27.3.08

Colgate

Caminha para o quinto mês o silêncio em torno da sindicância aberta pelo governo do Pará no escândalo do Banco do Cidadão. O mesmo escore vale para o promotor Jorge Rocha, que recebeu formalmente as denúncias e o dossiê do caso, igualzinho ao que o poster tem em mãos.
Os denunciantes foram todos para o olho da rua.
Enquanto isso o vice governador Odair Correa, personagem central do imbroglio, aparece junto da governadora, ambos sorrindo para os fotógrafos, concedendo créditos do novo banco que foi erguido em cima dos escombros da ladroagem.
Realmente, este estado mudou. Hoje, pelo menos, sabe-se dos desvios e quem os cometeu. Fica faltando explicar qual é a graça.

6 comentários:

Pará disse...

Caro Juvêncio, É por essas e outras que dia após dia verificamos "qwue nada mudou" ou se houve alguma mudança foi exatamente para pior. Parabéns! talvez você ainda seja a voz que grita ante a tanta "escrecência" de um governo inóspito e descontrolado.
Aqui minha solidariedade àqueles que agiram com a nobreza de colocar bandidos atrás das grades, mas que infelizmente foram eles quem pagou a conta.

JCF disse...

Chefe,
estava matutando neste assunto quando você o trouxe para bailar novamente.
Então, qual é a música? Choro ou rock?
E as hienas riem de que mesmo?

Juvencio de Arruda disse...

Riem da impunidade e da sem vergonhice com que nos governam, Chefe.

Anônimo disse...

E ainda acha que mudou????
Mudou nada, tudo igual.
O "rigoroso" inquérito deve estar em alguma gaveta poeirenta...
Nada como um governo "da mudança" para tudo continuar como está e estava.
Ahhh, mas agora é de esquerda, a coisa é séria...quáquáquá...conta outra!!!
Que esquerda que nada, nem direita, isso já acabou há muuuuito tempo.
Só fazem trocar de "thurma"!
Bem feito pra tí, Zé Mané Paraense, que acreditou e os elegeu.

Anônimo disse...

Estou extremamente preocupado com os rumos que toma o Governo Ana Julia.
Vive de pirotecnia, não tem marcas.
E na cabeça do povo as lembranças são da cabelereira( durante o episódio veio em uma destas Troppo qualquer fazer chacota com o povo) e da Esteticista nomeadas.
A menina presa em Abaetetuba e o comentário de menosprezo aos desvalidos do ex-atual todo poderoso da Polícia Civil.
As brigas internas nas Secretarias por espaço e poder.
As trapalhadas da enterouge.
Enfim, ao final e ao cabo o carisma da Governadora terá que redobrar para lhe ajudar.

Anônimo disse...

Uma coisa eu concordo. Pode até haver coisa errada no governo, sempre houve e haverá, mas a gov já demonstrou que não compactua com bandalheira. Que o digam os priantes e halmélios da vida.
Parabens Ana Julia