28.6.06

Ousadia

Da Coluna do Estado, na edição de ontem do Estado do Tapajós.

O forte discurso do deputado Mário Couto, provável candidato dos tucanos ao Senado, fez uma vítima no plenário da Associação Comercial de Santarém, quarta-feira passada, por ocasião da visita do ex-governador Almir Gabriel. *** Couto, num gesto ousado, uniu os braços à altura do peito e perguntou aos presentes se sabiam o que aquele gesto significava. *** Lá do fundo do auditório alguém gritou: - algema. *** No que o deputado continuou: - isso mesmo, algema minha gente, e vocês acham que a gente vai querer do nosso lado gente que já foi algemada?

Hum hum, mas o Mário Couto, hein?

6 comentários:

Anônimo disse...

Então quer dizer que o Fernando Flexa ribeiro e o Duciomar ñão serão aceito na cologação "união pelo Pará"

Juvencio de Arruda disse...

Anonimo, o Duciomar eu ainda não vi com algemas.Mas voce pegou o Flexa, que deve estar chateado com o Mário Couto.

Copulatum et Malum Remuneratum disse...

Hummm, hummm, quem te viu, quem te vê... Mário Couto dando lição de moral... égua, eu vou é me batizar, porque o fim dos tempos está chegando...

Juvencio de Arruda disse...

Calma,Copulatum, o que está chegando são os fins dos tempos dessa política, homem de pouca fé...rs

Anônimo disse...

Começa como bicheiro, termina arrotando virtude. Assim caminha a humanidade...

Juvencio de Arruda disse...

É Anonimo, é verdade.Mas ele pode arguir, em sua defesa,que é melhor assim do que o contrário.
E estará certo também.
Prefiro concentrar minhs críticas ao Mário Couto em sua atuação política mesmo, como no absurdo dos convenios e da paralisação da publicação do Diário Oficial da AL.