10.9.08

Más Companhias

Tem algo de errado com a pressão arterial de alguns partidários da candidatura do professor Carlos Maneschy, que tenta chegar na reitoria da UFPA. O post de ontem sobre a busca de apoio do candidato - atitude absolutamente inserida na rotina da politica - enfureceu algumas larvas que rodeiam o candidato.
Há muitas delas, aliás.
Uma se aborreceu porque revelei que Maneschy disse que quer ser o candidato do reitor, coisa que ele sempre disse, no que demonstra certo juízo.
Outra, pudica até não mais poder, ficou passada porque usei a expressão beija mão para classificar o encontro.
Foi beija mão sim.
Imaginem como não ficariam se eu tivesse dito que Maneschy, desta feita mostrando certa falta de juízo, ofereceu ao chefe da Casa Civil do governo do Pará, Claudio Puty, o apoio à volta do atual reitor em 2012, caso seja eleito ?
Imaginem se eu tivesse dito que Puty a-do-rou as referências petistas indicadas pelo candidato?
E aí? Que tal?
Histérica, uma das larvas chegou a dizer que não votaria em Maneschy pois ele manteria este escriba na UFPA. Olha, pode votar tranquilamente no professor Maneschy. No dia 7 de junho deste ano, na sala de trabalho do candidato e por ele convidado, o poster adiantou que tem data marcada para retornar ao governo do estado: 3 de julho do ano que vem, véspera da posse do novo reitor, seja ele quem for. Ou ela.
Duvida? Pergunte ao seu candidato.
No dia 4 de julho de 2009 o poster protocola seu pedido de aposentadoria na Sepof, e vai continuar vergastando essa escumalha inaposentável.
Amo muito tudo isso, larvas.

22 comentários:

Pinky disse...

esmagou as larvas sem dó! croc, croc, croc (é que elas possuem carapaça tb...rs)

Juvencio de Arruda disse...

rsrs.
Bjs, Pinky!

Anônimo disse...

Juvêncio, meu caro.
A cobertura que o blog do barata faz da eleição na UFPA é de grande utilidade, pois ele publica os comentários mesmo que sejam desfavoráveis a ele. Acho que os blogs ajudarão na formação da convicção para nós da UFPA votarmos. Mas o blog tiquin, não sei porque, não publica comentários. Não sou de fazer barraco pois acho a UFPA importante demais para se fazer brincadeira com ela. Dos comentário que mandei pro tiquin só um foi publicado (já mandei uns sete). Então proponho que voce fale mais sobre a eleição pra reitor, pois seu blog é sério. E quanto mais discussão e contraditório, melhor pra UFPA.

Anônimo disse...

Aceite minha modesta solidariedade, caro Juca. Essas "larvas" são tão pagajosas, que precisam ser "dedetizadas" com spray de pimenta..
Do contrárrio, vicejam como praga no reinado da "burrocracia". Como no livro do Marcondes Sampaio, "assim caminha a mediocridade..."
Do
Chicosidou

Anônimo disse...

Caro Juca.

Lí sua referência como apoiador petista "ilustre" ao candidato Maneschy. Naturalmente que vc sabe que não sou admirado por Puty e que a prof. Edilza, também não o é. o Puty não tem bons olhos voltado para a baixinha.
Naturalmente que vc ao fazer este poster espera muitos xingamentos aos nomes de Edilza . Edir e Marquinho.
Caro Juca.
Vc sabe que durante 09 anos sempre apoiei abertamente o Reitor Alex e vc nunca disse em nosas reuniões periódicas com o atual Reitor, que eu pudesse ser uma péssima referência ao Alex, por estar ao seu lado, inclusive nos momentos mais difíceis de sua campanha eleitoral e de sua gestão.
Como vc tem todo o direito de estar no comitê da Prof. Regina Feio, eu também posso estar apoiando o candidato que desejar.

Sinceramente Juca, vc sabe que eu não mais milito no PT, que o Marquinho não é mais filiado ao PT e insinua que o Maneschy nos levou como referência de grandes nomes do PT.

Vc poderia ter se referido ao Fernando Arthur que é colega do Puty desde o movimento secundarista e que também está apoiando o prof. Maneschy.

Vc me pareceu estar diretamente interessado em promover um pequeno linchamento político na blogsfera e esta posição não é coisa de amigos, como achei que vc fôsse.

Estou à disposição.

Edir Veiga.

Anônimo disse...

ak diz
Juca: te aposentarás no dia do meu aniversário. Pra fazer inveja à essa "larva" de norte-americanos que pensam que o 4 de julho é só deles.
Abraços, na espera de bons papos pós eleitorais.
Afonso Klautau

Físico disse...

Juca
Se são larvas, seriam larvas de que?

Raphael Teixeira disse...

Juca, na política partidária é até comum vermos pessoas fazendo planos pessoais mirabolantes para chegar ao ponto mais alto a qualquer custo.

