28.3.07

Improbidade Aprovada

O TCM aprovou ontem as contas da prefeitura de Nova Déli no ano de 2005, com a relatoria cabendo ao conselheiro Aloysio Chaves. O tribunal desconheceu o processo de compra dos carros da Guarda Municipal com recursos da saúde, objeto da ação por improbidade administrativa que lhe move o MPF.
A compra dos carros foi realizada naquele ano.

9 comentários:

Anônimo disse...

Pode ter credibilidade?
Não sei porque este hábito de apadrinhar a bandidagem dos colarinhos brancos.
Motivos muito forte(R$) estão por encobertos.

Bia disse...

Juca querido:

hoje divago mais do que sempre. E a leitura deste post me lembrou o livro do Ricardo Lessa - A que hora vem o povo - quando da sua saída do MR-8, usando no título do livro uma "chamada ao contrário" para o nome do jornal do Movimento: Hora do Povo.

Fiquei embatucada com esta minha associação de idéias - ainda bem que a hora com a analista já é amanhã! - mas agora sei porque ela aconteceu: os TCs, municipais, estaduais, da União, justificam sua existência pela teoria da inércia!

Não têm compromissos com a realidade. As contas analisadas devem simplesmente demonstrar a sua legalidade: notas fiscais, datas posteriores à autorização de despesa, comprovação da licitação, tomadas de preço e o escambau. Basta isto. O cumprimento da lei.

Agora, sabemos nós, os mortais que vivem fora dos corredores dos Tribunais de Contas que, no geral, os mais "sagazes" no uso indevido do recurso público, são os que sabem a letra e as entrelinhas da lei. Cumprem-ma rigorosamente! E pronto!

Por isso, a associação: e a que hora vem o povo.

Desculpe, hoje estou exagerada.

Beijão.

Yúdice Randol disse...

Desconheceu, também, a operação ruinosa que consumiu recursos da saúde para comprar o Hospital Sírio-Libanês. Valores foram efetivamente pagos e bloqueados pela Justiça Federal. O pronto-socorro não existe até hoje. A pirotecnia inútil foi um dos primeiros atos (leia-se "desatinos") do sedizente. E isso foi aprovado? Sem sequer uma ressalva?
Sinceramente, gostaria que alguém me explicasse como pode. Tecnicamente, bem entendido.

Anônimo disse...

E O CONTRATO DO LIXO ENGAVETADO NA PRESIDÊNCIA DO T.C.M? QUAL FOI O RESULTADO?
TEM PREFEITUA PEQUENA QUE NÃO TEVE JULGADA A PRESTAÇÃO DE CONTA DE 99.

Anônimo disse...

Essa decisão, ainda mais tomada por unanimidade, deveria envergonhar os responsáveis pelo controle externo da atividade financeira municipal.
Ao contrário do que se poderia pensar, desde 88 que este controle não é mais meramente formal, mas sim material, inclusive no que se refere à moralidade, economicidade, legalidade (sobretudo constitucionalidade) da atuação financeira do gestor público.
Será que tudo isto foi atendido, pelo ilustre Prefeito de Belém?

Anônimo disse...

Juca Amado, eu não acredito no que estou lendo as contas do Duciomar Costa,aprovadas isso é uma vergonha para o TCM,que tem como presidente o tio do Deputado,Joaquim Passarinho do PTB do DUDU, ai tem coisa

Fábio Cavalcante disse...

Publiquei na rede um pequeno vídeo com a manifestação dos estudantes na última quinta-feira, em frente à Prefeitura. É o "Fora Dudu!", e cita várias denúncias como as da verba da saúde,do Sírio-Libanês, do Aurá. Tá no google video (http://video.google.com/videoplay?docid=6618557261037938856) e no youtube (http://www.youtube.com/watch?v=KYCtyR3qbbE). E quem quiser baixar esse vídeo com uma boa resolução de imagem, pode fazê-lo a partir deste meu post: http://www.blog.fabiocavalcante.com/?content=detail&id=6

Valeu e um grande abraço!

Anônimo disse...

8 x 23 disse ...

Eu tenho uma explicação para tudo isso que foi questionado aí em cima: sabe quem é o presidente do Tribunal de Contas do Município? Tá explicado. Ou não tá?

Anônimo disse...

Pois é, não sei o por quê de tanta surpresa.