16.9.08

Pam...Pam...Pam

Este som, terrível, funesto, chega de longe aos ouvidos do poster.
Vem de uma lindíssima cidade do oeste do Pará.
É um caixão sendo fechado.

19 comentários:

Ale Carvalho disse...

credo, que suspense!! qual é o título do filme de terror? não captei a pegadinha.

Juvencio de Arruda disse...

Fechando o caixão, na política, quer dizer que um indicativo de resultado entra em definição.
Bjs

Anônimo disse...

Maria Faz,vai fazer muito mais. É só alegria.

Juvencio de Arruda disse...

Esse mote era do Almir em 98...rs

Ale Carvalho disse...

brigada, prof. Juca! Eu realmente sou como um burro olhando para o palácio dos jargões políticos..rs.

Anônimo disse...

Interessante, aqui em Marabá estamos ouvindo este mesmo barulho. Também estamos ouvindo murmúrios, lamentos e até gritos.
E o mais curioso, é que esses sons ecoam de duas direções. Um barulho muito grande vem das proximidades da Prefeitura e outro vem de um grupo de pessoas que vestem vermelho e parece que são judeus, pois usam uma estrela no peito.

Dom Quixote

Juvencio de Arruda disse...

Vc é a profa. E madrinha também.
Bjs

Cássio disse...

Esse tipo de manifestação anti-semita, como o do sr. Dom Quixote que de forma covarde se mantém no anonimato, talvez com medo de processos da comunidade israelita, deveria ser censurado, pois reproduz a velha prédica anti-judaizante associando judeus a grupos conspiradores e de lamentações permanentes. Critique o PT que tem orgulho de ter a estrela vermelha no peito, mas não use desses artifícios nazistas, pois Hitler e seus asseclas sentiam prazer de demarcar esse respeitável grupo étnico com a Estrela de Davi. Pensamentos como esses só podem vir de cabeças autoritárias e preconceituosas aliadas dessa direita estúpida e raivosa que, via de regra, costuma soltar suas unhas em épocas eleitorais. De nossa parte, petistas, não temos vergonha de ser associados a judeus como a qualquer grupo étnico que merece nosso respeito e solidariedade. Judeus, árabes, libaneses, japoneses, alemães, índios, todos são tolerados e respeitados em nossos programas de governo, pois o Brasil e o Pará, assim os abraçaram e os abraçarão sempre! Pensando bem, Juvêncio, não censure não! Deixe à mostra para que saibamos perfilar os que defendem a liberdade e a tolerância e os que preferem o ódio.

Alexandre disse...

Santarém sabe o que é bom. E quer sair do vermelho.

Anônimo disse...

Em Parauapebas o caixão não fechou, mas o paciente está agonizando. Não tivesse vivo e respirando, as vezes até pensando, cogito, poderíamos afirmar que a causa mortis é ANENCEFALIA.

Meu PT, meu guri, chegastes lá!

Anônimo disse...

Amarelou!!!

butuca disse...

Ei Cássio, besteiróis a parte - e tu falas muitos - via de regra é vagina, sacou?

Anônimo disse...

Juvêncio
Espero que seja o enterro do Lira Maia o segundo maior corrupto do país, segundo a Veja, só perdendo para o Paulo Maluf.
Que a Maria do Carmo continue a fazer o trabalho maravilhoso que até agora está fazendo.
Abraços à todos os santarenos

Atm-Stm disse...

Êpa, pera lá, Lira Maia não perde pra ninguém! Sou Santareno, apaixonado pela cidade, por isso digo: O ouro é nosso. Nada de prata. Lira Maia é o primeiro, aha, uhu... Só não sabem disso porque não encontraram a grana dele no exterior. Assim não vale, é desigual. As contas do Maluf no exterior foram contabilizadas nesse ranking e nem verificaram se o Lirinha tem alguns dobrões por lá ou não. Injustiça! Só porque somos nortistas, não podemos levar o primeiro lugar? Queremos o lugar de que é digno nosso lider cipoalense: o primeiro.

Anônimo disse...

@Cássio.

Calmaeee filho.

Trazer a estrela de Davi a comparação com a estrela vermelha do PT é querer puxa pra si os martírios desse povo tão perseguido.

Ainda não associaram a estrela vermelha à suastica, portanto, tenha mais calma.

Anônimo disse...

Esse Cassio é doido ou quer aparecer. Não ví ofensa nenhuma aos Judeus.

Anônimo disse...

Onde este louco viu manifestaçao anti-semita. ô mania de perseguição sô!!!!!!!!

Juvencio de Arruda disse...

Está encerrada essa insistência por aqui.

Cássio de Andrade disse...

"E eu não te direi mais, guarda as minhas palavras no teu coração e repete-as contigo" (JOSÉ SARAMAGO - "O Evangelho segundo Jesus Cristo", p. 418).