29.6.06

Taradão Nas Ruas

A 1a Turma do STF acaba de soltar Regivaldo Galvão, acusado de ser o mandante do bárbaro assassinato da missionária americana Dorothy Stang.
Sem comentários.

7 comentários:

Paulo Bandeira disse...

Dura lex, sed lex !
Persona opulatus est!
Pecunia et pecunia et pecunia !
In dubio???? in dubio???? indubio???? Pro reo!
O tempora, o mores !

CJK disse...

Em compensação o TRE-PA acabou, em grau de recurso, de manter na atual sessão a condenação em R$ 53.000,00 ao ex-governador por propaganda irregular.
Resta apelar para Brasília.

Juvencio de Arruda disse...

Pasulo Bandeira, voce já se tornou um dos comentaristas mais presentes do blog.Obrigado.
Apesar de não conhecer o latim,conheço as instancias anteriores do julgamento de Taradão.Oj uiz singular negou o habeas corpus.O TJE também.
O STJ também.
In dubio,neste caso, é a decisão da 1a Turma do STJ.
Muito dubio, aliás.
Valeu,Paulo.

Anônimo disse...

O Taradão solto nas ruas, os ladrões de galinhas presos e torturados. O Taradão solto nas ruas, os ladrões do mensalão candidatos a mais uma legislatura. O supremo defendendo a impunidade, o Congresso absolvendo o crime, o Executivo corrompido corrompendo. Isso é Brasil.

Anônimo disse...

Fora Anhanga disse...
Não vamos esquecer que o "Taradão" é da thurma do Anhanga. Amizade que começou com os "negócios" pelas bandas da Transamazônica e que se mantinha na cadeia, ou melhor, nas algemas...

Marco Aurélio disse...

Juvêncio

O advogado da CPT (Comissão Pastoral da Terra) que acompanha o processo do deste caso, disse que a liberdade deste facínora é uma ameaça às testemunhas de acusação e há bons motivos para acreditarmos nisso. É só acompanhar o caso. Por que razão solta-lo então? Segundo o advogado do crápula, "Não há indício de autoria do crime para levá-lo ao julgamento". Realmente esse indício nunca aparecerá. Ele foi o MANDANTE!
A cada dia que passa vou perdendo o respeito pelo STF. Desculpe-me a intromissão mas acho que deveria mudar o sistema de comentários de seu blog, para facilitar aos visitantes.

Um abraço

Marco Aurélio

Juvencio de Arruda disse...

Olá Marco Aurélio.
Voce não imagina a revolta por aqui,de entidades e da sociedade, que repele a decisão gorsseira,arrogante e desastrada das ecelencias do STF.
Que turma,não é?
Lá na região do bárbaro assassinato,os rifles e os facínoras estão prontos para continuar agindo.
Quanto às mudanças na sistemática dos comentátrios, aguardo sugestões.
Gtande abraço, professor.