29.1.09

Blocão Rachado

Além do compromisso de apoio mútuo num eventual segundo turno, os candidatos à presidência da Câmara Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e Ciro Nogueira (PP-PI) estão incentivando nos bastidores as candidaturas avulsas de deputados aos demais cargos da Mesa Diretora. A estratégia promete tirar votos de Michel Temer (PMDB-SP), pois os avulsos devem ganhar apoio interno principalmente no DEM, no PSDB e no PR.
A formação de um bloco com 14 partidos (PMDB, PT, PSDB, DEM, PR, PDT, PTB, PV, PPS, PSC, PHS, PTdoB, PTC e PRB) em apoio à candidatura de Temer abriu caminho para que parlamentares dessas siglas disputem, de forma isolada, todos os cargos da Mesa Diretora da Câmara (à exceção do cargo de presidente que, regimentalmente, pode ser pleiteado por qualquer um dos 513 deputados).

Na íntegra aqui, no Congresso em Foco.

2 comentários:

Anônimo disse...

Senado e Câmara, vai ser uma bela luta, com resultados que podem até ser imprevisíveis.
Afinal são seis partidos que estão disputando, e todos da "base".
O Partido do Lula e o da Oligarquia, O PMDB, o PT, o PCdoB, e o PP.
Fácil o PMDB levar uma dedada. Eu até que daria com todo o prazer.

Tiberio Alloggio

Juvencio de Arruda disse...

Ahahahah...leve meu dedo junto!