10.9.08

Vazamento "Terceirizado"

C'est impressionnant. À Imerys il coule même par leurs engagé.

12 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Juca,


A Imerys Rio Capim Caulim recebeu com imensa surpresa, por meio da imprensa, a informação de que a Procuradoria Geral do Estado, entrou com uma ação civil pública contra a RCC, nesta terça-feira (9), pelo naufrágio do rebocador Jeany Glalon XXVII, pertencente à empresa JF Oliveira Navegações Ltda.

Em relação ao que foi divulgado, a Imerys esclarece que:

- A RCC não tem e jamais teve nenhuma relação de serviço com a empresa JF Oliveira Navegações Ltda;

- A Imerys Rio Capim Caulim não utiliza o serviço de rebocadores de nenhuma empresa;

- A Imerys RCC já está tomando as providências necessárias para esclarecer essa situação junto à Procuradoria Geral do Estado.


Atenciosamente,
Assessoria de imprensa
A Imerys Rio Capim Caulim

Janjão disse...

Agora me deu medo, traduz po...

Anônimo disse...

A Procuradoria Geral do Estado já ingressou com uma ação de 1,5 milhão (c'est impressionant!)contra os responsáveis pelo vazameno de óleo no furo do arrozal. A Sema também já contratou a CDA para fazer um paliativo por lá. Enquanto a PGE procura arrancar um tostões do responsável, a Sema contrata um passarinho para apagar o incêncio. Me faz lembrar a história de um coronel que desvirginou uma mocinha nos idos dos anos 20 do século passado e foi chamado pelo delegado para indenizar a moça. Chegou na delegacia com os bolsos cheios de dinheiro, muito mais que o suficiente para reparar o dano (segundo o Delegado havia arbitrado). Na saída, o delegado pergunda: para que todo esse dinheiro, coronel? Ao que ele responde: Ainda tenho aqui para mais umas dez mocinhas...

Alan Lemos disse...

Agora vejo que Aliança Francesa me é útil até hoje.

Helena Saria disse...

Ah oui? Quels engagés??
Il y a des nouvelles?

Anônimo disse...

Pardon, mon ami, mais je n'ai rien compris!

Lafayette disse...

Ah, traduz pois o "meu" Lafayette vem de Óbidos!
rsrsrsrs

Anônimo disse...

Leurs engagés.

Anônimo disse...

Nem o Ceará concentra tanto jegue em um só lugar. Put que te paris, quont ignoronce. Isto é que é francêsguês.

Alex Lacerda disse...

Juvêncio, não é passarinho. É Passarão.
E o "avuador" não quis pagar pelo reparo do dano, nem comunicou em tempo hábil o desastre causado. Pena que a multa da SEMA seja só de uma milha.

Anônimo disse...

Comparar a CDA prestadora de serviços da Pretobrás comparada a passarinho, hum hum.

Cássio disse...

moi sumanô, oui já me mu...