Vide José Serra que só pensa 'naquilo', ou mesmo o sobrancelhudo, com os sonhos e ambições que reserva ao sobrancelhudinho (cruz credo!).

Mas a dinâmica política da Universidade, a despeito de todo poder e influência que representa, não pode ficar a reboque de ambições pessoais e de intervenções político partidárias.

Neste sentido fico feliz em ver resgatada a chapa com Regina Feio e Licurgo Brito, pessoas intensamente engajadas e envolvidas com a Universidade, e que certamente levarão a reitoria, com muito merecimento, sem a necessidade de envolvimento deste ou daquele partido ou pistolão.

Anônimo disse...

Sr. Juvêncio,

Se vossa senhoria desejou estigmatizar os apoiadores do Prof. Maneschy chamando-os de larvas. Devo me considerar uma delas. Não daquelas que freqüentam os ambientes pútridos das conspirações, nem as folhas de pagamento da UFPA ou da FADESP sem que para isso tenha prestado um mínimo de serviço ao público, e não apenas serviço pessoal ao mandatário.
Considero-me uma larva. Uma larva que teima em se dedicar às coisas da academia, mesmo quando o rendimento é inferior às necessidades familiares. Uma larva que sonha - sim, as larvas também sonham - em ver a UFPA produzindo cada vez mais ciência, tecnologia e arte. Produzindo profissionais, mas cidadãos melhores e comprometidos com a sociedade e com a Amazônia. Uma larva que algumas vezes já viu maravilhosos projetos coletivos descarrilharem pelo equívoco de trazerem, sub-repticiamente, projetos pessoais de poder e glória, alimentados pela voraz vaidade de poucos.
Somos larvas de borboleta, milhares.
As borboletas também amam!
Um beijo.

Janjão disse...

Égua Juca, tu é o cara, quando eu crescer quero ser igual a tu rsrssr

abreijos Janjão

Lafayette disse...

Vou te contar uma que vi, hoje de manhã.

Fui de viãozinho (cliente bom é outro papo! rsrsrs) à Sen. José Porfírio.

Lá chegando, esperando o fórum abrir, viu uma barulho, daqueles característicos em época de eleição: CARRO DE SOM (TIPO TRIO-ELÉTRICO).

Pequeno, é verdade (um 3/4), mas potente para a cidade. No alto, militantes - uns 15 - tremulando as bandeiras do candidato: CLETO.

A música no último volume como de costume, é claro. Um "dingo" meia boca, por sinal.

As bandeiras eram todas VERMELHAS. Aí, perguntei/indaguei a um senhor que estava em sua bicicleta, aguardando o fórum abrir. Senhor da terra, das antigas (disse-me que ia resolver com o dotô juiz a "questão" de seu título de eleitor que perdeu, cainda na maré): ERAS O PT ESTÁ TÃO FORTE ASSIM?!

Ele me olhou de cima a baixo - como quem dizia: -tu num és daqui!

-Dotô, é o prefeito. É do PMDB. Tá tentando ficá mais uma tanto na prefeitura. Hoje em dia tá uma misturada só.

Apontou pra uma bandeira vermelha, colocada no topo de um jambeiro:

-Tá vendo aquela ali. Num se sabe se é PT ou PMDB.

Disse-lhe que, um amigo virtual diz que é o "vermelho de bolinhas pretas". Ele riu, e balançou a cabeça branquinha, confirmando o acerto da expressão.

Apontou um outro jambeiro, bem d'fronte ao fórum. Tinha uma bandeira verde. Ele me disse que ali, com certeza era do Partido Verde.

Aí, foi minha vez:

-É, lá na capitar ela amarelou.

Ainda bem que o fórum abriu neste momento e ele se despediu. Ia ser difícil explicar...

Anônimo disse...

Em ocasião anterior, manifestei aqui neste blog minha opinião que era (é ainda) de que o Professor Licurgo Brito, diante de tantas controvérsias, o melhor candidato para Reitoria. Nada de vice-reitor, é pra reitoria sim, porque não lhe falta competência para gerir a UFPa com sucesso. Quem o conhece sabe disso e sabem, também, ele nunca postulou abertamente para ser reitor.
Dizem os que não simpatizam com o Professor Licurgo, não ter ele a chamada densidade eleitoral, o que é uma desculpa mais que esfarrapada para exclui-lo.
Ao fim e ao cabo, o que a UFPa precisa é de qualificação e competência para ser gerida em direção a um futuro glorioso.

Anônimo disse...

Agora somos larvas.
Antes, quando apoiavamos o prof. Alex, eramos funcionarios esclarecidos.

Anônimo disse...

eita que a carapuça ta servindo!

Anônimo disse...

