14.1.09

Arrombem as Portas!

Ruins de assinar pedidos de CPI até 2006, aliás péssimos, os tucanos resolveram se mancar fora do governo. O blog do jornalista Ronaldo Brasiliense diz que não é verdade que eles já teriam 14 assinaturas para abrir a CPI do Hangar, na retomada dos trabalhos legislativos, em fevereiro.
Mas devem abrir sim e investigar até os laguinhos do Hangar, apesar das chantagens do deputado petista Airton Faleiro que hoje, no poder, comporta-se como um ramphastídeo.
No blog do Cjk, as primeiras informações sobre o volume de recursos envolvidos em diárias e passagens no governo do Pará, a bola da vez.
Diz Cjk:

No Estado do Pará, somando todos os Poderes, foram gastos em 2008, R$ 44.938.534,23 (quarenta e quatro milhões novecentos e trinta e oito mil quinhentos e trinta e quatro reais e vinte e três centavos) com diárias.

Ainda nesta semana, um blog paroara deverá escancarar o tamanho da conta em anos anteriores. Tem autarquia que vai, digamos, surpreender.

12 comentários:

Anônimo disse...

Basta retornarem no tempo e pesquisarem as diárias pagas a Danile Soares Cavalcante no período de agosto de 2007 a dezembro e conferir o endereço que ainda era em Brasília e recebia para ficat em Hotel tendo casa , comida e roupa lavada na capital federal . Investiguem também o tão conhecido Filipe Alves e vejam como ele viajava para Santarém e o pior, recebia diária, mas parece que quem pagava era as despezas era a Regional

Anônimo disse...

Por favor Juve, alguem tem que dar voz aos servidores do CPC Renato Chaves.Não aguentam mais os desmandos loucos do atual diretor.Os ticket alimentação está atrasado quase um mes e o motivo é facil descobrir,ao ligar para o RH do centro a justificativa é pendencia financeira do órgao com a empresa que libera os valores.Isso não sai em jornal nenhum.

Juvencio de Arruda disse...

Amanhã seu comentário estará na ribalta.
Lamento a situação.

Até quando esperar! disse...

Os funcionários da ARCON também estão insatisfeitos. Primeiro as decisões técnicas são preteridas por decisões políticas. Os cargos de confiança e que tomam decisões são apadrinhados por desqualificados do PR e por laços de amizade com o Sr Luis REICON Rebelo, financiador de campanha de DONANA. Essa pessoas encabeçam os maiores viajantes e ganhadores de diárias, e por consequinte afundam o nome da Agência, somente este ano 119 pessoas foram apadrinhadas entre auxiliares, controladores e supervisores, e que na realidade trabalham para o PR. Os efetivos são monitorados por camêras em todos os setores e cumprem horários de 8 horas diárias, enquanto os amigos... Questiona-se onde trabalham vários fantasmas, já que a ARCON não tem espaço suficiente para os 80 funcioários, quantos mais 119.

Juvencio de Arruda disse...

A Arcon é uma das maiores avacalhações do estado do Pará. Nas mãos das empresas de navegação, perpetuam uma das piores relações de consumo com a população do estado.
A governadora prometeu regularizar em dois anos a travesia para o Marajó, e nada foi feito.
Entupam o MP de denúncias.
Quanto a Rebelo, já sente nos bolsos a opção política que fez.
Com o vento na pôpa, o colunista de navegação de O Liberal diz que tudo está maravilhoso na agência.
É assim.

Anônimo disse...

É só acessar a página da Auditoria Geral do Estado - link diárias - pra ver, por exemplo, quanto o DETRAN gastou em 2008 com apenas uma servidora: R$ 48 mil ou a PARATUR que pagou a outra servidora a bagatela de R$ 60 mil. É o trabalho pelo turismo, né?! Enquanto isso os servidores técnicos e concursados de nível superior do estado, que atuam na administração direta recebem, como vencimento básico, miseráveis R$ 433,00 pra carregarem o piano para esses DAS incompetentes, viajantes e fazedores de políticas de grupos.
E os PCCS? Só reuniões?

Anônimo disse...

Que o diga a Defensoria Pública do Estado...

Anônimo disse...

Tem DAS da ARCON que está até com jornalista, que não tem nada ( a não ser a grana) com a função, o serviço, etc.

Juvencio de Arruda disse...

Tem até filha de jornalista, mas o problema não é esse.
Já encontrei várias vezes a jornalista Conceição Elarrat, a pessoa a quem vc se refere, trabalhando no porto do Camará.
A questão é que a agência está ancorada aos mais reles interesses das empresas de navegação, o que, de resto, não difere do quadro das agçencias reguladoras no país.
Aqui só é pior.

Anônimo disse...

Juvêncio,

sobre Arcon, registrei reclamação do transporte alternativo, sem retorno da diretoria, ouvidoria ou Ascom. tb enviei nota abaixo ao um jornal local que a ignorou, talvez por falta de espaço. Segue a informação:

Clandestinos



Alô Arcon! O transporte alternativo autorizado Marudá-Belém está uma balbúrdia. Para conferir, basta enviar alguns fiscais ao balneário, em finais de semana, feriados e férias, no horário de retorno dos banhistas. No último domingo, o motorista do veículo tipo VAN, placa JVV 7367, com autorização número 3035, saiu da rota, parou no meio da viagem em Castanhal (em frente à agência do Banco do Brasil) e obrigou os 17 passageiros a descerem e se transferirem a outra van, de placa JVG 6347, não autorizada a fazer a linha. Ou seja, um veículo clandestino trafegando tranquilamente nas estradas do Estado. A transação foi acertada entre os motoristas antes da saída de Marudá, sem consulta aos usuários. Quando percebeu a irregularidade, metade dos passageiros reclamou e foi ignorada. No mínimo, quatro obrigações do autorizado foram descumpridas: desrespeito ao usuário, ausência de bilhete de passagem, interrupção do serviço e alteração do itinerário. O que dizem as resoluções da Arcon, que disciplinam e outorgam o serviço alternativo de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros: foi uma falta leve, média ou grave?

Juvencio de Arruda disse...

Fiz o mesmo há tres anos em Marabá, região que concentra a maior anarquia no transporte alternativo.
Até hoje....é uma esculhambação!

Anônimo disse...

Mas voces querem o quê? As agências reguladoras foram criadas pelos tucanos só e apenas para beneficiar os empresários, sempre contra os usuários. E não adianta por isso só jogar a culpa nos tucanos, porque o PT adotou prazeirozamente tal situação.Aliás, só cá entre nós, desse desgoverno ana júlia ( assim mesmo em minúsculas), só se pode esperar o caos.