29.6.06

Entre os Dois

Está entre Mário Couto e Valéria Pires Franco a vaga do senado da União Pelo Pará.
Se ela quiser, é dela.
Mas ela declina, até agora. Aí dá Mário.
Qualquer outra alternativa está descartada.

4 comentários:

Val-André Mutran disse...

O dr. Ulisses Guimarães, que jaz em qualquer lugar do mar, cintilando de cima no luar, disse em certa ocasião:
"Convenção sem chapa fechada no dia anterior, não é convenção".
Como era sábio este homem!

Anônimo disse...

Com a vice a chapa de Senado fica mais leve, mas ela e o marido estão reticentes.
Com o presisente da Assembléia a chapa fica mais pesada, o palanque pode não resistir ao peso; como alías não resistiu hoje em Parauapebas, vindo ao chão.
A segurança do governador vai pegar uma punição, uns dias de "cana" por não terem verificado a resistência do material empregado no palanque que quase virou patíbulo.

Juvencio de Arruda disse...

Ahahah...o palanque caiu, é?
Concordo com seu comentario em relação à leveza da Valéria,belíssima, com todo o respeito, é claro.
Já o Mário,pesado e feio...eheh.

Anônimo disse...

Tucano de bico grande diz...
As pesquisas, inclusive as dos Barbalhos não públicadas, indicam a vice Valéria com muito boas chances para o Senado. Aparece na frente, até, de figurões de muitos anos rodados na política. É uma prova de que o trabalho dela apareceu. E apareceu bem junto ao eleitor.