5.6.09

Mais Um Mandato

Leia aqui a lista de parlamentares que já assinaram a PEC do terceiro mandato. Há cinco paroaras na relação:

Asdrúbal Bentes (PMDB)
Bel Mesquita (PMDB)
Giovani Queiroz (PDT).
Paulo Rocha (PT)
Zequinha Marinho (PMDB)

-----

Atualizada às 17:10.

Comentário ao post acima:

Tendo contribuído com 28.647 votos para a chapa que conduziu o Deputado Giovanni Queiroz à Câmara dos Deputados registro publicamente a minha decepção.
Helenilson Pontes

32 comentários:

Anônimo disse...

Tendo contribuído com 28.647 votos para a chapa que conduziu o Deputado Giovanni Queiroz à Câmara dos Deputados registro publicamente a minha decepção.
Helenilson Pontes

Lafayette disse...

Com ou sem terceiro mandato tanto faz... se não for o Lula, a Dilma leva.

O Lula vem para o Senado quando der, e depois, volta para Presidência.

Aí, a Dilma vai para o Senado, e depois volta pra Presidência.

Aí, o Lula... aí, a Dilma... então...

Juvencio de Arruda disse...

Abs, professor.

Anônimo disse...

...e pensar que existem pessoas que não querem um terceiro mandato para presidente. será que eles são brasileiros? deixem o homem continuar a trabalhar! eu voto LULA 13 - Presidente
ABS/Tucuruí

alessandro amaro disse...

Juca

O fato de um parlamentar assinar a proposta de emenda à Constituição pelo 3º mandato não o obriga a votar pela alteração do texto constitucional.

O que não se pode é julga-los por estabelecer (e querer) esta discussão no foro apropriado que é o Congresso Nacional.

Sou contra a reeleição no Brasil, seja uma, duas ou mais vezes, pelo uso desenfreado da máquina pública.

Mas sou inteiramente a favor que este assunto seja plenamente discutido pela sociedade.

Anônimo disse...

Tsc... tsc... Como têm tanta gente sem noção, que pensa ou quer que o Brasil seja uma Cuba. Ou quem sabe uma Venezuela.

Juvencio de Arruda disse...

Amaro, como se dizia em tempos idos, vc está pintoso neste avatar...eheh.
Mas admito os dois foruns - o Congresso e "as esquinas" - e diferentes entendimentos, para a discussão.
Todas são bem vindas, decpções e concordâncias.

Arthur Laércio Homci disse...

Mais uma vez estamos diante de um tema que está ligado a noções de democracia - e este mais diretamente, pois parece que no Brasil só se fala em democracia em termos de representatividade política.

Independentemente da qualidade do governo executado por Lula, o qual me agrada em diversos aspectos, penso que garantir a possibilidade de um 3º mandato ao simpático barbudinho soa como perpetuação do poder, e - como diz o meu amigo Marcelo Moraes - acho que escutei no programa da Xuxa que isso fere um princípio basilar da democracia: a alternatividade no poder.

Mais uma vez, gostando ou não, temos que pagar o preço da democracia.

Para terminar de forma piegas: não ao 3º mandato!!!

Newton Pereira disse...

Juca,

Quando a PEC da reeleição do FHC deu entrada e foi aprovada pelo Congresso niguem disse que ele estaria dando golpe, nunca antes nessa República (como diz o Lula), com exceção do Getúlio Vargas, um presidente teve direito a reeleição. Então o arautos da democracia deviam também ser contra na época do FHC.

Em tempo sou contra a tri-eleição, mesmo com o Lula.

Um forte abraco,

Newton Pereira.

Franssinete Florenzano disse...

Terceiro mandato é golpe.

Anônimo disse...

Deputados de baixo clero...

Anônimo disse...

Os defensores do 3º mandato, que é golpe mesmo, são aqueles que não querem largar o osso ...

Anônimo disse...

Terceiro mandato é gozação, é escárnio, é maledicência, é pouca vergonha, é sacanagem e seria o fim da picada contra a democracia.Vão aqui os meus respeitosos protestos àqueles que avalizam e subscrevem o surgimento de proposta tão indecorosa que atenta contra o salutar principio da alternância do Poder.
Se aprova o 3º, se aprova o 4º, se aprova o 5º... .
Ditadura nunca mais.

