15.3.08

Decisão

Diz o Seventy, na edição de hoje de O Liberal, que a thurma do núcleo duro do governo que batalhava pelo nome de Ubíquorcy Rodrigues jogou a toalha. Depois de dois meses de desgastes e pancadas na Justiça, o caso da UEPA pode ter seu desfecho.

17 comentários:

Anônimo disse...

Deve ser resultado da passagem do Dirceu por essas bandas

Anônimo disse...

Meu caro ubíquo é o Silvio Gusmão que é dedicação exclusiva da UEPA como pró-reitor mas ilegalmente ministra aulas como professor visitante em um curso de quinta categoria numa universidade do rio. Isto é matéria paga no jornal, todos sabem do comprometimento do liberal com a candidatura do Silvio. A justiça também não está tendo um comportamento isento no caso, pois ainda não avaliou o mérito da questão, se avaliasse seria comprovado que todas as acusações do silvio são levianas. A chapa Bira e Jofre iniciou um movimento pela moralização da UEPA. Na quinta-feira foi realizado um ato público com mais de trinta pessoas que incliu professores, alunos e técnicos da UEPA, na frente do Palácio dos Despachos. Ao contrário do divulgado no Repórter 70 a Governadora prontamente aceitou receber uma comissão para ser entregue documentos assinados pela comunidade da UEPA pedindo a nomeção da chapa 04. Estes documentos mostram para a governadora os reais vencedores do pleito, que foram a chapa Bira e Jofre e que o resultado divulgado na mídia foi forjado por uma manobra da fórmula utilizada e no enxerto de votos de funcionários que não do quadro da UEPa, principalmente funcionários cedidos por prefeituras do interior, que nem sequer tem registro na UEPA de quando iniciaram suas atividades, e que portanto votaram ilegalmente. Governadora faça a justiça.

Juvencio de Arruda disse...

Quer uma caixa de lenço de papel Yes?

Anônimo disse...

Por que este blog não divulgou que a chapa Bira e Jofre iniciou um movimento pela moralização da UEPA? Na quinta-feira foi realizado um ato público com mais de trinta pessoas que incluiu professores, alunos e técnicos da UEPA, na frente do Palácio dos Despachos. Ao contrário do divulgado no Repórter 70 a Governadora prontamente aceitou receber uma comissão para ser entregue a ela documentos assinados pela comunidade da UEPA pedindo a nomeação da chapa 04. Estes documentos mostram para a Governadora os reais vencedores do pleito, que foram a Chapa Bira e Jofre e que o resultado divulgado na mídia foi uma montagem arquitetada no Regimento eleitoral, que permitiu uma interpretação equivocada na fórmula utilizada e o enxerto de votos de funcionários que não do quadro da UEPA, principalmente funcionários cedidos por prefeituras do interior, que inclusive não possuem registro na UEPA de quando começaram a prestar serviços para esta instituição, e que portanto votaram ilegalmente. A comunidade da UEPA, representada pela maioria dos professores, a maioria dos estudantes e a maioria dos funcionários do quadro efetivo da UEPA, espera que a Governadora faça a justiça na lista tríplice, indicando os verdadeiros vencedores do pleito, pois não agüenta mais o continuísmo.

Juvencio de Arruda disse...

Este blog não divulgou porque não soube dessa choradeira.
Que bom que a governadora recebeu os partidários de Ubíquoracy.
Este blog já afirmou que a UEPA perdeu a eleição com qualquer um dos candidatos.
Comprem um balde e chorem até transbordar.
Quem sabe a governadora ou a Justiça se comove.
O blog não.

Anônimo disse...

A governadora não pode decidir isto esta semana pois de acordo com a própria liminar impetrada por Silvio Gusmão, ela não pode indicar nenhuma das chapas. Além disso a Chapa 04 já respondeu antecipadamente a ação principal, pois quer que seja logo avaliado o mérito da questão.

Juvencio de Arruda disse...

