31.10.07

Apoio que Vale

Entrou um nome novo, por assim dizer, no disco de consulta sobre intenção de voto nas sondagens para a prefeitura de Parauapebas, conta uma fonte do blog que andou xeretando a política por lá.
Chama-se Cláudio Almeida, filiado ao PR do ex deputado federal Anivaldo Vale.
Cláudio já foi candidato a prefeito em Canãa dos Carajás, 63 km ao sul do Pebas, e tem muitos cabos eleitorais por lá, entre eles Faisal Salmen, ex deputado estadual tucano, que sai completamente dos eixos quando falam que sua ex mulher, Bel Mesquita - deputada federal pelo PMDB e ex prefeita do Pebas por duas vezes - vai se candidatar.
Faisal, um poço de azedume, não é muito querido na cidade.
Mas o Anivaldo vale por um rio doce.

32 comentários:

Anônimo disse...

Cláudio Almeida, ex-deputado, começou como melhor amigo do Ademir Andrade (CDP), depois virou melor amigo do Fontelles (Ipasep), depois melhor discípulo do Almir, para acabar como jatenista...
Pobre povo de Parauapebas.
E então a Sonia Maranhão, vai ser candidata em Canãa, para continuar a aliança?
O povo antigo da Sespa lembra desta moça como protagonista da história do presente de uma rede (belíssima) para o então secretário de Saúde, papo que até hoje a D. Socorro não engoliu...
Tô que tô, vão começar as eleições, aí eu gosto...

Francisco Rocha Junior disse...

Se tivesse os pontos de exclamação, eu diria que o texto era do Zé Simão.
Abs e até a volta, Juvêncio.

Talita Baena disse...

O privado se metendo no público, tipicamente, Vale. Mas investir no tatuzão, que nem mora nesse bairro, rsrsrrs. Tá difícil!

Anônimo disse...

ak diz;
Juca: o Cláudio é velho em Parauapebas. Foi candidato lá, se não me engano, em 2000. Fala com o Orly que ele te dá a ficha. Novo, não.
Afonso Klautau

Anônimo disse...

Hoje senti vontade de chorar ao ver na tv senado, o senador Mario Couto fazer uma defesa veemente do combate a corrupção.

Anônimo disse...

Coitada da população de Parauapebas. Embora a natureza tenha sido pródiga em riquezas, na política, porém, só lhe deu pessoas de índole duvidosa. Começou com um prefeito chamado Chico das Cortinas, passou pelo desiquilibrado do Faissal, transformou-se, com a ex-esposa, Bel Salmen ou Mesquita, do Faissal, em um antro de bandidos como Chico Ferreira, de quem a Bel foi namorada, e um tal de Euner (acho que assim se escreve). Este último inventou a candidatura do Darci, que de petistas não tem nada. Mas uma eleição e me apresentam um tal de Cláudio Almeida. Este rapaz vendeu sua candidatura anteriormente e foi para Canaã dos Carajás. Sabe de onde ele saiu?. Fazia parte da gang do Ademir Andrade de quem foi motorista e segurança e chegou a deputado estadual financiado pelo Antonio Fonteles e Chico Ferreira. Só tenho que reza para que os céus protejam o "PEBA".

Anônimo disse...

Vai dar repeteco a chapa para as próximas eleições em Parauapebas.
Bel prefeita e Meire vice.
PMDB e DEM juntos.

Anônimo disse...

Moro em Marabá vou sempre a Parauapebas e não vejo a situação dessa forma. A campanha lá deve ser polarizada entre Bel e Darci, Faisal e claudio não têm chances para prefeito, dizem até que o Claudio Almeida é até candidato a vereador, Anivaldo com seu partido não têm vez, nunca foi bem votado na região.

Anônimo disse...

precisas checar essa estória de Cláudio e Faisal juntos; eram figalguais inimigos. Pelo que sei Claúdio vem com apoio de Maggi, que financiará a campanha - como vês estamos cada vezx mais livres de Belém, a sua "Déli"de esgotos fétidos e à céu aberto...
Asoja chegará junto com a cana e tchau Belém!

Alcinéa Cavalcante disse...

Por aqui, se duvidar, já tem mais pré-candidato que eleitor.
Beijos, querido, e bom final de semana.

Anônimo disse...

Juvêncio,essa notícia veio do blog da Lucia Hippolito

http://www.luciahippolito.globolog.com.br/


" 02/11/2007
TRE do Estado do Rio tem uma boa idéia

Reza o § 9º do Art. 14 da Constituição: “Lei complementar estabelecerá outros casos de inelegibilidade e os prazos de sua cessação, a fim de proteger a probidade administrativa, a moralidade para exercício de mandato, considerada a vida pregressa do candidato, e a normalidade e legitimidade das eleições contra a influência do poder econômico ou o abuso do exercício de função, cargo ou emprego na administração direta ou indireta. (grifos meus)

Com base nesse artigo, vários TREs vêm tentando impugnar candidaturas às eleições. Gente que não convidaríamos para tomar um café na nossa casa, com medo de que eles roubem a colherinha.

