22.1.09

Habitação e Preservação

Tem cheiro de queimado a informação da construção de milhares de casas populares nas matas da Fazenda Pirelli, arredores de Nova Déli. Em artigo na edição de ontem do IVCezal, o escritor André Nunes comenta o assunto e critica a escolha do local, a última área verde nas cercanias da capital.
A Companhia de Habitação do Pará nega que existam estudos para tal empreitada.

4 comentários:

Lafayette disse...

O velho conhece de perto aquele lugar, no mínimo, desde 1967/68, quando comprou o Sítio do André, ou, apenas Oriboca para os mais íntimos. Ele tem razão!

Postei o artigo dele lá:

http://xipaia.wordpress.com/2009/01/22/sos-mata-da-pirelli/

Ele gostará de saber que ecoou por aqui.

Abraços, Juva.

Juvencio de Arruda disse...

Linkado, Lafaytte, obrigado.
Nos é que gostamos de ecoar por aqui.
Abs

Anônimo disse...

Só falta esta para acabar de enterrar o governo da Donana

Anônimo disse...

Cadê as Ongs da vida pra fazer eco a esse absurdo. Acabar com a última reserva que temos nos arreedores da grande Belém é uma afronta ao meio-ambiente e à vida das pessoas. Só mesmo um governo incensível seria capaz de tamanho absurdo.

Leila Queiroz