O blog disse "pode". Não afirmou.
Mas a nota do Seventy assanhou todo mundo, hein?...rs.
Lutem. Enquanto há vida, há esperança.

Anônimo disse...

Juca.

Dizem à boca pequena que a próxima dos assessores de "ouro" pé - da governadora é mete-la em mais uma enrascada homérica com o caso UEPA, espere e verá. Nos 40 anos do AI 5, deve-se anunciar um novo golpe. Desta vez perpetrado dentro da democracia?.

Anônimo disse...

Não importa o resultado: a UEPA, depois de tanto tumulto e achincalhamento público, já perdeu. Deu um péssimo exemplo institucional. Se for nomeado o Silvio, este virá tão enfraquecido que, sem apoio do Governo (o verdadeiro mantenedor da instituição), não terá qualquer capacidade de realização. Se for o Bira, a reação interna será tamanha que ele, sem a devida legitimidade, verá os dias transcorrerem com grande dificuldade de governabilidade. Serão duas rainhas da Inglaterra: reinarão sem governar de fato. Perde o ensino, a pesquisa e a extensão. A academia diminui, empobrece ainda mais. Pobre UEPA! Não é capaz de gerar internamente intelectuais de visão e comprometidos com o bem público, que coloquem o interesse da instituição acima daqueles pessoais e mesquinhos. Péssimo exemplo de educação (superior?!!!) - sic!

Anônimo disse...

Não existirá nenhuma reação interna com a nomeação de Bira pois ele foi o legítimo vencedor desta eleição e todos sabem disto dentro da UEPA, esperam isto da Governadora. Haverá reação sim se continuarem os mesmos gestores descompromissados com o interesse público.

Anônimo disse...

Quem é esta figura que alega que o Bira foi o legítimo vencedor? Tenha vergonha elemento. O Regimento eleitoral pode ser contestado mas a fórmula foi aprovada e ela mostra que o Bira ficou em segundo. Talvez sem o dinheiro da SE... (deixa pra lá) ficaria em terceiro.

Outra questão é uma imbecilidade: como um irresponsável me diz que a UEPA não tem capacidade de "gerar internamente intelectuais de visão e comprometidos com o bem público". Só sendo anônimo mesmo. Não tem vergonha de dar as caras?

Não generalize as instituições e seus componentes com base na sua suposta experiência de vida!

C.D.

Anônimo disse...

Caro anônimo das 12:31 PM,

Não se rasgam regras eleitorais a posterior. Se havia gente que não podia ou devia votar, dever-se-ia ter eliminado esse contingente ANTES das eleições. Chorar depois não vale! É feio! É golpe! Digo isso mesmo sabendo quer o Silvio será PÉSSIMO para a UEPA. Mas o Bira é golpe. Infelizmente, é GOLPE!

Anônimo disse...

Vejam senhores, em nome da razão de estado já se começa a defender o golpe na UEPA (fica vermelha cara sem vergonha), o q vcs querem é aparelhar a UEPA e ponto final.

Saibam a UEPA reagirá e vcs perderão o cargo de assessores, porque meterão a gov. em uma enorme encrenca.

A Ana na hora H ficará com a democracia e rifará os aparelhistas.

Anônimo disse...

