15.1.09

Pode?

De um comentarista anônimo do blog, pedindo - desculpem, companheiros - a comida que a lei lhe garante.

Por favor Juve, alguem tem que dar voz aos servidores do CPC Renato Chaves.
Não aguentam mais os desmandos loucos do atual diretor.
Os ticket alimentação está atrasado quase um mes e o motivo é facil descobrir,ao ligar para o RH do centro a justificativa é pendencia financeira do órgao com a empresa que libera os valores.
Isso não sai em jornal nenhum.

-----

Não sai não.
As pocilgas da fraude, da corrupção, da cachaça e da jogatina estão muito ocupadas.


3 comentários:

Anônimo disse...

Olha demorou pra se manifestarem, enquanto isso a Governadora mexe onde não deve.....

Juvencio de Arruda disse...

Ao anônimo que teve seu comentário recusado: escreva corretamente o gênero dos adjetivos que usa, ou não passará seu comentário.

Anônimo disse...

Caro Juca,

acredito que de todas os rebuliços acerca do Sistema de Segurança Pública, Bombeiros e CPC são os únicos que além de não estarem no foco da crise são dirigidos por 02 competentes gestores.
Ao contrário da PM e PC, que entra governo e sai governo são sempre as mesmas pessoas permitindo assim o continuismo do coorporativismo e da incompetencia de gerenciamento, no CPC principalmente o atual gestor tomou medidas gerenciais que abalaram as estruturas daqueles que praticavam máfias diversas dentro da instituição, não cumpriam seus horários de serviços, praticavam atos fraudulentos, ficavam em intermináveis 'licenças-saúde' enquanto praticavam atividades em seus consultorios e por ae vai.Essas pessoas respondem hoje inclusive processos administrativos por orientação da própria Auditoria Geral do Estado. São tucanos que após serem defenestrados do poder procuraram cessões em outros órgãos dentro do Sistema de Segurança Pública e são vistos como vilões dentro da Instituição.
Este assumiu a Instituição com uma enorme depreciação tecnológica, dividas enormes, falta de abrangência territorial permitindo assim a impunidade por falta da pericia como prova cabal na elucidação de crimes, estruturas fisicas em estado de total abandono, descontentamento de servidores, falta de registro de armas que chegam diariamente para serem periciadas, numero de servidores insuficientes para atenderem todas as demandas e por ae vai.
Hoje o CPC é protagonista, e não mais figurante, dentro do Sistema de Segurança Pública. Há varios investimentos de aquisição de equipamentos e obras sendo realizados, investimento em formação continuada, concursos públicos realizados e em andamento, desenvolvimento de convênios com universidades que permitam a pesquisa, moralizou o serviço de remoção que antes era terceirizado e hoje é feito por profissionais treinados e ambulancias equipadas e uma série de outras conquistas.
e o mais importante é citar que o Atual Diretor Geral foi eleito de forma democrática de acordo com a Lei Interna da Autarquia CPC Renato Chaves.