Deputado Adamor Aires

Anônimo disse...

Franssinete, desculpe. Mas se for uma escolha do Congresso fazer um plebiscito e o povo decidir pelo terceiro mandato, não é golpe. Golpe mesmo foi a reeleição, imposta sem consulta popular pelo PSDB, num gesto que fez lembrar o AI-5. Mas não lembro de nenhum dos "democratas" aqui postantes se indignarem com isso. Passou. Se fosse dado ao povo o direito de escolher, ele escolheria o terceiro mandato. Então, como pode a vontade do povo ser um "golpe"? Só se for um golpe no atraso e no retrocesso que seria o retorno ao passado que é o que o PSDB representa.

Lafayette disse...

Anônimo tsc... tsc... quem dera, quem dera!

Deputado Adamor Aires (não sei se é o próprio, pois não está logado - aliás, nem se estivesse dá para saber com certeza), mas, você já foi vereador em duas reeleições em Santa Luzia. Entre 2001 à 2006, foi reeleito por três vezes consecutivas presidente da Câmara Municipal. És desde 2006 Deputado Estadual... posso perguntar uma coisa, vais para reeleição na próxima eleição?

Tá, tudo bem, vais dizer que és contra a reeleição no Executivo...

Anônimo disse...

Terceiro mandato é golpe branco, muito própio de ditadores.
Mesmo com o Congresso aprovando, isso é sinal de "legalizar" o golpe.

Anônimo disse...

"Não é verdade" que isso é puxa-saquismo...

Anônimo disse...

Não confundam reeleição com 3º mandato. Aliás, Lula era terminantemente contra a reeleição, mas como tudo que vem de Lula e seus seguidores não se escreve, tá certo.
Lafayette, só nos seus sonhos mais profundos. Agora, você pode se mudar para Cuba, Venezuela ou até para o Paraguai. Coisa que você, por exemplo, não poderia fazer em Cuba.
Outra coisa, você mistura alhos com bugalhos quando fala de reeleição de cargos para o executivo e legislativo, mas, tudo bem, para que sonha como você é desculpável.

Anônimo disse...

Caríssimo Lafayette,

O prezado já respondeu. Aliás, sempre fui contra reeleição para cargos no executivo. Defendo aumento do tempo de mandato para 05 anos. Com honrosas exceções, ficou provado que a experiência brasileira não deu certo.Não sou contra o Lula. Acho um bom Presidente.Mas não podemos permitir aventuras caudilhescas e autoritárias, a exemplo daquelas que são levadas a efeito pelo louco varrido da vizinha Venezuela, Sr. Hugo Chavez,que quer se perpetuar no Poder. Um péssimo exemplo.
Quanto a reeleição para o Legislativo não vejo problemas. Não são ordenadores des despesas.

Um grande abraço,

Deputado Adamor Aires

Lafayette disse...

Ih, rapá, não é que é o Deputado mesmo! (a educação na resposta bate com a informação que obtive).

Adamor é o seguinte: o "ego" é uma das características evolutivas que nos fez chegar até aqui, pois fez a gente achar que era melhor que os outros, e isso facilitou a continuidade dos genes. E quando se estar no poder, exercendo (ou achando que se está exercendo) algo de bom para sociedade (mesmo sendo à sociedade entre seus pares), o homem tende a achar que é a solução (veja que não estou levando para o lado da corrupção, ladroagem e tal, apenas fico no antropológico, vamos dizer assim rsrs).

Tanto faz no Executivo ou no Legislativo, a reeleição segue este princípio, também (ah, e uma presidência de uma Câmara ordena e ordenha, e muito, caro Adamor, fora a verba de gabinete, de paletó, de residência, de babá etc etc etc).

Toda vez que aqui e ali jogo a "isca" e elogio Cuba ou Venezuela, mesmo que indiretamente, "dentro de uma conversa de reeleição ou de 3º Mandato", vem logo à baila, conceitos de autoritarismo e congêneres.

Papo furado! Mas não vou falar disso...

Adamor, a mudança da regra, no meio do jogo, para reeleição do FHC, com grana distribuída à rodo, foi um exercício de autoritarismo cínico, ou um de democracia fraca? Ou democracia cínica, ou autoritarismo fraco? Ou outra coisa que seja?

