26.2.07

Primeiro Eu

O ritmo que Lula imprime à refoma ministerial incomoda seu partido, os aliados, a oposição e a mídia. Mas que está jogando direito, está.

6 comentários:

Anônimo disse...

Caro Juvêncio, o ano está começando agora. Estamos nos 30 segundos do primeiro tempo, ainda tem muito jogo pela frente.

Juvencio de Arruda disse...

Ele é o "dono do relógio", caro anonimo...eheh

Anônimo disse...

É verdade! E ele precisa mandar o "relógio" para consertar faz mais de quatro anos. Será que ele que acerta o "relógio"?

Anônimo disse...

A indefinição emPACa o PAC!

Anônimo disse...

Luluquefala comenta:
Eu no lugar do Lula, toda vez que viessem me cobrar sobre o novo ministério, eu reponderia: pra que novo ministério se o governo que ganhou as eleições é o mesmo? E ia trocando aos poucos, devagarinho,bem devagarinho. Só pra matar os primos jáder/priante,que já nem dormem mais de tanta ansiedade.

hiroshi disse...

Jogando direitinho, que nem o Afonsinho do Botafogo, lembra? (Pena que ele nao jogou no Flamengo).
Tão redonda a bola, até o presente tempo do jogo, que esta noite leio no UOL que o PMDB já aceitou o Temporão na Saúde.
Não que o Temporão seja o "tempo exato" nessa partida, mas que é melhor do que os malas que a turma do Temer queria, isso é.
Vai firme, cumpade.
Ei, só agora percebi aquele comentário lá no nosso blog sobre os ´"negócios"!
Tão andando, pacas.
Abs