22.1.09

Sepultados

Os jornalões da capital nada trazem, nas edições de hoje, sobre as execuções sumárias da PM em resposta à morte do cabo Cunha, da Rotam.

3 comentários:

Juvencio de Arruda disse...

Eu li, caro amigo.
Desta vez não houve execução.
Tese complicada, a exposta, mas vamos discutí-la pessoalmente, quem sabe,sentados à mesma mesa?
Abs

Anônimo disse...

Juca, penso que é caso para a Promotoria de Direitos Humanos da Capital acompanhar.

Juvencio de Arruda disse...

Não há a menor dúvida.