27.3.07

Eu me Acho

Servidores mais experientes da Assembléia Legislativa garantem que o pai do deputado Júnior Hage (PR) era um deputado muito, mas muito mais simpático do que o filho.
E nada dizem, porque não podem, mas estranham os pitis que o parlamentar vem exibindo.
Testemunha ocular de dois destes, digamos, ataques, disse ao blog: "Que pena, Juca. Tão jovem".

7 comentários:

Anônimo disse...

Ei Juca, com todo o respeito, vamos deixar o deputado Junior Hage fazer o que quiser com o piti dêle.

Juvencio de Arruda disse...

eheh..claro.
Mas os funcionários não tem nada a ver com isso.

Anônimo disse...

A fonte que passou a informação sobre o "humor azedo" do deputado Jr.Hage não conhece, de fato, o seu temperamento. É gentil, elegante e cavalheiro. Posso garantir-lhe,porque já foi motivo de discussão e comentários na Assembléia Legislativa, que o único motivo que o deixa irrequieto é quando senta para despachar com o Domingos Juvenil. Aí sim, o jovem deputado não é obrigado a engolir tanta embromação e,consequentemente,seu "piti", nesse caso, é inevitável.

Juvencio de Arruda disse...

Gentil,elegante e cavalheiresca é a sua defesa ao deputado.Muito legal. Vou conversar novamente com a fonte para ver se as atitudes que ela condena se restringem ao gabinate do presidente.

Obrigado pela visita.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Juvencio de Arruda disse...

Obrigado. Voce chamou minha atenção para o comentário anterior, erradamente aceito.
eheh...os anônimos são sempre importantes.

Anônimo disse...

Obrigado, Obrigado, Obrigado.....
Quero agradecer ao Srº Deputado por ter colocado emendas para o município de Terra ALta, muito honrado pela sua atitude em oferecer ao povo políticas de qualidade.
Eduardo Lima