E se passar o 3º Mandato e o Lula não ganhar, e ganhar o Serra, por exemplo, você acha que o Serra irá lutar para voltar a regra de uma só reeleição, ou, mais, tirar a reeleição? E, neste exemplo, o PT irá lutar pela mesma coisa? Ou manterá seu atual entendimento de reeleição? E se ganhar alguém do DEM, você se mudará do País?

Reeleição, 2ª, 3ª ou eterna, sem necessidade de se afastar do cargo e do poder, e sem efetivas medidas de controle de gastos e de utilização da "máquina" pública, é um péssimo exemplo?

Porque, fora o tal de "Não são ordenadores de despesas" - que não pra mim não é correto se falar - você não é contra a ree-ee-ee-ee-ee-ee-eleição no Legislativo?

ps.: continuo falando ao Adamor e não ao anônimo das 11:22PM, que é anônimo-por-ser-anônimo, e, portanto, covarde e otário que não consegue nem botar a cara à tapa, como, aliás, faz o Juvêncio todo dia.

Forte abraço, também.

Anônimo disse...

hum!!!e bem verdade que o governo lula tem trabalhado bastante,o Brasil se desenvolvel relativamente bem.Mas não podemos esquecer que nunca na historia deste País houve um governo tão corrupto...

Raimundo C. Lima disse...

Lafayette,
O jegue por mais que se enfeite, nunca será um cavalo.

Quando se joga uma isca nem sempre se obtém êxito, ou mesmo pode até pescar uma bota. Pode ficar horas e horas a fio e não pesca absolutamente nada, porque não tem capacidade cognitiva ou porque usa o engodo errado. Aí companheiro, sabe o que muitos fazem? Vão ao mercado e compram um peixe bem grande para se fazer de grande pescador.

É muito comum de quem não tem argumentos usar o subterfúgio recorrente da comparação. Inclusive, metáforas que só os que riem das bobagens de seu líder maior ditas aos montes, e se acham “o cara”.

Seu comentário é de uma incongruência costumeira aos que adoram justificar erros nos erros dos outros. Comportamento usual e de um atavismo típico de quem a todo custo tenta justificar o injustificável. Mas, tudo bem. Supõe-se que a evolução não ande para trás. Mas uma manobra em marcha a ré pode representar o futuro de uma espécie, inclusive a humana. Vide Cuba, Venezuela, as FARC e todos os caudilhos que assassinaram milhões de seres humanos com desculpa de uma utópica vida melhor, exemplos não faltam. Inclusive, os que assim egocentricamente pensam e se reúnem no Foro de São Paulo.

Não acho que o Luiz Inácio seja um presidente bom, isto está claro. Como também, não acho que Fernando Henrique tenha sido. Mas quanto ao Luiz Inácio, esperava mais. Este se mostrou pior, mil vezes pior, do que aquele. Porque se comporta e se utiliza dos mesmos instrumentos (com uma intensidade bem maior) que sempre criticou. E mais grave, enganou meio Brasil. Se for para manter-se no poder ele abraça até o tinhoso, coisa, aliás, que ele comumente faz.

Como disse o ex vice-presidente dos Estados Unidos, Hubert Humphrey: “Errar é humano. Culpar outra pessoa é política.”

Sou Raimundo Costa Lima, meu e-mail é: costaraimundo@rocketmail.com. Utilizei a opção de anônimo, por ter esta possibilidade. Mas como você, educadamente, me qualificou, aí está meu e-mail para dar minha cara à tapa. Aliás, a educação é uma evolução dos genes, mas o “id” das pessoas é imutável.

Saudações,

Raimundo C. Lima

Franssinete Florenzano disse...

