28.10.08

Socorre os Bancos? Estamos Aí!

Na Agência Estado, o óbvio

O DEM, que faz oposição sistemática ao governo, não obstruirá a votação da medida provisória 442 - que amplia os poderes do Banco Central para socorrer bancos em dificuldades -, na sessão de hoje à tarde, na Câmara, informou o líder do partido, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA).

21 comentários:

causaeefeito disse...

Não obstruir não significa que será favorável....

Gilton Paiva.'.
www.causaeefeito.wordpress.com

Juvencio de Arruda disse...

Oi Gilton.
Não significa não. Significa que, docemente constrangido, o Democratas vai ajudar o governo.

(belo blog, o Causa!)

Anônimo disse...

Isso porque eles louvavam o deus mercado.
Agora são obrigados a não obstruir ajuda estatal na economia.
O deus ruiu e quem tem que salvar é o Estado.
Antes isso era tido como postura dinossaurica.
Caiu o muro do neoliberalismo.

Bia disse...

Boa noite, Juca querido:

minha curiosidade é: quem fará oposição?

Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

Gilton, como lhe disse, houve acordo.
Bia, quando a oposição não obstrue a maioria faz a festa.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u461511.shtml

Anônimo disse...

Vocês são todos uns engraçados.
Se o DEM passa a obstruir sistematicamente todas as votações que tratam da salvação do mercado financeiro, vocês vão cair de pau, também.
Aí, é porque o DEM é contra tudo. É contra a estabilização da economia e quer ver o circo pegar fogo.
Com vocês, é assim. Hay DEM, soy contra !
Infelizmente, estamos marcados a ferro e fogo, pra sempre. Pra vocês, só fazemos besteira.
Onde estão os petistas históricos dessa vida, que não aparecem por aqui pra criticar o governo, que hoje, ajuda os bancos ?
Botem a cara pra fora e venham debater abertamente.
Venham mostrar as incoerencias do DEM, uma por uma, na oposição.
Vamos discutir o PT de outrora e o PT de hoje.
Vamos ver quem mais se desviou do caminho.
Vamos ver quem se juntou com o que há de pior na vida pública.
Vamos ver quem abriu as pernas para o ineternacional Jáder Barbalho.
Vamos, botem a cara !
Vic Pires Franco
Deputado Federal- DEM

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado pela parte que me toca, caro deputado.
As vezes sou engraçadinho sim...rs.
Outras não.
Minha cara "está botada" quando assino o que escrevo.
Não fiz juízo de valor algum no post. Apenas antecipei o resultado de uma, digamos, velha amizade entre o PFL/DEM e os bancos.
Não me lembro de uma votação onde esse amor não tenha se revelado.
O sr. lembra?
Qual é o problema em assumir esse amor programático?
Admito, o PFL/DEM esta marcado para sempre, nessas e noutras questões, como o PT está em diversas, o PSDB em várias,o PMDB em tantas...rs
Mas seu repto é muito interessante, tanto quanto sua respeitável disposição para o debate.
Comentaristas, à vontade. Debatamos ( ui!) o DEM na oposição e o PFL na situação.
Com termos, é claro.

Anônimo disse...

Vic, uma coisa é inegável: trocar o PT pelo DEM seria trocar a namoradinha infiel pela "mulher do bairro".

Anônimo disse...

O que me deixa indignado, Juvêncio, é essa hipocrisia desse PT que governa o Pará e o Brasil.
É falta de vergonha que não acaba mais.
A cara do presidente Lula nem treme mais. A da governadora Ana Júlia, então, nem se fala.
Com o PT é assim: tem voto pra dar, bota pra dentro. É ladrão ? Tem voto ? Bota pra dentro.
Cadê a Ana Júlia que chamava o Jáder de ladrão ?
Cadê o Lula que queria colocar o Jáder atrás das grades ?
Pelo amor de Deus, gente ! E nós, do DEM, é que não prestamos ?
Onde está aquele petista de carteirinha, que todo domingo colocava seu filho na garupa da bicicleta, com uma bandeira do PT, e saía pela cidade cheio de orgulho ? Ele está vivo, continua petista, mas está morto de vergonha do PT.
O PT de hoje, no Pará, é o PT do Jáder. O mesmo Jáder de ontem. O Jáder que foi indiciado, preso e algemado por corrupção.
E vocês vem aqui pra dizer que nós, do DEM, defendemos os banqueiros ?
Ora ora, vamos é botar esses petistas pra cantar uma musiquinha que é a cara deles, isso sim:
" Vale tudo.
Vale o que vier.
Só não vale dançar homem com homem
Nem, mulher com mulher
O resto, vale ! "
E como vale, né não, governadora Ana Júlia ?
Vic Pires Franco
Deputado Federal - DEM

Anônimo disse...

Mudando um pouco de assunto:

Asdrubal Bentes foi reeleito deputado federal em 2006 com 42.738 (lanterninha entre todos os eleitos), apenas 4.161 votos acima da primeira-suplente (a "tucuruísta" Ann Pontes).

Com o advento das eleições municipais de 2008 (que esfacelaram a imagem de Asdrubal) e com a possível candidatura de Tião Miranda para federal, estariam implodidas as chances de Bentes continuar na Câmara Federal a partir de 2011?

Será que ele tentaria para deputado estadual?

Anônimo disse...

Porque o espanto, o DEM é isso aí, um monte de netinhos da ditadura e representam os interesses do capital, seria espanto se eles lutassem em favor do coletivo.abraços

Anônimo disse...

