19.1.09

OAB Retrata Justiça em Marabá

Processos amontoados pelas secretarias, sem andamento, contrariando outro dispositivo constitucional que obriga que o processo seja resolvido em tempo razoável; Juízes que são obrigados a responderem por mais de três Varas e em Comarcas diferentes, acumulando mais de doze mil processos; falta de servidores pela ausência de concurso público; prédio prestes a desabar, com risco de matar pessoas; alguns juízes que so trabalham de terça a quinta-feira; Juízes que não cumprem plantões; sistema de informática inoperante que paralisa ainda mais o andamento dos processos; audiências designadas com prazo superior a um ano no Juizado Especial Cível; Promotores de Justiça que respondem por Promotorias de outras Comarcas; que não comparecem às audiências; que trabalham de terça a quinta-feira”.

Na íntegra aqui, no novo blog do Bogéa, que também traz, em sua reestréia, emocionante depoimento de um torturado pelo Exército na Guerrilha do Araguaia, do arquivo da produtora do jornalista, a Vídeo V.

5 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente, agora já não posso mais acompanhar o blog do Hiroshi

Anônimo disse...

Por falar em Justiça, Juca,meu filho, gostaria de ouvir seus comentários sobre a cobertura do Judiciário nos nossos jornalecos.

E posts sobre o Fórum Social Mundial também são bem-vindo?


Abraços.
Marcela

Juvencio de Arruda disse...

Desculpe, mamãe, mas não vou poder atender seu pedido quanto ao FSM, infelizmente,em razão de compromissos de trabalho.
Mas vou anotar sua sugestão.
Abs pra senhora.

Renato Ferreira da Silva disse...

Dia do Farmacêutico!

No dia 20 de Janeiro é comemorado em todo Brasil, o dia do Farmacêutico! O Farmacêutico com base em seus conhecimentos técnico-científicos, tem hoje papel preponderante na promoção, prevenção e recuperação da saúde como um todo! Queremos com isso prestar uma justa homenagem ao profissional que labuta numa gama imensa de atividades profícuas, atividades estas, que incluem atuações nas indústrias de alimentos e medicamentos, nos laboratórios de análises clínicas, nas perícias criminais, na assistência farmacêutica entre outras.

A Escola de Pharmacia do Pará, hoje Faculdade de Farmácia, foi criada pela Lei nº 874 de 23 de Outubro de 1903, no governo estadual do Dr. Augusto Montenegro e regulada pelo Decreto nº 1274 de 1º de Fevereiro de 1904, sendo o 2º estabelecimento de ensino superior em nosso Estado!
Atenciosamente, Renato Ferreira da Silva

Farmacêutico-Bioquímico da UFPA e Autor do Livro ¨ Da Pharmacia à Farmácia – UFPA – 100 anos de História

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, Renato.
Amanhã, 20, comemoraremos lá em cima, na ribalta do blog, a efeméride e o lançamento do livro.
Sds,