Lembram que, quando os militares tomaram o poder, em 1964, juraram de pés juntos, braços no peito e olho na Bandeira Nacional que era só para proteger o Brasil dos comunistas que comiam criancinhas, e que imediatamente devolveriam o País à normalidade? Pois é, só em 1985 voltamos a ter presidente civil, e eleito de forma indireta.
Lembram, também, que Sarney prorrogou seu mandato para 5 anos, num gesto claro de oportunismo? Pois então!
Lembram, ainda, que FHC, num ato de casuísmo explícito, garantiu que precisava de oito anos porque em quatro não dava para executar todos os projetos estratégicos que tinha prometido em campanha? E não cumpriu mesmo.
Além do mais, é claro que todo mundo está cansado de saber como foi que Fidel Castro e Hugo Chávez, por exemplo, foram ficando, ficando, reeleitos "pela vontade do povo" (que vai para a cadeia ou morre se for contra), depois que Congressos fracos, viciados e medrosos traíram as suas nações, os princípios de liberdade e de cidadania.
Não, não e não! Terceiro mandato é golpe, sim. Porque sabemos muito bem que depois dele vêm o quarto, o quinto, e assim por diante, até quando o caudilho morrer ou a sociedade fizer um levante sangrento.
O Brasil não merece essa desgraça.

Anônimo disse...

Franssinete,estou contigo e não abro!

Gilberto Rodrigues

Val-André Mutran disse...

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1184588-5601,00-LULA+CRITICA+NERVOSISMO+DA+OPOSICAO+COM+PROPOSTA+SOBRE+TERCEIRO+MANDATO.html
Estou com o Cara e não me venham com balelas.

Anônimo disse...

Val-André, realmente o Raimuindo tem razão. O que o Lula fala os outros acreditam e ainda elogiam, vc acaba de dar o exemplo. Acompanho vc Raimundo Costa, parabéns pelo comentário. FRanssinete tb! Terceiro mandato é enganar e golpe!!!!!

Anônimo disse...

Caro Lafayette,

Embora não concorde com sua "avançada" posição sobre a renovação sucessiva de mandatos no executivo, respeito-a.
Penso,entretanto, que para a consolidação de uma democracia jovem e em processo de consolidação, como a nossa, risco sério de retrocesso seria iminente, se acaso tal proposta, indecorosa e impertinente, já tramitando no Congresso, fosse levada a efeito. É iniludível.
Sei, contudo, que a tentação é grande. E o "Chefe", pode acreditar,no fundo e no fundão, dá corda. É lastimável.

Com os cumprimentos Republicanos,

Deputado Adamor Aires

Lafayette disse...

Franssinete, é claro que não concordo com a perpetuação no poder.

A única ditadura que aceito... é a do amor-da-mulher-amada, que me tortura de prazer! ;-). Neste caso, não admito alternância de poder! rsrsrs

Dizem que não existe ex-viado, ex-PFL, mas existe ex-anônimo!

Fiz uns exercícios de exemplos e o ex já veio dizendo que o "meu líder é o Lula" !!! Ele deve achar que "sou do PT" !!!

Patrulhamento já foi matéria discutida aqui, não vou retornar.

Aliás, já começou dizendo que o Lula é um jegue que não chegará à cavalo... sem comentários!

A evolução dá sim passos pra trás.

Na verdade, Raimundo, você se decepcionou... amor ferido... não pisarei no seu coração.

Hubert Humphrey foi vice.

Não és mais anônimo-otário. Viu, não doeu!

Lafayette disse...

Adamor, ontem e hoje, fui atrás de um motor de arranque.

Não sei quem foi Osvaldo de Caldas Brito, mas lá pra'quelas bandas, mais fundo nas brenhas dessa Rua, é que o peito aperta.

Fui lá pra dentro, lá por trás e mais deconfronte e, Deputado, o povo tá ferrado.

Inâne nosso papo aqui não é, mas sabe de uma coisa, perdi a graça!

Anônimo disse...

Lafayete,
Comentário nonsense, comentarista idem.

Franssinete Florenzano disse...

Obrigada, Gilberto e Anônimo das 2:28 PM. Lafayette, não se apoquente, eles não sabem o quanto você é gente boa! Rsrsrsrsrs... Mas vou contar pro deputado Adamor Aires, pessoalmente, quem você é e tenho certeza de que vocês cabarão amigos.
Quanto à tropa de choque, repito o poeta, vocês passarão, e eu passarinho!

Val-André Mutran disse...

A PEC é uma consulta plebiscitária à população sobre o 3.º mandato. Não tem caráter terminativo.
Não vejo porque tanta polêmica.