8.6.09

Vacina

A Petrobras está em outra pauta nos jornalões, além da CPI que ameaça investigar seus contratos. Tudo por causa de um blog que a empresa abriu para divulgar a íntegra de seus comunicados e entrevistas à imprensa, e evitar o que Carlos Castilho, articulista do Observatótio da Imprensa, chama eufemisticamente de erros de contexto, omissões e equívocos de transcrição.
A Petrobras tenta se proteger, na verdade, da editorialização dirigida pelos interesses dos jornais. A reação, não por acaso, partiu do Globo e da Folha de SP, notórios especialistas na edição dos fatos.
O artigo de Castilho, na íntegra, está aqui.

----

Mas no blog do jornalista Luis Carlos Azenha, o abacaxi é descascado na boa.

Um comentário:

Diógenes Brandão disse...

A maior descoberta da Petrobrás este ano não foi o Presal, foi sem dúvida o mundo cibernético e seu uso contra a onipotencia que se define a imprensa monopolizada deste país. Achei o máximo, e com sutil elegância, a forma como foram e estão sendo respondidas as calúnias que tentam atingir a empresa, por aqueles que ajudaram a vender a VALE, e tantas outras estatais no período mais neo-liberal deste país.

Que jorre petróleo e respostas à todos povo brasileiro!