29.1.09

A Juruti Piou

No blog do Jeso Carneiro, citando o blog da Agencia Podium.

A base de beneficiamento da Alcoa em Juruti foi invadida às 6 horas de hoje por aproximadamente mil pessoas. A manifestação está sendo feita pela Associação Comunitária de Juruti Velho (Aconjuve) que luta contra a instalação do projeto.
O repórter Ailton Lima, da Rádio Cidade, acompanha o desenrolar da situação, e informou que a Alcoa já marcou uma reunião com um grupo de associados para saber das reivindicações que estão sendo feitas.
Para definir a invasão, membros da Aconjuve reuniram por duas vezes. Alguns acordos não cumpridos pela Alcoa seriam a causa da indignação dos invasores, que tentam paralisar as atividades dentro da base de beneficiamento da bauxita.


------

Atualizada às 12h.

A Alcoa emite nota a respeito da invasão, que foi rechaçada, sem incidentes, pela PM.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Juca,

Uma correção ao seu blog: Não houve invasão e não há mil pessoas no local. A informação que temos é que desde às 15h da tarde de ontem, um grupo de aproximadamente 200 pessoas está acampado em uma entrada da propriedade da Alcoa em Juruti. Houve tentativa de invasão, que foi evitada pela Polícia Militar.
O presidente da Alcoa, Franklin Feder, esteve em Juruti desde ontem, disponível para uma reunião com Gerdeonor Pereira, que é o coordenador desse movimento de invasão. No entanto Gerdeonor só aceita reunir-se com a Alcoa desde que participem também a SEMA, o INCRA nacional, a Casa Civil do governo do Estado, o ITERPA, a Prefeitura de Juruti, autoridades que não estão presentes no município.
Tão logo tenhamos mais informações, encaminhamos a você.

Cleide Pinheiro
Temple Comunicação

Juvencio de Arruda disse...

Cara Cleide.
O post foi atualizado às 12h, já likando a nota da Alcoa postada na Agencia Podium. Tão logo tenha maiores informações envie para o blog. Subirá à ribalta.
Obrigado por sua atenção a blog e seus leitores.

JCF disse...

Tava tudo muito fácil pra ALCOA.
Pelo menos através de noticias recebidas.
Pra acontecer esta tentativa de invasão alguém não cumpriu alguma coisa com alguém. Quem falhou? O governo, a empresa ou os manifestantes?