15.3.07

Dolce Vita

É desgastante o poder em Brasília.
Em Nova Déli, onde relaxa, o hemorrágico prefeito Duciomar Costa adora fazer passeios noturnos.
Vale-se, para tal, de uma belíssima lancha regional chamada Tornado, que pertencia ao doleiro José Lima.
Com dois conveses, capacidade para mais de 50 pessoas e um motor MWM de 11o cavalos, a proada do navio aponta para a bucólica ilha do Mosqueiro, onde lança âncora às proximidades do igarapé do Cajueiro.
A embarcação foi modificada logo após sua aquisição, controversa, sublinhe-se. Há quem diga que o mimo teria custado R$ 300 mil. Gente do ramo afirma que vale a metade. Uma diferença de 100%.
Mandou-se construir duas suites espetaculares, coisa de cinema.
Numa viaja ele, Dudu, e na outra, sua alma gêmea, o famoso Paulo Castelo, preso em flagrante em 1999 pela Polícia Federal no aeroporto de Brasília, agarradinho a uma pasta repleta de dinheiro, extorquido à empresa Eidai do Brasil.
Que eu me lembre, um dos episódios onde mais fácilmente caiu um patinho safado.
Quando não está singrando as ondas suaves da baía do Guajará, a Tornado pode ser vista fundeada na frente do antigo Iate Clube do Pará, o quartel general de Paulo Castelo.
Aliás, o desativado clube é , digamos, o canteiro de obras informal do famigerado Projeto Orla, onde, sabe-se, a prefeitura tenta torrar algo em torno de duas centenas de milhões, emprestados ao BID.
Mas, justiça se faça, o embarque e desembarque da dupla é o mais discreto possível, protegida pela escuridão da noite e pelo porto do clube, distante 1/8 de milha da Av. Bernardo Sayão.
E a cidade de Nova Déli, pode perguntar o amigo leitor.
Bem, devo dizer que as "luzes da cidade" estão ainda mais longe do "bicho do mato". Azar dela, dane-se!
Sim, a feliz proprietária da Tornado é a Módulo Engenharia e Serviços de Limpeza, com base em Ananindeua.
Mas isso é apenas um detalhe.
Se bem que, às vezes, detalhes fazem toda a diferença.

----------------------------

Atualizada às 12:00.

Maiores detalhes sobre a Módulo Engenharia voce pode ler no post Muito Barulho, no blog Nec Plus Ultra.

18 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso a Receita Federal dorme a sono solto, ronca estrondosamente nas beiradas guajarinas, sem ver o barco passar...
Agora vai o pobre barnabé omitir uns centavinhos de real na declaração do imposto de renda... Logo cai na malha fina e, se duvidar, tem a casa penhorada.

Anônimo disse...

Luluquefala comenta:
Com a palavra, o Dr. José Tostes, superintendente da receita Federal. Aliás, um dos homens públicos mais sérios que o nosso estado possui.
Acho muito difícil ele deixar passar em branco esse episódio.
O problema, ou a coisa certa, é que a receita trabalha caladinha da silva, sem estardalhaço.Quando o bicho do mato for ver, o leão já o engoliu.
O tempo dirá, vcs verão.

Yúdice Randol disse...

Então finalmente fico sem sabendo porque o sedizente vem a Belém, de vez em quando. É para passear de barco. Mais raramente, anuncia licitações e não perde a oportunidade de conceder uma entrevista, para garantir que seja visto.
Só não creio que a Receita Federal o pegará. A embarcação deve estar em nome de algum "da Silva", que nem sonha ser proprietário de uma canoa sequer.

Juvencio de Arruda disse...

Está em nome de uma empresa cujo capital...é o valor da lancha.

Anônimo disse...

Por falar em Iate Clube, o qual já pertence a PMB, não entendo porque está sendo cobrado aluguel das pessoas que tem ainda seus boxes, por uma Associação cujo o responsável é o senhor Paulo Castelo(o homem da mala)e não cobrado através de um documento de arrecadação oficial da prefeitura.
Tudo nesta gestão funciona de modo muito estranho.

Navi Leinad disse...

A população iria adorar uma lancha dessas pras travessias ao Marajó...

francisco rocha junior disse...

Juvêncio, desculpa me intrometer na metodologia do blog, mas tu não achas que seria interessante, para esclarecer os leitores do Quinta, fazer um link para o post "Muito Barulho" do blog do CJK? Assim, todo mundo saberia quem responde pela Módulo Engenharia.

Juvencio de Arruda disse...

Navi, a população mas eu não.Ela é muito lenta pra a travessia...eheh.
Grande abraço!

Juvencio de Arruda disse...

Ô, dr. Francisco, tem todo o direito, e neste caso toda razão. Pena que o Nec não tem link.
Nesse caso atualizei e remeti ao nome do post.Acho que dá.
Abs e obrigado.

Anônimo disse...

Dois bandidos fora da cadeia?
Um, foi devido a prescrição, o outro foi devido ao quê? Caro Juca.

Anônimo disse...

Como pode um assessor da PMB estar cobrando as estadias de barcos, num próprio municipal, em nome próprio?

Juvencio de Arruda disse...

O outro, condenado em primeira instância em 2002, deve ter julgamento marcado para breve.
Não vai escapar.
Foi um escandaloso flagrante!
Como não se elegeu ano passado, apesar da força de Duciomar, não terá o fôro privilegiado.

izadoraloureiro disse...

Luluquefala comenta:
O que acaba com a justiça brasileira é essa figura nefasta chamada prescrição.
É com ela que criminosos do colarinho branco, com seus caríssimos advogados vão se safando e nunca pagam pelos seus crimes.
Esse um, o da mala japonesa da marca EDAI, vai se safar do mesmo jeito, Anotem !
Se a gente parar pra pensar, pra que existe a prescrição de um crime de corrupção, onde o dinheiro público foi roubado para enriquecer alguém que durante o processo continua torrando o dinheiro roubado?
Além de prescrever e o sujeito não ficar um dia só na cadeia, ainda passa a vida inteira gastando o dinheiro que roubou.
Na minha opinião, não deveria existir prescrição para certos tipos de crime, inclusive esse.
Com a palavra, o nosso professor Yúdice Randal.

Anônimo disse...

Onde está a bancada do PT na Câmara? Será que já foi costurado algum acordo com o Dudu visando as eleições 2008?. Com a palavras os digníssimos vereadores.

Anônimo disse...

E a "casinha" do São Francisco/Cajueiro? Está no nome de quem? Alguem que lê o blog já viu? O lugar é muito discreto pessoal. Discreto e lindo. Eu já vi...

Anônimo disse...

Oh! E agora, quem poderá nos salvar?

Anônimo disse...

Só o Edmilson! salva.

Anônimo disse...

Luluquefala comenta:
Realmente o Edmilson pode resolver muitos problemas que estão aí e serão deixados pelo Duciomar.
Que venha o Edmilson!! Mas não nesse pertideco, onde ele só via entar na TV pra dizer, meu nome é...acabou !
O que se diz pela política é que o edmilson está fazendo de tudo para voltar para o PT. Só que os petistas não o querem de jeito algum.
Se o Edmilson tiver dificuldades, prometo que tento ajudá-lo para que ele entre num partido grande e com bastante tempo de TV, para que o pobre coitado possa mostrar suas obrinhas. Quem sabe o pefelê? já que o deputado Vic Pires e o Ed sempre se deram tão maravilhosamente bem. Pelo menos assim. o deputado largava um pouco essa idéia de querer a Valéria como candidata.
Já pensou o Ed no PFL ? Que chique ...