Mas os candidatos recorrem ao TSE, que sempre, invariavelmente, suspende a impugnação e permite, não só a candidatura, mas a posse dessa gente.

O presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Mello, argumenta que não pode tomar outra atitude, uma vez que as pessoas só são condenadas depois de terem sido esgotados todos os recursos, de terem sido percorridas todas as instâncias da justiça.

E o resultado prático é o que vemos: o Congresso, as Assembléias e as Câmaras Municipais são um verdadeiro passeio pelo Código Penal – isto para não falar nos Executivos.

Com as raras e honrosas exceções de praxe, o Legislativo brasileiro abriga todo tipo de malfeitor. Gente condenada em primeira instância ou indiciada por homicídio, tráfico de drogas, corrupção ativa e passiva, violação de sigilo bancário de caseiro, falsidade ideológica, estupro, tráfico de influência... E por aí afora.

Todo mundo que tem contas a ajustar com a Justiça concorre a um cargo público porque tem a certeza da impunidade, que lhe garante o foro privilegiado.

Novamente, com as raras e honrosas exceções de praxe, foro privilegiado hoje é guarda-chuva para bandido.

Os partidos não impedem a candidatura, a Justiça não pune, a Justiça Eleitoral não barra. E o pobre do eleitor fica com a total responsabilidade por mandar para o Legislativo e o Executivo uma gente horrorosa.

Pois o presidente do TRE do Estado do Rio, desembargador Roberto Wider, decidiu interromper este ciclo sem fim de impunidade.

Nas eleições de 2006, o TRE-RJ impugnou várias candidaturas, principalmente de deputados federais envolvidos com a máfia das sanguessugas e que buscavam a reeleição.

Os candidatos recorreram ao TSE e conseguiram o direito de se candidatar. Mas nenhum foi eleito no Estado do Rio.

Aí é que reside a engenhosidade do TRE-RJ.

Enquanto o TSE não decide, o candidato não pode fazer campanha. Assim, quanto mais a Justiça Eleitoral demorar, menos tempo o cidadão tem para sua campanha. Nas eleições de 2006 no Rio, nenhum deles foi eleito.

Para as eleições de 2008, o presidente do TRE-RJ decidiu aperfeiçoar. Reuniu-se com os juízes eleitorais do estado, e foi decidido que a impugnação já vai começar no nascedouro, isto é, na própria cidade onde foi registrada, impugnação realizada pelo juiz eleitoral do município.

Evidentemente, o candidato vai recorrer ao TRE. Mas sua campanha já estará suspensa.

O TRE-RJ, na grande maioria dos casos, vai manter a impugnação. Evidentemente, o candidato pode recorrer ao TSE. Mas sua campanha continua suspensa, à espera da decisão do Tribunal.

Nessa toada, meses podem-se passar, dificultando a campanha do candidato que tem contas a prestar na Justiça.

O presidente do TRE-RJ usa, assim, a tradicional morosidade da justiça brasileira, para impedir que uma porção de gente desqualificada seja eleita para cargos públicos.

Quem sabe, se outros TREs aderirem, não teremos algum progresso?

Todas as idéias são bem-vindas, quando se trata de melhorar a qualidade da representação política no Brasil"

interessante, não?

Juvencio de Arruda disse...

Ak, caríssimo, novo só no disco de consulta, vc está certo.
Sei que o CA anda há bastante tempo pela região.
Foi candidato em Canãa dos Carajás, e perdeu por 400 votos, salvo engano.
Abs

Juvencio de Arruda disse...

Grande Rocha...quem dera..rs, eu não estaria a trabalhar nos feriados...eheh
Abs

Juvencio de Arruda disse...

Talita, chamam isso de arranjos institucionais...rs
As vezes dá certo.
Abs e prazer em revê-la!

Juvencio de Arruda disse...

Das 7:16, é melhor guardar as lágrimas, prá chorar por coisa melhor...rs

Juvencio de Arruda disse...

Das 9:18, a informação é de ótima procedência, mas não quer dizer, nem de longe, que CA vai levar a eleição. É um registro de um fato novo, apenas.

Juvencio de Arruda disse...

Das 2:41, vá se tratar, e depois volte aqui.

Juvencio de Arruda disse...

Alcinea, querida, por aqui não é diferente. Afinal o estado é a maior têta...eheh.
Bjs e ótima semana prá vc.

Juvencio de Arruda disse...

Das 2:54, muito interessante.
Resta saber se vão ter o descortino de adotá-la por aqui.

Anônimo disse...

