31.1.09

Descendo a Ladeira

Quem já ouviu diz que é nitroglicerina pura a gravação das conversas telefônicas no processo por litigância de má fé que opõem dois promotores da área criminal do parquet paroara.

4 comentários:

Franssinete Florenzano disse...

Juca, sua fonte está trocando as bolas. Embora tenham as mesmas partes e, digamos, origem, o inquérito policial tem objeto diferente da ação judicial - esta em segredo de justiça - que envolve dois promotores. É no processo judicial, que envolve menor e deve ser indeferido por inépcia, sem julgamento do mérito, a litigância de má fé. As gravações telefônicas estão nos autos do inquérito policial - com confissão e tudo.

Juvencio de Arruda disse...

E qual é o objeto do inquérito policial, então, para que eu conserte o post?

Anônimo disse...

Juca,

Aproveite o provável conserto no post e troque a glicerina por nitroglicerina. A 2ª é feita da 1ª, mas só a 2ª é explosiva a outra é doce. A não ser que esta conversa tenha tido este caminho, o que duvido... rsrsrsrs

Abs,

J. BEÁ

Juvencio de Arruda disse...

Ahahaha...certo, Jota.
Consertado.
Vc tem razão, de doce não teve nada.
Abs