1.6.09

Ladeira Abaixo

Foi lamentável, embora previsível, a desinteligência que envolveu o ministro do Meio Ambiente e o deputado federal Giovani Queiroz (PDT-PA). O primeiro generalizou e comparou os produtores rurais aos ladrões de carros. Foi maus.
Nem todos o são e nem é a primeira vez que Minc diz bobagens. Tem produtor rurual que trabalha corretamente, tem os títulos de suas terras, cadeias dominiais legais, trata bem seus trabalhadores, todos com carteira assinada, nunca participaram de jagunciçes e outras perversidades.
Mas tem os que já fizeram isso e muito mais.
O deputado foi defender-se e ao grupo dos ordeiros, com certeza, mas pisou bacana na bola. Chamou o ministro de viado. Ora, francamente, Giovani já tem idade suficiente para saber que a orientação sexual das pessoas está fora de qualquer questão, e tem formação suficiente - é médico -para saber que viados são tão machos quanto muito machão que tem por aí, às vezes mais.
E por falar em produtores rurais vigaristas, há uma lista espetacular neste link aqui, levantada pelo MPF. Esses são muito piores que ladrões de carros, mas tanto, que desta feita o deputado Queiroz não poderá chamar ninguém de viado.

8 comentários:

Anônimo disse...

Opção não, Juca... orientação...

Juvencio de Arruda disse...

Desculpe novamente.
Já consertei,obrigado.

Anônimo disse...

hauahauu!!me diz que isso e brincadeira...ou uma piada..porq depois da tristeza por Belém não ser escolhida,pra ser umas das cidades sedes...adoraria me divertir lendo isso todos os dias...

Anônimo disse...

o deputado é do PDT mas não esconde a "orientação" política dele, médico e proprietário rural

Anônimo disse...

Tudo bem, Minc pegou pesado, mas...
Giovani Queiroz vestiu a carapuça, veriquem a pessoa física:
1. Não é paraense, chegou de mansinho, como médico, em Conceição do Araguaia;
2. Virou fazendeiro, prefeito (ou ordem inversa);
3. Virou deputado;
4. Brigou com a igreja quando mandavam invadir suas terras (que nem sei se legais ou griladas);
5. Quer separar o estado, e ser o primeiro governador...

Anônimo disse...

Olha lá. Até o Formosa e Lider tão no meio da lista de comprandores de carne de boi devastador. E ainda ficam posando de ecologicamente corretos, hein. Agora vá saber em qual estabelecimento de Belém tenha carne que não seja clandestina ou de procedência duvidosa?

Anônimo disse...

Nossa! Quando e ounde foi isso? Não dá quebra de decoro?

Anônimo disse...

Volto a insistir: o movimento gay deveria processar esse deputado homofóbico, por utilizar o termo viado com intenção de ofender. Torno a perguntar: por que o deputado não xingou o ministro de "deputado"?. Não sei o que isso tem de ofensivo, uma vez que o deputado mostrou total falta de decoro. Não estou com isso ofendendo à nobre classe parlamentar, mas todos estamos cansados de saber que há muito deputado ladrão de carros, assim, claro, como há deputados sérios, ainda.