31.1.09

Plim Plim

Mais bem humorado do que nunca, Guilherme Augusto volta ao trabalho na edição de amanhã, 1, da folha sobrancelhuda, que já está nas ruas.

-----

Quem parece ter ido para o olho da rua, na mesma folha, é o colunista Hélio Gueiros. E sem epitáfio. Nem precisava: já morreu e não sabe.

-----

O bispo do Marajó, Dom Luiz Azcona, em entrevista na edição de amanhã, faz educadas mas severas críticas ao judiciário e MP paroaras. Talvez não dê tempo para a atual presidente da Corte, desembargadora Albanira Bemerguy, responder. Ela entrega o bastão na segunda, 2, ao desembargador Rômulo Nunes.
Mas apesar do mau humor e do estilo bolorento de sua assessoria de site, revelou-se mais tolerante às críticas que seu antecessor, o desembargador Milton Nobre. Por reclamações semelhantes, Nobre ensaiou uma prensa no bispo do Xingú, Dom Erwin Krautler. Depois desistiu. Amém.

-----

E na matéria de capa, a constatação: o Pará é o campeão brasileiro de hanseníase. A matéria não diz mas é bom lembrar: as gangs que assaltaram a Sespa estão livres, leves e soltas.
Candidatando-se e pedindo votos pra outros ladrões.

10 comentários:

fabio pereira disse...

Juca!
Dia 2 é segunda!

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, caríssimo. Consertado.

Anônimo disse...

Nobre, essas gagues que voce se refere são as de antes ou depois de 2006 ?

Juvencio de Arruda disse...

Vc conhece alguma na gaiola, Nobre?

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, é por essas e outras que, quando entrei na faculdade em 1989, o Milton Nobre já ostentava o apodo de Milton Esnobe...

Anônimo disse...

Um político que esteve com Hélio Gueiros no final do ano passado, ouviu dele a falta que ele sentia dos amigos do poder. Principalmente daqueles que ganharam muito dinheiro e viviam cercando o papudinho, cuidando da sua imagem e do seu governo a frente da prefeitura de Belém.
Depois, sumiram. Tomaram doril.
Depois, foi o Almir, que padeceu do mesmo mal.
Deve ser terrível não conseguir carregar esse fardo pesado, que é a gratidão.
Só pode ser dor de coluna, dor de... deixa pra lá.

Anônimo disse...

Verdade, mas a pior delas e que enriqueceu os envolvidos foi a que atuou no governo Tucano e Demoníacos .

Juvencio de Arruda disse...

Bobagem. O tamanho do rombo até hoje não foi comparado.

Anônimo disse...

Ainda bem que o papudinho voltou pro seu sarcófado, com a sua coluna chinfrim, reacionária e com piadas de pássimo gosto, que não contribuia em nada para a elevação do sofrido e desinformado povo.

El Cid disse...

Lamentavelmente o Pará mais uma vez é destaque nacional em um quesito que muita gente pensa que já foi extinto. E Marabá? Campeã das Campeãs.
Realmente, este é um dado que denigre e envergonha qualquer governo que se preze.