19.3.08

Simone Esclarece

Por e.mail, a propósito dos posts em que á citada como supostamente favorecida por desvio de recursos da CEF para a sua campanha, a deputada Simone Morgado envia ao blog o texto que segue:

A propósito da notícia do processo de cassação do mandato parlamentar de ex-vereador do PMDB da Câmara Municipal de Bragança, por infidelidade partidária, na qual foi publicada manifestação do advogado do requerido referindo que meu nome havia sido citado em gravação que faria parte de inquérito em tramitação na Polícia Federal, tenho a esclarecer:

1. Quanto ao aspecto político-partidário da ação, o Tribunal Regional Eleitoral, em sessão de hoje, 18/03, cassou o mandato do parlamentar do vereador, reconhecendo estar caracterizada a infidelidade partidária;
2. Quanto ao uso do meu nome em supostas gravações da Polícia Federal, é de meu maior interesse que os fatos sejam apurados e esclarecidos, para que sejam identificados e punidos os autores das levianas e irresponsáveis aleivosias;
3. Acredito na Justiça da minha terra, e a ela recorrerei para que sejam apenados exemplarmente aqueles que pretendem manter-se em evidência à custa da injúria e da calúnia contra a honra e a dignidade alheia.

7 comentários:

Bia disse...

Boa tarde, juca querido:

Uma resposta tão preocupada com o cuidado com os termos, me levou a ter o mesmo cuidado para comentar. Segundo Mestre Aurélio aleivosias são traições, perfídias, deslealdades. Traição é evidente que houve.

Beijão

Anônimo disse...

Pelo menos voce conseguiu que a deputada dê satisfações ao povo.
Antes as denuncias ficavam por isso mesmo.

Lia disse...

Que bom encontrar vc por aqui novamente Bia, como sempre com seus ricos comentários!
Quanto ao e-mail da deputada... Bom, ao contrário do anônimo 2:39, não me satisfaço simplesmente com as "satisfações" da parlamentar.
Em minha opinião o texto, não resta dúvida, foi muito bem elaborado, mas está longe de ter como destinatário o “povo”. O ideal mesmo é que todas essas denúncias sejam investigadas e apuradas profundamente, até porque envolvem, além da deputada Simone Morgado, o federal JB “que dispensa apresentações”.

Beijos

Anônimo disse...

A bela deputada Simone Morgado fez feio na sua resposta: não explicou nada e nem desmentiu a gravação. Então, tem que investigar a origem do dinheiro passado para sua campanha, como está dito em diversas ocasiões na tal fita. Quem não deve, não teme. E quando está por perto ninguém menos do que Jáder Baerbalho, aí é que todas as precauções precisam ser tomadas. Como diria a mãe do "desaparecido" Mauro: onde há fumaça, há fogo. E bota fogo nisso, meu caro.

Antonio Fernando

Anônimo disse...

Perdeu uma grande oportunidade de ficar calada!

Anônimo disse...

Por que o caro blogger não publicou o meu comentário sobre a pena adequada à deputada, na beira do Caeté? Por acaso humor virou ofensa?

Anônimo disse...

A linda deputada botou a cara a tapa. Disse que quer ser investigada porque considera as acusações levianas. Vamos esperar. O ideal é que investigassem - e punissem - todos os casos de financiamento de campanha com dinheiro público.