31.1.07

Cortem!

Do blog do Noblat.

O Conselho Nacional de Justiça acaba de decidir que os tribunais de justiça do Acre, Amapá e Paraíba devem cortar os salários de seus servidores que ultrapassem o limite estabelecido pela lei - no máximo, R$ 22.111,00 mensais.
A sessão do Conselho foi interrompida e deverá ser retomada daqui a pouco. Serão julgados os casos de mais 10 tribunais onde a lei está sendo desrespeitada - entre eles, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal.
Ficará para futura reunião do Conselho os casos dos tribunais do Maranhão e do Mato Grosso porque um dos conselheiros pediu vistas dos processos.
Cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal contra as decisões do Conselho.

Um comentário:

Antonio Carlos S. Monteiro disse...

Menos mal, já estava crendo que estes absurdos iriam se firmar. Pra esse judiciário paralítico que entoca todos os crimes na fortaleza da lentidão e da impunidade, R$ 22.111,00 está bom demais.