11.3.08

Ela Fica

A possibilidade da exoneração da antropóloga Patrícia Guilhon da diretoria de Cultura da Secult, notícia do Seventy na edição domingueira, já se esfarelou há pelo menos duas semanas.

11 comentários:

Anônimo disse...

A Patricia Guilhon é cota da Edilza Fontes na SECULT, aliás se houver um levantamento de DAS no Estado, a Edilza ganha disparado de qualquer político com mandato ousem mandato.
Afinal é comadre da Governadora.
Agora, todo mundo reclamava desta Patricia Guilhonum poço de bossalidade e mandonismo, mas apadrinhada pela comadre, quem sabe...

Juvencio de Arruda disse...

Pode ser assim com vc, mas não é o que diz a minha relação com a diretora de Cultura da Secult.
Nem o que ouço das pessoas que com ela tratam.
Mas isto não é o principal, e é pena que vc tenha se afastado do "mérito" da questão, qual seja a probidade e a pertinência do trabalho prestadao pela servidora.

Anônimo disse...

É, Juca... a Patrícia tem história dentro do PT e não caiu de pára-quedas na Secult, como muita gente pensa. É pessoa competentíssima. Deve ser por isso que tanta gente tem inveja dessa moça...

Alan Lemos disse...

Só de pensar em trabalhar naquele palacete da época da borracha...

Anônimo disse...

Parece que o que está dando certo é o que é errado para o governo. Dá para entender?

Anônimo disse...

Quem reclama, aqueles que gostam de se benefeciar dos recursos publicos e tem seus interesses pessoais contrariados? Estes com certeza não devem gostar dela, pois estudei com ela e sei da sua seriedade.

Anônimo disse...

Juca, vc sabe o motivo da exoneração? Acho que a Secult esta batendo um bolão. O Secretario teve a sensatez de manter os projetos mesmo sendo do governo anterior, dando uma outra concepção e como sou da área artistica, vejo que há uma tentiva de ampliar a politica cultural do estado, mes passado foram lançados vários editais de incentivo à cultura, totalizando segundo fontes oficiais , mais de 2 milhoes de reais.

Anônimo disse...

É Dona Patricia, dificil agradar gregos e troianos. Mas se voce sair, só pode ser por açao dos invejosos e incompetentes. Pode ter certeza que deste mal voce não padece. Reconhecemos seu trabalho.

Anônimo disse...

O que foi noticiado é que os artistas estavam a reclamar desta moça.

Anônimo disse...

No final do governo Ana Júlia, os artista vão cantar: "festa acabada, músicos a pé..."

Anônimo disse...

Se forem os artistas que apareciam nos filmetes da propaganda do Almir, não tem a menor importância, podem cantar. Já passou da hora de oportunizar gente nova, os antigos estão viciados.