4.6.09

Deu Ela

Por 6 x 4 a prefeita de Santarém, Maria do Carmo (PT) ganhou a batalha no STF.

30 comentários:

Anônimo disse...

Desta a Ana Julia se salvou?

Anônimo disse...

Se fez justiça.

Anônimo disse...

... e a vontade do povo prevaleceu!!!!

Anônimo disse...

Foi o fim do Direito! Viva a República do PT!

Anônimo disse...

CHORA LIRA MAIA. BUAAAAAAAAA!!!!

Anônimo disse...

Os ministros respeitaram a vontade popular. Falou-se que o povo teve suas expectativas frustradas. Venceu o bom senso. Eleição se ganha no voto. Tapetão é coisa de futebol e de cipoalenses.

Philipe Tapuio disse...

MC + PAC = Dilma x Raiz quadrada de JB = Lx3

Anônimo disse...

Parabens Prefeita.
Faça muito pelo povo e afaste de vez os corruptos de Santarém.

Anônimo disse...

Torço para a Prefeita terminar sua boa administração.

Anônimo disse...

Ei Juva! Saudações mocorongas!

Estou aqui ao lado da praça São Sebastião e bem perto do diretório do pt. Quem acha que a cidade parou, o comércio fechou e os passarinhos cantaram em coro festejando se enganou. Vejo poucas demonstrações de festa, apenas um ou outro foguete ou carro buzinando. Ou o povo correu no supermercado pra comprar a cerveja e a costela ou vai tudo continuar como está. Acho que festa mesmo só quando a Maria chegar.

Abraços e obrigado pela ajuda.

Alessandro

Humberto Lopes disse...

Na verdade, a cassaçao do registro da Maria foi política. Não se pode interromper um direito em curso. Agora se Maria quiser ser candidata a outro cargo só se aposentando ou pedindo exoneração.

Por sorte, os atores políticos conseguiram se acertar antes da posse e o mandato interino do Tapajós não vai dar muito problema de continuidade para o retorno da Maria.

Agora foi ficar acompanhando como vai ser o tratamento dispensado ao vereador Nélio Aguiar que não acreditou na vitória da Maria e nem na possibilidade de uma vitória petista reeditando a frente construida em 2008 e foi se aninhar com os tucanos.

De resto o simpatico médico Carlos Martins ganha um folêgo para a campanha a deputado federal e o deputado Paulo Rocha fortalece sua pretensão de chegar ao Senado.

Anônimo disse...

Jarbas Vasconcelos, um dos advogados de Maria do Carmo, esteve a postos o tempo todo na sessão de julgamento no STF. Parabens aos cusídicos e graças a Deus foi respeitada a vontade soberana do eleitor sanatreno.

Anônimo disse...

O povo de Santarém, que a reelegeu, está de parabéns. A Justiça foi feita.

Anônimo disse...

Desculpe usar o espaco desta postagem, mas foi inevitável.
Sera que podes explicar/justificar sei lá o que sobre o que é aquela passarela na alameda entre o edificio garagem da AP e a AP? Aquilo pode? A alameda é da AP? Ou pode poque é feito pela AP? Se a primeira pergunta tiver SIM como resposta, quero construir uma passarela entre a minha casa e a casa da minha mãe.

Juvencio de Arruda disse...

Sugiro que vc começe a sua obra imediatamente. Só assim suas pergunta serão respondidas, rapidamente e por quem de direito.

Anônimo disse...

Cabeça de juiz... tudo pode sair. Ainda mais quando causídico tem trânsito.

Anônimo disse...

Esse eh o engenheiro bom. rsss

Anônimo disse...

Foi feita justiça. Se não podia assumir o cargo, que não a deixassem concorrer. A partir do momento em que ela se elegeu, tem que assumir. Foi a vontade do povo.

Maria devia entrar era com um pedido de indenização por danos morais por terem lhe tirado um direito.

Anônimo disse...

Ô patroa pra ter pé frio, hein !
Cruz credo.

Anônimo disse...

Eu nao fechei em uma única pergunta sobre a pasarela da AP oi sobre a AP. Posso e fui ironica, mas tanta educacao assim, acredito ser desnecessária.

Anônimo disse...

Bom Juca,

Mais que batalha, eu diria que Maria ganhou a Guerra!
E que Guerra!!!

abs

Tiberio Alloggio

Anônimo disse...

Parabéns à Maria e principalmente a Santarém, que vai voltar a ter sua prefeita decente.

Anônimo disse...

A decisão faz jurisprudência.
Lembro que na década de 70 os promotores podiam advogar. Depois veio uma lei que proibia. Mas os que já advogavam continuaram advogando. É o tal direito adquirido.
Maria foi candidata e se elegeu quando a lei exigia apenas que se licenciasse do cargo de promotora. No curso do seu mandato, a lei foi alterada, exigindo a renúncia. Mas ela já era prefeita e tinha o direito subjetivo de se recandidatar. Tinha direito adquirido de continuar licenciada, conforme a lei anterior.

Juvencio de Arruda disse...

Das 6:06 e 6:49, vc pode ser irônica mas eu não?

Anônimo disse...

A patroa do pé frio é outra, caríssimo.
Não é a Maria.
Começa com M mas não é a Maria...

Val-André Mutran disse...

Maria terá a chance e o apoio de seus amigos, que não são poucos, para fazer de Santarém a lapidação da Pérola do Tapajós.
Viva o Estado do Tapajós!
Retome a luta Maria. Mostre como se faz.

Anônimo disse...

O constrangimento era patente nos rostos dos ministros. Muito estranho, tudo muito estranho. Mas como diz o ícone petista: "nunca antes na história desse país..."

Anônimo disse...

Vem aí, Maria Governadora - 2010. Não ao bicheiro.

Anônimo disse...

Já que o Pará (Belém) perdeu a subsede da Copa, mas ganhou a sede do beiçola de Santarém.
Aliás, Ana Júlia deveria aprender com a Maria do Carmo como fazer lobby para ganhar.

Magnata disse...

Diretamenta da Floresta Nacional do Tapirapé Aquiri, lá vão os meus parabêns para a Maria. :)