são controlados por ele. Aí vc iria ver a diferença de tratamento com o Pará.
O problema é que o governo federal se aproveita dessa falta de lidarança, e trata tudo no varejo com os deputados. Aí complica.
O problema que agora é um pouco tarde pra isso.
Só no próximo governo. Do Almir é claro!

Juvencio de Arruda disse...

Eheh...torço para que a próxima bancada seja afinada com o governador, seja ele quem for.
E boa sorte ao seu candidato.

Copulatum et Malum Remuneratum disse...

Então tá difícil. É quase impossível que a nova bancada federal seja afinada com o próximo governador... já que o próximo governador será Edmil50n!

Juvencio de Arruda disse...

Copulatum, bom dia!
Tô lhe devendo umas visitas,mas não se aborreça com este poster...eheh. Mal tenho tempo de me coçar últimamente.
Mas olhe, não despreze o poder da gravidade do poder. Quem tem o cofre na mão tem, sempre, alguma influencia.
E boa sorte ao seu candidato.
Abs

CJK disse...

Sem querer bancar o oráculo, pelo que eu conheçe de alguns dos candidatos a governador, já posso até declinar o nome dos secretários e assessores especiais que serão nomeados no dia 1o. de janeiro de 2007.
Alguns no campo tucano já se anunciam nomeados. Isto, apesar do salto-alto e da persistência de algumas reclamações quanto a falta de dinheiro para a campanha tucana.
Os recursos tucanos já estão fluindo (de onde se originam não me perguntem), garantindo a parte logística de deslocamentos e comícios, bem como os materiais de propaganda, mas não na forma torrencial esperada, ou melhor, sonhada, por alguns elementos da coordenação almirista.
Mas como bom cabrito velho (ou cabra velha) não berra...

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus! vamos exterminar o virus sarney e todos os seus variantes... olha que são muitos aqui no meu pobre maranhão.
nunca me esqueci,quando ia passar na TV GLOBO a pesquisa de uma eleição passada pra governador e a filha de sarney estava atrás nas pesquisas... sabe o que aconteceu? ele mandou desligar a energia do interior do estado, onde ficam seus eleitores...
em suma eu tenho vergonha de ser MARANHENSE!!

Anônimo disse...

Está circulando em algumas cidades do Maranhão estampada em camisetas:"Oligarquia Sarney, um câncer no Maranhão". Espero que o povo do Amapá faça uma quioterapia para elimiar esta moléstia, antes que esse Estado se iguale ao surrupiado Maranhão.