30.10.07

Cartas na Mesa

Pelo estilo, roteiro e intenções, não há dúvidas sobre a existência da carta que o ex deputado federal José Priante enviou a governadora Ana Julia na semana que passou. Num esforço patético para firmar-se como candidato a prefeitura de Nova Déli no ano que vem - poderia se eleger vereador - Priante tenta se manter sob os holofotes da mídia, no caso a concorrente, pois o jornal de seus familiares nada publicou sobre a epístola.
A carta é engraçadíssima. Levou-a ao Palácio dos Despachos um despachado Alemão, diligente carteiro 24 horas do ex deputado.
Anos atrás, em momento delicado das investigações sobre o escândalo da SUDAM, Priante escafedeu-se-se rapidamente de um escritório que ocupava na travessa Almirante Wandenkolk. A mudança foi demorada, haja vista a existência de muita papelada, mobiliário, e um cofre de razoáveis proporções.
Após a mudança, apressadíssimo, Alemão atravessou a rua e pagou as quentinhas dos carregadores no boteco em frente.
Naquele exato momento o poster estava lá, em pé no balcão, tomando uma Brahma geladíssima e beliscando um delicioso charque cozido.
No início do ano passado este mesmo cofre, sendo descarregado de uma Kombi, foi notícia no Seventy, ao ser flagrado dando entrada, também de noite, no mais elegante condomínio para rapazes solteiros da cidade, na travessa Diogo Moia.
Os Correios entregam a correspondência de Priante justamente neste prédio.

19 comentários:

Anônimo disse...

De quanto será o lance inicial para arrematar a candidatura do ex-deputado?
Pelo que se sabe, pelo apoio à candidatura do DUDU em 2004, o lance inicial foram os contratos com recursos da FUNASA, que digam os funcionários da SAEB- Serviço autônomo de água e esgoto de Belém.
Na eleição passada, o lance inicial foi o pagamento de restos a pagar da campapanha eleitoral- o famoso caixa do 2, que pelo que se diz por aí chegou a casa de $5000.000,00.
Agora, são duas mercadorias em leião:A primeira só interessa ao Duciomar- a retirada da sua candidatura.A segunda,o apoio no segundo turno- Só o tempo dirá a quem vai interessar.

Juvencio de Arruda disse...

"Restos" de 5 milhões é um claro exagêro. Priante tinha muito voto no interior, não lhe custaria tanto assim.
Ainda lhe restam alguns, que nada valem perto do que valiam, antes de sua derrocada, dentro e fora do PMDB.

Anônimo disse...

Ei Juvêncio,

Por acaso já vistes um programa na tevê Rauland, canal 14, chamado Programa Vitor Fonseca? Dá uma olhada, é bem interessante. Só tem um patrocinador: Construtora Marques Neno. O apresentador, se é que pode ser chamado assim, é futuro candidato a vereador, cabo eleitoral do Dep. Aumentativo de Carmem. O detalhe é que a construtora Marques Neno está em nome do filho do Vitor e de sua mulher, e tem como funcionário o filho engenheiro do Carmão. Bom, finalizando, o deputado é o dono da construtora.
Ei Ak, se não fosse o anonimato, ninguém ia saber dessa.

Alailson Muniz disse...

Mercedes, hein ministro!
Acho que vai rolar uma CPI em sua pasta.

Manda dizer quando aterriza em terras Tapajônicas.

Um abrarço!

Quanto ao Priante, o diário não deu uma linha da carta porque ele saiu com haval do Jáder. A carta foi só uma maneira de dizer que ele não foi expulso. Segundo uma fonte bem próxima, rolou descoberta de coisa muito feia feita pelo deputado desempregado.

Juvencio de Arruda disse...

rsrs...sonhos de consumo, presidente.
Ainda não sei quando ateriso no paraíso. Está dependendom de meu agente local, o senhor Eduardo Dourado. Conhece-o?...eheh
Mas não demora para sabermos as bicicletas do rapaz, que tem alguns amigos que adoram SLK.
Mas não se preocupe com o desemprego do ex.
Quem tem um cofre tem tudo, não fica chorando o roubo de uma bike velha feito vc...rs
Assim que souber a data da viagem te aviso.
Enquanto isso fica de olho na fila do coqueiro, sacana!

Anônimo disse...

Olha essa Juca:
Ontem à noite, Teatro da Paz cheio. A Orquestra Sinfônica Brasileira se prepara no palco pra a primeira apresentação em Belém da turnê 2007, patrocinada pela Vale e eis que uma criatura, no apagar das luzes,resolve gritar vivas ao Lula e vivas a Ana Júlia. Foi uma vaia só.
Ah! a platéia era bem heterogênea. até porque os ingressos eram gratuitos.

Juvencio de Arruda disse...

A Vale deve ter adorado.
A orquestra, bem entendido...eheh

Anônimo disse...

também, gritar no meio da platéia...
Até a Madre Teresa levaria vaia

Juvencio de Arruda disse...

Olha...de repente...vc está certo, das 5:07.

Anônimo disse...

O Priante, mais uma vez, dá um golpe de mestre. Igual ao dado por ele no escândalo da SUDAN.
Sai de mansinho, mas deixando de herança para o futuro secretário, vários contrados de prestação de serviços e compras em plena execução, inclusive com algumas faturas pagas, obrigando o novo secretário de saúde a cumpri-los. Afinal, permanece a secretaria nas mãos do PMDB.
Aliás, se fala a boca pequena que a futura secretária seria a Sra Laura Rosseti, ex-secretária no governo Jader Barbalho.

Juvencio de Arruda disse...

Dra. Laura, so pretty as Gene Tierney and the sonorous track of the Laura, by Otto preminger.
Com todo o respeito, é claro.

ak disse...

ak diz:
a brhama - gostaste da grafia - e o charque são de uma elegância que nenhum Barbalho, e menos Priante, imaginaria.
Ei, anônimo da Rauland, o que eu tenho a ver com isso ?
afonso klautau

Juvencio de Arruda disse...

rs...essa é dos deuses, Ak.
E o charquezinho é da galera.

Anônimo disse...

Com certeza a Sra. Laura Rosseti e melhor que o Dourado.

Juvencio de Arruda disse...

Dourado é feio prá caramba!

Anônimo disse...

Só pode falar do Dourado quem fez mais do que ele pela saúde deste Estado. Alguém se apresenta? Então que o desafiante apresente todas as obras e serviços que realizou pela saúde do povo do Pará para que possamos comparar.

Anônimo disse...

Obras?
Tás querendo enganar criancinhas, não?
Estão querendo falar de saúde, citando OBRAS!!!
Voltamos de onde nunca saímos: da politicalha, do uso eleitoral de programas assistenciais, e blá, blá, blá.
E a malária no Marajó?
E a m... destes postos de saúde espalhados pela cidade e pelo estado?
E não me venham com relatoriozinho de última, combinado?

Anônimo disse...

E o tal do Presença Viva, que deveria ser Presença Eleitoral, tudo superfaturado para enganar o pobre povo.
Ai vem a ex-vice, desafiar a governadora a manter o tal programa. Me poupe.

Anônimo disse...

Já passaram-se 10 meses. Será que, ainda, se está estudando a situação?