Juvencio
UEPA, pobre Universidade, que tem pessoas que precisam repetir um milhão de vezes uma mentira para tentar transformar em verdade. vamos aos fatos:
1) Durante a "Transição de Governo" vi um grupo de Professores renomados procurarem o então todo prosa e garboso Secretário de Educação que assumiria, mostrando as provas da maracutaia da UEPA que estão sendo apuradas na Justiça Federal 2a. Vara, que tem como acionadores atual administração os seus ex-partidários agora no PSOL: Marinor, Aracely, Ildo Terra e o atual Senador da República Nery. E o então todo prosa Secretário disse que não era delegado de policia e portanto podiam esquecer a intervenção. E que isso tinha que ser democrático.
2) O candidato a reitor da 4 é uma criação daquela q os intimos da governadora chamam de CUCA, com apoio de um grupo opaco do PT da UEPA tipo V, S, e outros que sempre comeram na mão do atual reitor e muito provavelmente foram beneficiarios da maracutaias da atual administração, que se uniram a um grupelho do CCBS capitaneada por uma mulher perigosissima que é a atual Diretora de Centro que foi capaz de arranjar doença na "cabeça" do marido na eleição dela no Centro e agora encontra-se afastada para tratamento de Cancer porém esse cancer é só para o trabalho, coisa que ela já não fazia desde que assumiu, pois em toda a movimentação política ela está envolvida.
3)O Tal do candidato a Vice da chapa 4 que fez concurso para o interior do estado e se perguntar qual é capaz de nem saber pois nunca pisou lá, é professor da cesupa, além de chefe de Gabinete do CCBS, onde ele menos vai pois tem uma lá cedida da SESPA que é cofre daquela que foi Secretaria municipal de Saúde e com toda certeza sabe muito e guarda. O mesmo ainda é coordenador do laboratório e recebe produtividade do Centro Saúde Escola.
3) O Pro-Saúde que foi mandado em 2005 R$300.000,00 e que deveria ser gasto 75% desse valor para vir mais o mesmo valor, porém até mês passado só havia sido gasto R$120.000,00, esse era o time do Jofre.
4) Não tenho nenhuma procuração pra defender A,B ou C, mas com toda certeza o Prof. Silvio foi democraticamente o legitimo vencedor eleitoral o resto é Chororo dos aloparado vermelhos.
5) Como esse grupo vai defender a intervenção? será que voltaremos a época do AI-5, pelo menos nisso o Lula não tem aloprados pq ele sempre respeitou a vontade acadêmica da Universidade Federais, Aninha peça conselhos ao Presidente da Republica e não ouça os seus aloprados!
6)Coitado desse aloprado das 4:20PM, perdoai pq além de tudo economiza na inteligência, então nem resposta ele merece
l

Anônimo disse...

Juca,

Se avaliar alguns desses comentários verás que são apenas continuação da "campanha", que deve ter sido cheia de xingamentos e acusações multilaterais, todas sem provas, não apareceu nenhum documento. Infelizmente sou obrigado a concordar contigo, quem perdeu a eleição foi a UEPA.

J. BEÁ

Diógenes Brandão disse...

Juca,

Meu caro, admiro tua posição e os feedback´s que tormam teu blog (e seus comentários) um dos mais democráticos e lidos, no mais fico aqui eu apostando que o choro encherá muitos baldes, pois além de criar uma crise interna pela disputa à vereança, trará ainda a verdadeira face que há na "luta" pela UEPa: o oportunismo descarado!

Boa sorte à Governadora Ana Júlia Carepa, à UEPA e a todos nós!

Anônimo disse...

Fórmula dúbia de múltiplas interpretações, direito a votar de pessoas inaptas a votar, emprenhamento de urnas, retirada de processos da chapa adversária do consun e manutenção dos recursos da chapa da situação. Isto com certeza não foi acordado entre as chapas que concorreram ao processo, não foram estas as regras de um processo que se diz democrático, e não tinha como estas mazelas serem detectadas antes das eleições, só que tá na gestão tem por completo estas informações.
A UEPA é sim capaz de gerar intelectuais compromissados com o que é público, mas com certeza não é a turma do Palácios e do Silvio. Aliás chamar Palácios e sua turma de intelectuais é na verdade forçar muita a barra.
A culpa de estarmos nesta situação é da próprio silvio gusmão que entrou com uma liminar que proibiu a governadora de indicar qualquer nome da lista tríplice. Por que não julgam logo o mérito da questão? eu vou responder, é porque chegarão a conclusão irrefutável de que a candidatura de bira foi legitima. Como está acabando a gestão do Palácios e a governadora não pode nomear nenhum da lista, só lhe resta indicar um pro tempore e que ele avalie este processo eleitoral altamente comprometido, para tentar corrigi-lo, se possível.