31.1.09

Luz e Sombras

O senador tucano Mário Tapiocouto anda sumido dos holofotes. Ilumina-o, apenas, a lanterna do Sobrancelhudo, com quem fala regularmente e não espirra sem o lenço do peemedebista.
Mário, e não Jatene, apostam alguns, seria a preferência de Jader para o governo do Pará em 2010.

6 comentários:

Anônimo disse...

Depois de deixar Carlos Santos e seu inesquecível governo, Jader agora quer brindar os paraenses com o Mário Couto? Bem coerente. Ele de fato nos ama.

Anônimo disse...

Voce duvida que ele nos ame, anônimo das 11:36? Pois foi com o nosso dinheirinho que ele fez fortuna! É um amor incondicional, principalmente por sermos tão otários e tão condescendentes com quem nos saqueia.

Anônimo disse...

Esse deve ser o preço que jatene paga pela traição ao criador, aliás como sempre o JB fez com todos eles.
Mas daí a preferir um bicheiro...
Ja tivemos "de camelô a governador", de falsário a Alcaide" e "de bicheiro a senador".
Putz...
Sangue de jesus....

Anônimo disse...

Tem comentarista do andar de cima morrendo de ciúmes desse namoro do Jader com o Mario.
Daria tudo para o seu cabôco ser a noiva da vez.

Anônimo disse...

Não sei se é folclore, mas já ouvi dizer que tem uma foto do Tapiocouto, da época que ele era do PMDB, se curvando diante de Jader, com reverência. Então, para a nossa falta de sorte, nada de novo.

Prof. Alan disse...

Égua, Parente, Tapoiocouto governador, nem a Nova Déli original merece...

Nem a criminosa República da Transnístria!

Nem o Talebã impôs algo tão ruim assim no Afeganistão.


Fernando Collor é um moleque maleducado perto dele...