1.8.08

Mulher Comanda "Leão"

Segundo a Agência Estado, a nova secretária da Receita Federal, Lina Vieira, assume causando preocupações nas pequenas empresas, posto que foi adversária ferrenha da lei que criou o Simples.
Ainda de acordo com a AE, o UNAFISCO, o sindicato dos auditores da RF, saúda a posse de uma auditora de carreira no cargo, o que diminui o risco de politização do órgão.
Já as fontes planaltinas do blog dizem que a Corregedoria da Receita Federal não vai sentir saudades de Jorge Rachid.

-----

Atualizada às 6:23 do dia 2.

Estou tentando superar as dificuldades com as postagens.

10 comentários:

Anônimo disse...

Juvencio,

apesar dos temores de parte do empresariado, não acredito que haja retrocesso nas regras do Simples.
A simplificação das incidências tributárias, sobretudo para a grande massa de pequenos e médios empreendedores, já avançou bastante e acredito que hoje já seja uma política de Estado, definida por quem tem voto (Presidente e Parlamentares) e não por autoridades administrativas, ainda que situadas no alto escalão hierárquico.
Ademais, a nova Secretária é inteligente o bastante para não comprar essa desnecessária briga com o país.
Abraço,

Helenilson Pontes

Juvencio de Arruda disse...

Olá, professor.
Prefiro apostar na profissionalização continuada do órgão, do que em novos embates no parlamento. Também não vejo espaço político para voltar atras nessas medidas.

Abs

Anônimo disse...

Corroboro o desejo de profissionalização da Administração Tributária. Refiro-me à política tributária (normas que definem quem, quanto, como e quando deve-se pagar tributos), definições que não podem ficar ao alvedrio dos burocratas. Trata-se de opção política que tem que passar pelo filtro da democracia representativa. Creio que na substância estamos de acordo.
abraço,
Helenilson Pontes

Juvencio de Arruda disse...

Estamos sim, Helenilson.
Abs.

--------

Obrigado pela incorporação de mais uma (bela) palavra ao meu dicionário...rs

http://pt.wiktionary.org/wiki/alvedrio

Anônimo disse...

E Tourinho comanda "Papão".

Bia disse...

Boa tarde, juca querido:

eu eu, tal qual o anônimo acima, vendo a manchete, já ia me candidatar para presidir o Papã..rsrsrs...

Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

Ahaha...boa essa!
Votaria em vc.
Bjão,queridona e boa tarde.

Anônimo disse...

Com certeza a torcida azulina prefere a Lina Vieira ao Raimundo Ribeiro...

Anônimo disse...

Ei doutora Lina, anote um endereço aí : Avenida Almirante Barroso, TV RBA.
Tem um forno lá, a todo vapor...

Cássio disse...

Anônimo, quando o Levy dirigiu o Remo, a esposa dele fazia um bom trabalho psicológico na equipe. Pelo menos a campanha do time na terceirona de 2005 era bem melhor que a atual, onde o Rei Arthur grita, esbraveja e o time continua jogando uma m.... E o Raimundão? calaaaado... Agora, esse assunto não tem nada a ver com o post. Futebol é uma droga... O nosso Leão também tá uma droga!