Juvencio, não estou na Universidade, apenas acompanho de longe as eleiçoes na UFPA, mas considero que foste intencionalmente depreciativo no teu comentário. Outro dia voce mesmo informou que foi tomar café com o Puty, e em nenhum momento isso foi considerado como "beija-mão", porque se considera que pessoas públicas possam ter assuntos em comum.

Juvencio de Arruda disse...

Das 4:09, publiquei seu comentário para que todos os leitores do blog vejam o grau de "energumenidade" que assola as larvas maneschyanas.

Juvencio de Arruda disse...

Caro Edyr,

O post representa, com fidelidade, as informações que recebi da fonte, aliás não contestadas.


Quem colocou as aspas no termo ilustre foi vc. Usei-o sem as aspas, mesmo sabendo que vc não está mais filiado ao PT, pelaas marcas que lá deixou.

Edilza, por exemplo, é fortíssima candidata a uma das vagas petitsas na legenda estadual em 2010, e reconhecida como pessoa de luta e disposição, até por seus adversários.
Por que deveria considera-los não ilustres?

Não considero a opinião de Puty, sobre vc ou qualquer pessoa, a medida que separa as águas do Amazonas.

Isto torna prejudicada sua comparação relativa ao fato dde eu nunca ter dito que vc seria referencia negativa ao prof Alex.

Não vejo nenhum problema em vc apoiar o professor Maneschy, embora eu jamais tenha frequentado comitê de candidato nenhum nessas eleições, como vc afirma.
Se o próprio reitor diz que não tem candidato, por que os membros de seu grupo deveriam segui-lo? É perfeitamente legítimo que os apoiadores de Alex procurem se distribuir nas outras candidaturas, como fez o professor Flavio Nassar.
Não é essa a a questão.

Quanto ao suposto linchamento, taí a caixa de comentários para desmenti-lo, limpinha.

Quanto a amizade que vc supunha que lhe dedicase, tenho a dizer que ela não exime - a vc ou a nenhum amigo que tenho - a possibilidade de ser lançada contra a parede, de ser colocada frente ao contraditório.

Edyr, tem algo errado com essa campanha do Maneschy, pois o nível da grosseria dos achaques desferidos ao blog quanto posto qualquer coisa sobre a movimentação de seu candidato fica especialmente ácido.
O que vc acha disso?
Eu acho que isso é meda, frouxura.

Por fim, fico satisfeito que vc tenha generalizado, em seu blog, a acusação que fiz a algumas pessoas que rodeiam a candidatura de Maneschy.
Os textos sobre as larvas, seus e meus, são bem claros, ilustre.
Veja:

No Quinta: "Tem algo de errado com a pressão arterial de alguns partidários da candidatura do professor Carlos Maneschy"

No seu blog:"Todos os apoiadores de Maneschy foram vulgarmente denominados de larvas".

Realmente, não estou á disposição para este nível de debate.



Passe bem, Edyr.

Anônimo disse...

Juca essa é em primeira mão: a candidatura Maneschy sofreu hoje uma importante baixa entre os técnicos.

Anônimo disse...

Prezado Juvêncio,
Você é perfeito em sua análise sobre o comportamento do "Edir" e não Edyr como ele quer se denominar.
Ele acha que só a análise dele é a melhor e o candidato dele é o melhor!!!!
Ele na verdade não aceita a possibilidade de que agora começou "uma nova era" com a Administração do Prof. Alex Fiúza, uma era de trabalho e que ... eles não conhecem ...
RUMO À VITÓRIA COM REGINA FEIO

Anônimo disse...

Licurgo é o melhor para a UFPa e quem faz tudo por ela. Leia, pág. 50 de http://www.portal.ufpa.br//docs/SINOPSE_DAS_ATIVIDADES_ACADEMICO_2008_1.pdf.

Para que a UFPa não passasse por outra vergonha, ele deve ter registrado, não tenho outra hipótese melhor, em nome de diversos docentes doutores inúmeras disciplinas que devem haver sido ministradas por graduado. L
embro que o máximo de disciplinas por semestre são quatro. O drama é que agora há docente querendo processar a UFPa por trabalho escravo e ganhar milhões de indenização, coisa que fica fácil se Licrugo for eleito reitor ou vice.

Anônimo disse...

Juca, parabéns.Sempre achei que um dos problemas do Maneschy são as más companhias. No caso, falo das más companhias dele dentro da UFPA, mais precisamente na fundação que ele quase afunda. Saiu de lá mas deixou células cancerosas em lugares estratégicos, que só não deram cabo na instituição porque sua atual diretoria não comunga com as aves de rapina. "Me dizes com quem andas, te direi quem és". Que Deus tenha piedade da nossa UFPA e não permita que esse team chegue à reitoria.

Juvencio de Arruda disse...

Das 9:36.

Meu caro, não discuto os critérios de moderação de nenhum blog. Respeito os critérios de cada blogueiro.