Juca,

O Cláudio Almeida foi candidato a prefeito de Parauapebas em 2000 pelo PDT, disputando com a Bel Mesquita que tentava a reeleição. Começou lá atrás, sem nenhuma estrutura de campanha, tanto que só colocou o programa de TV e rádio no ar depois de 15 dias do prazo. Num determinado momento chegou a ameaçar a reeleição da Bel, mas eis que surge no meio do caminho uma fita, dizem, editada sob o olhar clínico do Dr. Faisal, que era nitroglicerina pura. Aí, meu amigo, o Claudio Almeida desapareceu, escafedeu-se de Pebas, e a fita foi recolhida aos costumes da família real, digo Salmen, e a Bel Mesquita que, na época, ainda era Salmen, foi reeleita tranquilamente.
Na eleição de 2004, já pelo PTB, o CLaudio desceu um pouco mais eplas estradas do Sul do Pará e disputou a eleição em Canaã, mas não foi páreo pra ninguém: ficou no rabo da fila. E justiça seja feita: dessa vez não apareceu nenhuma fita. Nem velha , nem nova.

Paulo Roberto

Quaradouro disse...

juvêncio, mano velho, como se chama aquele menino do TCM apanhado com a mão na massa, a boca na botija, o pé na jaca e enterrado até o talo, agora, com a Justiça? Aquele que trabalhava aqui em Marabá?
Pois é! Vi muito ele no Peba, nos áureos tempos de dona Bel...

Juvencio de Arruda disse...

Vixe, poeta, é o tal do Luis Fernando.
Ele andou muito por lá, antes, durante e depois da dona Bel.
Sempre enfiando as mãos na...er...bem...aquilo que tu sabes mas não pegas...rs

Anônimo disse...

SOU O DAS 2:41 E JÁ ME TRATEI, APROVEITEI O FERIADO; MAS É VERDADE JUCA-PIRAMA, O CLÁUDIO VEM APOIADO PELO BLAIRO MAGGI, E SE DESSA VEZ ESTÁ JUNTO COM SALMEN, O ASSUNTO É SÉRIO. JÁ O LUIS FERNANDO CONTINUOU - E SERÁ SE CONTINUA - A TRANSITAR LIVREMENTE POR PARAUAPEBAS, JÁ NO GOVERNO LERMEN. O NOME DO RAPAZ É WELNER, QUE FICOU RIQUÍSSIMO NO GOVERNO DA BEL - RIQUISSIMO MESMO, DIZEM.
O DARCI DEVE SER CHAMADO DE "LESMA"E NÃO LERMEN: NADA DE NOVO SOB O SOL, O PT PRÁ VALER MESMO.
RS RS RS

Juvencio de Arruda disse...

Sua "melhora" é evidente.
E boa sorte prá vcs aí no Pebinha.
Obrigado pelo bem humorado retorno.

Anônimo disse...

Paulo Roberto,
Espero que as coisas tenham melhorado para as suas bandas.
Melhor da gota ?
Cliente novo na praça ou só aquele que arrumei pra você ?
Tudo de bom, amigão.
Da onça...

Anônimo disse...

Meu Carissimko Juvencio, essa estoria do apoio do Blairo Maggi a provavel candidatura do "tatuzão" (como é conhecido aqui no nosso pebinha de açucar o CA), é plantado pelo proprio Claudio Almeida e sua turma.
Em 2000 o Cluadio concorreu pelo PPS e não pelo PDT que tinha o vice na chapa.
Um grande abraço
Wanterlor Bandeira

Juvencio de Arruda disse...

Meu caríssimo vereador, grato pela visita e informação.
Mas se é verdade que o Faisal e o Claúdio estão juntinhos, é porque cicatrizaram as feridas da fita que comenta o Paulo Roberto lá em cima, um primoroso exemplo do estado de saúde do fígado de ambos, conservado na geladeira...rs
Pessoalmente te conto.
Grande abraço..

Anônimo disse...

De preferencia l� no Bebericar.
Wanterlor
Abra�o

Juvencio de Arruda disse...

Assim seja feita a sua vontade.
Abraço.

Anônimo disse...

o partido do Blairo é o PR, no qual o Claúdio está hoje - esse o maior que cresceu nos últimos tempos, segundo a imprensa lá de cima, com o apoio decisivo do governador do Mato Grosso que sonha escoar sua soja pelo atlântico, via Santarém; o Wanterlor não sabe de muita coisa, apesar de residir em Parauapebas, a visão dele é "política", enquanto os caras tão é fazendo "negócio", por isso o Salmen e Cláudio juntos - uma dupla infernal!
Coitada de Parauapebas!!

Anônimo disse...

Claro que minha visão é politica, das 8:49!!
Wanterlor

Juvencio de Arruda disse...

No alvo,vereador!...rsrs
Abs