29.10.06

República Velha

Do blog da Rita Soares, no Portal ORM

Almir Gabriel acompanhou à totalização dos votos com a família no sítio em Benevides e depois não falou à imprensa sobre o resultado. Até o último minuto, ele acreditou que seria possível reverter o quadro.

É pena.
Almir repete o comportamento do primeiro turno, quando também não se dirigiu à sociedade.
Enquanto isso, pela televisão, o poster está ouvindo os depoimentos de todo o Brasil, de vencedores e derrotados, exemplares, aliás.
Aqui no Pará, o peso da derrota foi maior que a coragem de enfrentar, com altivez, as cameras de tv.
E seus eleitores.

8 comentários:

Anônimo disse...

Típico de um ...ratão.

Anônimo disse...

Está na Bíblia e devemos respeitar.
Há tempo pra tudo na vida. Tempo de rir e tempo de chorar. E tantos outros tempos.
O que devemos respeitar é o tempo de cada um. E o tempo de sofrer deve ser o mais sagrado de todos, sagrado e respeitado.
É muito difícil uma derrota para um homem público como Almir Gabriel, que tanto fez pelo Pará, e que fez tanto por nossa Belém.
Por respeito e admiração a sua história de dedicação e amor pelo Pará, vamos respeitar este tempo.
É só o que eu peço com muito respeito a todos vcs. Um tempo.
Vic Pires Franco

Anônimo disse...

Concordo um existe um tempo para tudo:|Um tempo para escarnecer dos mais velhos e um tempo , para o próprio tempo te dar o revide, a lição por esse desrespeito.Que eu me recorde lembro que na campanha de 1993, o mote para enxotar Jarbas Passarinho da vida pública utilizado pelos vitoriosos era " Xô passarinho , Xô!

Alex Lacerda de Souza disse...

Deputado, seria este o principal motivo para que o Ex-governador dirigisse suas palavras a todos os que nele continuaram acreditando, apesar dos indices sociais contrarios a propaganda oficial, e nele votaram. Seria mais elegante assim.

Anônimo disse...

Comovente a lealdade do deputado Vic para com o doutor Almir, como o foi com o doutor Hélio. Como em política tudo é possível, quem sabe um dia o deputado não seja leal ao doutor Jáder?

Anônimo disse...

Ora,ora. O Dr. Almir tem experiência suficiente para bater duro nos adversários e criar factóides junto com sua "entourage" (que inclui o deputado), deve ter experiência também para absorver a derrota.

Anônimo disse...

Um dia, repórteres admirados perguntaram ao Joe Lowis, americano,cinco vezes campeão mundial:
- O que você faz, para se manter sempre campeão?
- O adversário bate, e eu absorvo, êle bate e eu absorvo, bate, absorvo.
Almir, ABSORVA! Ao invés das chuteiras, vamos de luvas.

Anônimo disse...

Ainda bem que ficou calado. Poupa-nos a cara e a arrogância que até a misericórdia desagradam.