6.3.08

Nó Górdio

No site do Jeso Carneiro.

À unanimidade, o TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) reprovou as contas de 2000 do ex-prefeito e deputado federal Lira Maia (DEM). Não cabe recurso.
Nenhum dos conselheiros divergiu do parecer da conselheira-relatora do processo, Rosa Hage, que pediu a não aprovação da prestação de contas do ex-gestor santareno, a 1ª dos seus 8 anos de mandato (1997-2004) julgada pela Corte.
O veredicto saiu na sessão de terça-feira, 4.
Lira Maia e o deputado estadual Alexandre Von (PSDB) assistiram ao julgamento. Os dois deixaram o prédio do TCM cabisbaixos, e foram almoçar no restaurante Pommer d’Or, um dos melhores de Belém, segundo a revista
Veja.
As contas serão, agora, encaminhada à Câmara Municipal de Santarém e submetida a nova votação. Lira Maia precisará do voto de 2/3 dos vereadores (8) para derrubar o parecer contrário à aprovação do TCM.
Se não conseguir, ficará inelegível por, no mínimo, 5 anos.
Teoricamente, o capo cipoalense conta hoje com 4 votos na Câmara: Erasmo Maia e Henderson Pinto, ambos do DEM, além de Otávio Macêdo (PSDB) e Valdir Matias Jr. (PV).

Precisa, pois, de mais 4.

6 comentários:

CJK disse...

Se os condenados ingressarem com ação judicial visando a desconstituição da reprovação das contas, pode ser que garantam a elegibilidade. Mas desde que os tribunais além de "judicar", passaram também a legislar, não se tem mais certeza e segurança jurídica de mais nada.

Juvencio de Arruda disse...

Cjk, bons advogados não faltam ao Lira. Em 2000, quando fazia a campanha por lá e largava-lhe o bambú no lombo dele, via sempre, no almoço do Mascote, o craque Edson Almeida.

Anônimo disse...

quem disse que não cabe recurso?

Anônimo disse...

Juca, afilhadão, rsrsrsrs... eu quero ver é a cara dos demais vereadores da minha querida Santarém, se chegarem ao ponto de dar guarida a esse "antigo" e ex-companheiro de Casa de Estudante de Santarém, lá na Rua Rodrigues dos Santos, na Cidade Velha, nos idos de 1979, 1980...Era pobrezinho igual a mim, porém hoje hein......O Lira está Lica, rsrsrsrs....

Alan Lemos disse...

Contas do ano de 2000 ainda?? ééégua!

Será que o tio Riker e a Maria vão "deixar barato", diante dessa possibilidade de influenciar na retirada de um candidato do páreo?

5 anos? 2008+5 = 2013... Só poderiam ser candidatos nas eleições estaduais/federais de 2014, ano da copa!

Não sei se seria justo... maaass, como são separatistas.......

Anônimo disse...

Juvêncio, nunca vi político deixar de concorrer eleição porque teve as contas rejeitadas pelos tribunais de contas