27.1.09

Contumaz

Do jornalista Lucio Flavio Pinto, em comentário ao post Estilo Duvidoso, de hoje.

Finalmente um jornalista com a capacidade de se indignar, de não engolir em seco a indignação e não olhar em volta para avaliar a conveniência ou não de expressar a indignação. Está de parabéns a Aline por reagir a essa estúpida presunção de nobreza que acomete certas pessoas em Belém quando passam a transitar pelas coberturas da sociedade, imaginando que circunstância aleatória pode ser travestida de berço de ouro (e que tudo que reluz é mesmo ouro). A indigitada é contumaz em cuspir pra cima. Como advertiu o poeta popular de cordel, não há quem cuspa pra cima que não lhe caia na cara.

Um comentário:

Marise Morbach disse...

Lúcio tens razão quanto a capacidade de imaginação da jornalista sobre o "berço de ouro". Quando leio as notinhas da Rejane Barros compreendo o autismo dos "cheios da grana". Ela é uma espécie de representante dos preconceitos desses grupos de endinheirados que adoram exibir o quanto são felizes!!!!!!
É tosca, tola e muito preconceituosa, mas traduz como ninguém o espírito acrítico, mesquinho e cruel que habita muitas das "coberturas" de nossa cidade.