Ué... O PT sempre fez oposição odiosa à tal "política pública" e o DEM é ironizado? A incoerência está de que lado? E o "não óbvio"? É muito petismo hein?

Fernando Bernardo

Anônimo disse...

Luluquefala:
Foi-se o petista que era petista de verdade.
Debater, deputado ? Passe outra hora, porque é fim de mes e todos estão ocupados em receber seus contra cheques.
No PT não existe mais aquela história de tendências DS (democracia socialista), DR (democracia radical), TM(tendência marxista), ED(esquerda democrática).
Agora, é só DAS ( me dá meu contra cheque aí ).

Anônimo disse...

O partido da elite atrelada aos bancos vai fazer o quê? Divertida a revolta do deputado Vic, do partido do banqueiro/quadrilheiro Bornhausen.

Anônimo disse...

O lulu matou a pau

Bia disse...

Bom dia, Juca querido:

o Deputado tem razão na sua questão central. Se alguém um dia sonhou que o PFL/DEM era um partido revolucionário, sonhou o sonho errado.

Ao DEM sempre será debitado o conservadorismo econômico e a defesa de privilégios de poucos, o que o faz, reconheçamos, sem disfarces. Agora, o que é mesmo que se pode debitar à conta dos partidos "socialistas", "comunistasdo brasil" "social democratas"?

Debita-se algo fundamental, no passado recente: a democratização da sociedade brasileira e isso não é pouca coisa. Porém, esculhambar o DEM pelo apoio à ditadura é desconhecer os aliados permanentes ou de ocasião dos governos, inclusive o atual. Quem foi mesmo José Sarney, antes da "conversão" abençoada pelo Dr. Ulysses? E o honorável Severino Cavalcanti andava onde entre 1964/78? Essa não é uma discussão séria.

A manutenção da política macroeconômica - que inclui agora os subsídios aos bancos e, portanto, não vejo porque nos arrepiamos todos, ressalvada a turma que exorcizava o PROER, essa sim, com direito a arrepios e bançãos - "aliviada" por uma política social centrada no Bolsa Família e em programas de sustentabilidade duvidosa são mantidoas pelo Governo Lula. Isso foi ruim para o povo? Não. Sempre me irritou muito quando se critica programas sociais chamando-os de benemerência e qualquer apoio aos setores mais "ilustres" chama-se financiamento.

Porém,iso leva a algum caminho melhor? Não sei. Os dados não são otimistas.

Arenda real média dos trabalhadores do Brasil metropolitano era, em 2007, R@ 1.321,00 (homens) e R$ 904,00 para as mulheres, contra R$ 1.346,00 e R$ 875,00, respectivamente, em 2001

A fórmula mágica que tem sido disseminada pelo Governo Lula é que nesse período a renda caiu (R$ 1.223,00 e R$ 821,00 em 2005) e agora subiu de novo um pouquinho.

Onde foi a movimentação desses salários no período 2001-2007? Na indústria é praticamente estável (R$ 1.468,00 e R$ 1.466,00), na construção civil tão alardeada ocorreu um pequeno crescimento (R$ 797,00 e R$ 865,00), nos serviços de educação e saúde caiu (R$ 1.432,00 e R$ 1,345,00) e o crescimento se dá mesmo pela administração pública (R$ 2.072,00 e R$ 2.315,00)!

Acho que nesse passo, a construção de um país justo social e economicamente, ainda está pra ser inventada.

Vai daí (ou daqui..rsrsrs..) que às vezes eu perco a noção do que é que estamos discutindo, e acho que nos basta nos alfinetarmos para distrair a dor de não atravessarmos nunca o fosso da desigualdade e da pobreza.

Beijão, Juca querido.

Bia disse...

PS, Juca querido:

pra quem quiser conferir os salários e os setores de atividade, po link é este:


http://www.iets.org.br/IMG/xls/doc-639.xls#tab57!A1

Beijão.

Anônimo disse...

É o neoliberalismo versão demo-tucana. Divide os prejuizos com o estado e privatiza os lucros. Quero ver se ele vai apoiar outra medida do presidente Lula, que prevê o sequestro de bens dos diretores desses bancos. O ACM neto é uma versão em miniatura do vovô, que Deus o tenha e o Diabo o carregue.

Anônimo disse...

Bia, querida.
Procure saber quem fez o Fundo de Combate a Pobreza, que depois se transformou no Bolsa Familia.
Voce vera que foi o Senador Antonio Carlos Magalhaes, do PFL.
So isso.
AbraÇo
Vic

Bia disse...

Boa noite, Juca querido:

Boa noite, Deputado:

Tive que ir mesmo procurar a informação, porque reconheço que quando a gente desconfia do santo, não vê seus milagres. Vi que o então senador, Presidente do Senado em 2001, foi o autor da Emenda Constitucional que criou o Fundo, com vigência até 2010.

Vai daí, Deputado, que achomque não guardei mesmo essa informação no meu HD mental, porque criar um Fundo para combater a secular pobreza brasileira em 10 anos, só podia ser piada do Painho.

Mas, isso não merece uma desavença. Na verdade, vejo com muita clareza o papel do seu Partido nesta vã República. E ele cumpre o papel que tem. Isso não é ironia. O que anda nebuloso, para mim, é o papel dos demais partidos.

Um abraço, Deputado.

Beijão, Juca.

Anônimo disse...

Não foi piada, não, Bia.
Quem sabe, não foi o primeiro passo.
Um abraço, Bia.