22.11.06

Rei da Avenida

José Bispo Clementino dos Santos.
Pelo nome voce não conhece, decerto.
Mas seu eu lhe disser que é o Jamelão, voce ajuda a torcer por ele?

10 comentários:

Luciane Fiuza de Mello disse...

Já estou rezando por ele.
Um abraço,
Lu.

Juvencio de Arruda disse...

Blz,jornalista.
Abs

CJK disse...

Melhoras para a saúde do velho mestre.
Duas paradas inesquecíveis.
Show de Jamelão no Café Nice (que não existe mais), no canto da Cinelândia, no Rio de Janeiro. Altas horas, um chato berra: "Jamelão, toma uma conosco?". Sem perder o fôlego o mestre responde: "Eu já tenho mais de 70 anos, e nunca tomei, se você toma e gosta, é problema seu, eu respeito, mas não me convide". Quase cai da cadeira de tanto rir.
Outra feita, anunciam a chegada do maior "puxador de samba" do Brasil. Ele pega o microfone, para o som e anuncia, que não é, nem nunca foi "puxador", nunca "puxou" nada, ele é "intérprete". Show de dignidade!
Deixa eu voltar agora para os meus recursos, que eu tenho prazo vencendo hoje. Nem terei um consolo quelônico no fim-de-semana.

Juvencio de Arruda disse...

Ahah...valeu,Cjk,e bons recursos prá voce.
Quanto aos quelônios, é bom frisar, são de criatório autorizado, antes que o Alex Lacerda - com toda razão - puxe as orelhas do poster.

Carol disse...

Eu ajudo, sim.

Juvencio de Arruda disse...

Isso.Voce sempre manda legal.Valeu.

Anônimo disse...

Não é praga, muito pelo contrário, mas, por tudo o que fez pelo samba e pela Mangueira, Jamelão mereceria morrer cantando o samba enredo de sua verde e rosa, em plena Marques de Sapucaí.

Juvencio de Arruda disse...

Belo comentário.

Bia disse...

Nem seque costumo rezar. Mas Jamelão vale a minha herética tentativa. Vou insistir. Quem sabe quem nunca pede tem alguma chance! Ou talvez a minha fé no encantamento que ele sempre me trouxe, sirva pra alguma coisa. Nem que seja pra devolver em preces o prazer de tantas e tantas avenidas que ele me deu. Abraço, Juca.

Juvencio de Arruda disse...

Verdade,Bia.A mim também, que não boto fé nem na reza forte...rs.
Abs