2.9.08

Curvas Cruzadas

Prossegue o silêncio do Diário do Pará sobre a pesquisa Vox Populli esperada para o último domingo. Fonte do blog nos bastidores vermelhos com bolinhas pretas diz que a folha sobrancelhuda teria dois bons motivos para não publicar a pesquisa.
O Vox, realmente, não dá sorte com este cliente.
Veja o que o Quinta publicou há pouco menos de tres meses:

Vox e Diário do Pará Acertam Pesquisas
Na coluna Repórter Diário, edição de hoje da folha sobrancelhuda, é anunciada a contratação de uma série de pesquisas ao Vox Populi. A primeira está prometida para o próximo domingo, 15. É um sinal que as patacoadas de 2006 foram superadas, quando nada menos do que seis pesquisas foram contratadas e não publicadas pela folha barbalhista ( ver arquivos do blog de agosto daquele ano) sem qualquer explicação do jornal aos leitores.O Vox também foi contratado para Ananindeua, Marabá e Santarém.

------

By the way, conta o Blog do Bacana.

O blog foi informado que gente do PT, do PMDB e do PTB começam a dar os dedinhos. E a porrada coletiva vai cair sobre a cabeça de Valéria.A conferir.

9 comentários:

Anônimo disse...

Que venham as porradas !
E os votos, juntos ...

Anônimo disse...

Juca, para iniciar a artilharia é só buscar as contas da valéria na Vice de Jatene e descobrir que até frauda descartável era comprado com dinheiro público para abastecer a esquina da Doca com a Tiradentes...Sem contar a preve saúde que tem muito a dizer em sua contabilidade...

Anônimo disse...

E a "transferência" (privatização) de um equipamento de hospital estadual para dourada clínica de seu pupilo.

Anônimo disse...

Estamos perdidos, povo nao aprende mesmo. Velória NÃO... Mil vezes mais 4 anos de Duciomar...

Anônimo disse...

Pagamentos irregulares passam de R$ 550 mil. PREV SAÚDE Iasep fez pagamentos duplos para empresa

Em apenas dois anos, entre janeiro de 2005 e dezembro do ano passado, a Prev Saúde - Núcleo de Prevenção da Saúde recebeu, irregularmente, do Iasep, o Instituto de Assistência aos Servidores Públicos Estaduais, mais de meio milhão de reais, por serviços de remoção de pacientes. Os pagamentos, de R$ 23 mil mensais, foram efetuados em duplicidade: contemplavam serviços já previstos em um outro contrato, no qual, também, foram constatadas diversas irregularidades. A Prev Saúde pertence à mulher e ao filho do ex-secretário estadual de Saúde, Fernando Dourado, e faturou cerca de R$ 8 milhões junto aos governos tucanos.
A empresa obteve contratos milionários, muitos deles sem licitação, até junto ao Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, que é subordinado à Secretaria Estadual de Saúde (Sespa), comandada, na época, por Fernando Dourado. Outros contratos foram obtidos junto ao Iasep, que teve como diretora administrativa uma cunhada de Dourado.

O secretário, que pertence ao DEM, o antigo PFL, foi indicado para o cargo pelo presidente regional do partido, o deputado federal Vic Pires Franco. Dourado, também, era muito ligado à CANDIDATA VALÉRIA Pires Franco, à qual era subordinado. Mulher de Vic, Valéria também pertence ao DEM. A Prev Saúde está registrada na Junta Comercial do Pará (Jucepa) em nome da mulher e do filho de Dourado. Mas foi fundada, em cartório, pelo próprio ex-secretário, que também figurava como inquilino de uma sala ocupada pela empresa até 2003.
A AGE detectou que a empresa recebia R$ 23 mil por mês do Iasep, além dos cerca de R$ 50 mil mensais estimados para o contrato 068/2005. O problema é que esses R$ 23 mil se referiam a serviços de “remoção de pacientes”, já previstos no contrato 068. “Dessa forma, não existe amparo legal contratual para os pagamentos mensais pela suposta prestação de serviços de remoção de pacientes, caracterizando-se, inclusive, como pagamentos em duplicidade” - escreveram os técnicos da AGE - “Além disso, os serviços amparados pelo contrato 068/2005 são cobrados por atendimento, de acordo com a tabela do PAS.
Parece que querem transformar 7 milhões e 7 bilhões...

Anônimo disse...

Que mais anônimo das 5:42 ?
Manda mais ! Trabalha, vai .

Fábio disse...

O(A) das 5:42 trabalha na AGE?
Caso positivo, deve encaminhar urgentemente pedido de providências ao MP.
O Vigiador.

Anônimo disse...

Nota 10, Vigiador.
VPF

Anônimo disse...

Nota 10, VPF e Vigiador. Ipsniffer e backdoor open neles! Lembrem-se, who watchs the watchers?

Anonymo