15.9.08

Disputa na UFPA

O professor Licurgo Brito será o vice da chapa de Regina Feio à reitoria da UFPA.

19 comentários:

Anônimo disse...

Alvíssaras! Profa. Regina. prof. Licurgo. Que as boas energias os acompanhem!

Capitão Dalluz disse...

Juca,
e por falar nas ies públicas, na UEPA o processo de nomeação já tem concluso. Dá uma divulgada aqui no quinta, que como tem grande abrangência, pode fazer uma pressãozinha para que esta nossa governadora haja com alguma consciência política e permita o retorno do processo democrático na Estadual.
Grande Abraço.
C.Dalluz
uepanofoco.blogspot.com

Juvencio de Arruda disse...

Boa noite larvitas maneschyanas.
Não tem nada pra vcs por aqui, mas obrigado pela presença.

Juvencio de Arruda disse...

Boa noite capitão. Fui lá no seu blog olhar a sentença que devolve a caneta pra mão da governadora, retirada pela desastrada patuscada de Edilza Fontes.
Vamos ver o que Sua Excelência vai fazer agora.
Abs

Anônimo disse...

patuscada também: comadre é comadre

Raphael Teixeira disse...

Juca, essa Universidade não se cansa de me encher de orgulho!

Nomes perfeitos para uma chapa de quem luta, dia a dia, para levá-la ao seu merecido lugar, o grau de excelência em pesquisa, ensino e extensão, como deve ser uma Universidade Pública!

Regina Feio e Licurgo Brito são mais um passo rumo a este sonho!

Anônimo disse...

Que bela notícia! Agora tenho mais esperança de que a UFPA possa continuar em mãoes e mentes limpas (não dissimuladas)! Eu tremo quando penso que toda aquela gente do passado, atrelada ao Maneschy, possa voltar a mandar na instituição...

Anônimo disse...

Juvêncio,

uma outra notícia: o vice do Maneschy será o Horácio Schneider. Pode acreditar e postar!

Arbitrium disse...

Caro Juvêncio,
Nada contra a Profa. Regina Feio, mas o Prof. Licurgo reúne todas, absolutamente todas as condições para ser o candidato a reitor: seja pelo trabalho excelente que nestes anos vem desenvolvendo;seja por sua visível competência; seja pela dedicação incondicional a esta universidade;seja pelo perfil político que tem de sobra, a moderação; seja pelo carisma que ele irradia.
Não quero crer que ele abdique de ser o reitor, pois seria sem dúvida um nome insubstituível.
Grato,
Sergio Nunes

Juvencio de Arruda disse...

Das 11:59,

Trata-se de um excelente nome.

Sergio, queira acreditar: é ele mesmo o vice.
Abs

Anônimo disse...

Sou daqueles que gostariam de ver o Professor Licurgo na cabeça da chapa, por sua competência, seriedade com a coisa pública e extremamente focado com o hoje e o amanhã da UFPa.
Muitos acham que ele não tem a chamada densidade eleitoral e isso é uma desculpa totalmente desprovida de seriedade.
Para o bem da UFPa, ainda há tempo de mudar esse "status quo" e catapultar o Professor Licurgo à candidatura de Reitor.
Profesora Regina, desista em favor do Professor Licurgo e ajude a UFPa alcançar seus mais gloriosos objetivos.

Anônimo disse...

Se o vice do Maneschy for o Horácio Schneider, apoio a Maneschy.

Anônimo disse...

A UFPA está de Parabéns!!!
Amanhã (17.09) no vadião será o lançamento da Chapa.
RUMO À VITÓRIA

Anônimo disse...

Sou daqueles que gostariam de ver o Professor Horácio na cabeça da chapa, por sua competência, seriedade com a coisa pública e extremamente focado com o hoje e o amanhã da UFPa.
Muitos acham que ele não tem a chamada densidade eleitoral e isso é uma desculpa totalmente desprovida de seriedade.
Para o bem da UFPa, ainda há tempo de mudar esse "status quo" e catapultar o Professor Horácio à candidatura de Reitor.
Profesor Maneschy, desista em favor do Professor Horácio e ajude a UFPa alcançar seus mais gloriosos objetivos

Anônimo disse...

Caro anônimo das 8:58PM e 7:47AM, decline aqui o nome do seu fornecedor. Ou, então, pelo menos, muda um pouquinho o texto.
Cuidado porque, quando vc achar que for hora de descer do muro, já vai ser tarde e aí vc não vai ser dar bem nem com vencedores, nem com vencidos.

Anônimo disse...

Sou o escriba das 08:58 PM e nada tenho com o cidadão (??????) das 07:47 AM que só está querendo azedar o assunto.
Essa eleição ainda vai ter muitas reviravoltas.
É esperar e conferir.

Anônimo disse...

Com todo o respeito pela Profa. Regina Feio e pelo Prof. Licurgo, salta aos olhos a maior competência científico/acadêmica e o maior potencial administrativo da chapa Carlos Edilson Maneschy e Horacio Schneider. A questão fundamental será compor uma equipe de colaboradores à altura dos desafios que virão para quem dirigir a UFPA pós-Alex, pelo muito que este construiu, consolidou e abriu de perspectivas para a instituição. Aguardemos.

Luis disse...

blogger, vou sair um pouco do assunto e mudar o foco pra uepa.....
duas perguntas instigantes...
A atual reitora ficará por mais 6 meses, já que está próximo de acabar o prazo de 180 dias da gestão pró-tempore? O que está por traz da campanha "UEPA na sedect - é isto que queremos"?

Anônimo disse...

É de causar asco os ultimos acontecimentos na UFPA.
Os bastidores esfervecem de coluios e coluios!Picuínhas e picuínhas!
Seja de um lado, seja de outro... o reitor parece desesperado...
Lamento que a UFPA esteja vivendo uma realidade que no saldo final, é tudo, menos acadêmica...
A candidata do Reitor não fede e nem cheira... o vice dela dispensa comentários. Decepcionou o grupo que lhe dava suporte quando lançou sua candidatura independente e depois a retirou, alegando compromisso com a pró-reitoria... O grupo de professores, funcionários e alunos agora o tem como desacreditado, como sem convicções próprias...
Regina nunca quis ser reitora, salvo depois de conversas e conversas com o magnifíco.
Agora a UFPA vive um clima de mexe daqui, mexe dali, maqueia daqui, maqueia dali. O redimensionamento de servidores pode até ser explicado, mas nào nas bases em q está sendo constituído.