4.6.09

MPE Aperta a Celpa

As estatísticas apresentadas pelos Procons municipais de Castanhal, Marabá, Santarém, Barcarena, Breves e Parauapebas, além do Procon de Belém, mostram que o número de reclamações contra o SAC da Rede Celpa aumentou nos anos de 2008 e 2009. Por esse motivo e após receber um parecer emitido pela diretoria do PROCON/PA, o Promotor de Justiça Marco Aurélio do Nascimento iniciou um procedimento administrativo para investigar a qualidade e eficiência do serviço de atendimento ao consumidor pela empresa.O parecer do PROCON mostra que em todas as ligações feitas ao SAC da empresa o serviço estava indisponível no prazo legal previsto.. Uma lei federal estabelece o prazo máximo de um minuto para o call center. "Se qualquer consumidor tentar ligar hoje para esse serviço, vai passar por uma espera que varia entre trinta minutos e uma hora, o que é liegal", explica o promotor Marco Aurélio.

-----

Faz muito bem o MPE se por na cola da mais avacalhada concessionária de energia do Brasil, que tira recursos daqui pra levar para outros estados onde atua. Nem se comenta mais a cara de paisagem da Aneel, indecentemente capturada pelos interesses das empresas e se lixando para o usuário. O MPE deveria, em seguida, cobrar da empresa a solução dos constantes apagões, as alterações de valores nas contas, a falta de investimentos, o não recolhimento de impostos e as razões do aboçalado serviço de cortes terceirizado pela empresa, que, aliás, é maior que a própria Celpa em vários equipamentos de operação.

6 comentários:

Anônimo disse...

Grande Juca,
E a cara de pau desses irresponsáveis é que impressiona. Estou em Parauapebas, aqui quando a Rede Celpa responde a população a respeito das reclamações (Que são muitas) feitas ao PROCON é para colocar a culpa na ANEEL, dizem que, devido a clausulas contratuais não podem fazer nada e não podem fazer investimento algum.
1 abraço Dr. Costa
OBS:Não existe cidade paraense mais prejudicada por falta de energia do que Parauapebas. É um verdadeiro absurdo o que a rede Celpa faz contra esta cidade.

Juvencio de Arruda disse...

Talvez vc tenha razão Dr. Costa.
Sei que a coisa é brabísima por aí.
Abs

Anônimo disse...

Juca, o problema não é só no 0800 da empresa. O posto de atendimento da Pedro Miranda, por exemplo, é de acabar com a paciência de qq um. Tem um funcionário lá que, penso, acredita ainda estar no tempo que a celpa era estatal e que ainda goza de estabilidade, só pode. Não querendo generalizar, pois tem muito funcionário público ciente de seu papel de bem atender ao público, mas este dito cujo, me lembrou esses servidores que se lixam pros outros por conta da dita estabilidade. Fui lá e, como se estivesse cometendo o maior dos pecados, pedi explicações para saber a diferença entre monofásico, bifásico, enfim, pra decidir que isntalação seria a melhor para minha casa nova e a figura, além de fazer a maior cara azeda, ainda me destratou. Quando pedi o nome dele (não estava com crachá a vista), me msotrou e disse: "anota, não vai dar em nada mesmo".

Luiz Teles disse...

No município de Augusto Correa a energia é todo tempo oscilando, de quando em vez queima um utensílio doméstico, a população pede para colocar mais transformadores, e eles também, fazem cara e ouvido de paisagem, quando chove falta energia toda vez, dizem que vão mudar um tal de "TAP" do transformador (tem 3 TAPs cada transformador)e não solucionou nada.
O deputado,filho de lá, o indolente Luís Cunha, já está 19 anos no Poder e nunca colocou um prego naquele município, e nem levanta voz contra isto.

Anônimo disse...

É essa mesma turma do PSDB, que privatizou mais de 70% do patrimonio publico Brasileiro, que levou junto a lucrativa Celpa, sob a alegação de que o estado era incopetente para administrar a concecionária, venderam a preço de banana, financiada com dinheiro do BNDES e que até hoje não prestaram conta da grana. O monopólio deixou de se estatal para se tornar privado, ou seja, enterrou o discurso da livre concorrência. É a turma que se assanha para botar as mão no que restou do patrimônio da Viúva.

Anônimo disse...

Juca, mais de oito horas de apagao e muito prejuizos para a marambaia e parte do marco nesta tarde/noite de quinta-feira. Um absurdo...e ninguem faz nada!