5.8.08

Resto de Jornalismo

A emporcalhada coluna de Alyrio Sabbá no Liberal ataca mais uma vez. Na edição de hoje Sabbá volta a avalizar o serviço de travessias para a ilha do Marajó, citando supostos elogios conferidos por um grupo de turistas, e arremata: "o resto é conversa fiada".
Não satisfeito, investe contra o trade da ilha, que luta por melhores condições na travessia.
Mente descaradamente o nacional, o rei da conversa fiada.

6 comentários:

Anônimo disse...

Deixa o homem faturar !

Anônimo disse...

O paradoxo é que o Reporter 70,de hoje também, desdiz o que o Alyrio escreveu.
Para completar esse descalabro, o governo do estado, Paratur, Arcon ou coisa que o valha continuam TODOS omissos ao problema.

Anônimo disse...

Alirio foi informante na época da ditadura militar.
Reacionário ao extremo, passada a fase da repressão, não lhe restou outra função a não ser baba ovo dos poderosos, notadamente os donos de empresa de transporte fluvial que na Amazônia, pelo óbvio, devia ser um primor.

Anônimo disse...

Colocam na Paratur dirigente que não conhece o estado.
Ann Pontes é uma pessoa amável, mas padece do que todos no sul do Pará padecem, ou seja, só conhecem, sabem e valorizam aquela região.
O resto do Pará, para eles é o resto.

Juvencio de Arruda disse...

Como já foi dito aqui, os fatos, o Seventy, a editoria de Cidades de O Liberal, e a TV Liberal desmentem continuadamente este nacional, o que deixa sua defesa incondicional das companhias de navegação, no mínimo, estranha.

Anônimo disse...

Mais estranho é um jornal manter um colunista que desmente o seu próprio noticiário. Aí, com tanta esquizofrenia, fica difícil entender o slogan: voce lê, voce acredita. Em quem?