26.2.06

Na Merda

O manancial que abastece a segunda maior cidade do Pará está contaminado pelos famosos coliformes fecais.
Em padrões elevados, e de porco, ainda por cima, criados às margens do igarapé que suporta o consumo de Santarém.
São trezentas mil pessoas tomando água com merda.
Um caso de imundície pública e uma situação de emergência social.
É uma vergonha transversal à prefeitura, governo do Pará e governo federal.
Até aparecer um procurador da república e chamar o feito à ordem.

5 comentários:

Jubal Cabral Filho disse...

Complementando a informação, os coliformes fecais são decorrentes da criação de suínos.
Ainda estou esperando que o professor responsável pela pesquisa me dê o prazer de envia-la, conforme pedi à Coordenação do Curso de Biologia, para que possamos conhecer os métodos empregados.
Ele mandou um email dizendo que não poderia disponibiliza-la pra "qualquer uma pessoa porque o trabalho não era público".
Ora, quando é feita uma reunião de alunos e professores na FIT e é exposto os resultados não torna-se público? Ainda mais quando é divulgado na imprensa! Só se tiver alguma coisa por trás que não pode ser vista.
Mas tem que ser realizado um trabalho institucional e público para que se aproveite os resultados.
Estou aguardando uma resposta e quem sasbe depois desta postagem no Quinta Emenda ela surja.

Jubal Cabral Filho disse...

Desculpa, não li com a devida atenção o post. ESTÁ DITO QUE SÃO DE PORCOS!
AFOBAÇÃO PELA NOTA!
Rs. Rs vermelhino de vergonha!

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia , Os Cabral Ambiental.É de suínos sim...rs.Espero que os dados da pesquisa sejam abertos à comunidade.Mas o Quinta não tem essa bola toda..hehe.

milton toshiba disse...

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mais/fs2602200614.htm

Juca, os persas tinham essa impressão, desde o império. Na Folha de hoje..(Mais)

Abraço

Juvencio de Arruda disse...

Milton, vou atrás do link. E que lições o passado nos ensina, não é mesmo? Os persas tem uma história riqu[íssima, inclusive artística e científica.Já visitei uma exposição virtual do Louvre sobre eles.Fiquei encantado.