30.1.09

Esses Moços

O curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, é o mais concorrido no vestibular da UFPA.

15 comentários:

Anônimo disse...

Aos candidatos: o salários médios de jornalistas em Belém chegam, quando muito, a R$ 2 mil (lembrem que um aluguel minimamente decente sai por R$ 700, R$ 800, sem contar, luz, telefone, Iptu, etc, etc). Trabalhamos sábado, domingo e feriados, não recebemos hora extra e quando abrimos o jornal, muitas vezes, não se reconhecemos o texto que deixamos na redação no dia anteriore. Se ainda assim, meu caro candidato, você faz questão, boa sorte.

Anônimo disse...

Sim, concordo com o Anônimo das 3:01.

Mas, ainda assim, é bom demais.

rs...

Pena só dos que acham que jornalismo se limita à bancada de um telejornal.

Mas, isso, eles descobrem depois com uma chamada daquela da Regina Alves ou da Petruceli... rs

Abs,
Nardin

Anônimo disse...

Ah esses moços , pobres moços ....beleza de título , seu Juca ,
Vc manda bem , as usually
Abs
Tadeu

Juvencio de Arruda disse...

Vc tb cantava o Lupíscínio, hein Alemão? Obrigado, amigo.
Final da semana que vem te confirmo a data do nosso encontro aí em Sampa.
Abs

Anônimo disse...

Willkommen , mein lieber (esgotou-se aí quase 3 anos de Casa de Estudos Germanicos , na São Jeronimo será que existe ainda?)rsrsrsrsrs
Abs
Tadeu

Juvencio de Arruda disse...

Schulmann é o seguinte: ainda existe sim, e cada vez maior.
Mas não é mais naquele belíssimo prédio na esquina da Presidente Pernambuco com a Rua dos 48, cheio de janelas. Este não existe mais.

Anônimo disse...

Quando estudei 73-74 era na São Jeronimo depois da Sta Martha.
Este casarão já não peguei . Pres Pernambuco não era onde ficava a casa das Bobô's girls?? Mamá , Minô, minha ex-Lena , Lílian e a mais nova que esquecí o nome mas linda tb como as outras.

Juvencio de Arruda disse...

Sta. Martha a São Jerônimo? essa quem não pegou fui eu. Não seria a Cairú?
De todo modo já conheci a CEG na Rua dos 48. Sim, poucos metros depois da casa das queridas e belas Affonso.Com todo o respeito, é claro.

Carlos Barretto disse...

Belíssimas, diga-se.
Em especial, Lilian.

Abs

Anônimo disse...

R$ 2000? Até onde sei o Diário paga R$ 800, no Liberal o teto máximo é R$ 1800 (jornalista antigo) e o Público R$ 1000 (sem carteira assinada). Na TV a situação não é muito diferente e, pior ainda no rádio. E por falar nisso, vcs viram hoje a mancada do Diário? No primeiro caderno, havia uma notícia com o seguinte título "Homem baleado por juiz está em estado grave". No mesmo jornal, porém no caderno de polícia, a notícia era "Homem baleado por juiz está fora de perigo". Meu deus, esse é o nosso jornalismo. Nem os editores se entendem...

Anônimo disse...

O lá de cima reclama mas se deixar um texto "não se reconhecemos" merece o quê?

. disse...

Ai, que lamentação por não estar mais na UFPA para receber os moços e moças, sempre tão cheios de ideais...

El Cid disse...

Segundo dizia o velho e conceituado jornalista autodidata, JOÃO CORREA DA ROCHA, “O JORNALISTA É IGUAL A UM JOGADOR DE PELADA, NÃO ADMITE PERDER NUNCA”.
Existem muitos jornalistas bem sucedidos, bem remunerados e principalmente felizes e realizados.
Certamente, os “Pobres Moços”, tem que optar pela profissão que os realizam e não as que dão dinheiro. Se puder aliar as duas coisas, ótimo.

Tim disse...

Belissima, também acho.
Só que não é Lilian, é Lilia.
Tim Penner

Juvencio de Arruda disse...

Ahahaha..Grande Tim!
Falou na companheira o fã número 1 aparece....rs.
Abs aos dois e parabéns pelo blogger.