30.10.07

História de Out Doors

Não foi Francisco Caldeira Castelo Branco quem fundou Nova Déli.
Foi o ex deputado José Priante, sabe-se agora.

25 comentários:

Anônimo disse...

Se out doors desse votos, Priante não estaria com 1% na última pesquisa eleitoral.

Juvencio de Arruda disse...

Tudo isso?

Yúdice Andrade disse...

Seria esse um caso da "síndrome de Chuck Norris"? Tive um professor na UFPA que sofria dela. Ele acreditava que até os pombos de Mosqueiro eram obra dele, porque - ele o dizia - não havia pombos na ilha até que ele levou exemplares para a casa da família. Daí se reproduziram. Se fosse verdade, e considerando as zoonoses que os pombos provocam, nem seria exatamente algo de que se orgulhar, certo?
Em suma, Priante é igual ao Gol: use sem dó!!

Anônimo disse...

A Elcione está bem melhor.
Tem o dobro.

Anônimo disse...

Luluquefala:
Os eleitores do Priante são aqueles que foram colocados pra correr da SESPA.

Anônimo disse...

Juca,
Parabens pelo humor, nunca mais tinha rido tanto.

Juvencio de Arruda disse...

Mas todo mundo tá se deliciando com os out doors. Em Santarém é festa...rsrs

Anônimo disse...

Hoje a coluna de Mauro Bonna no Diario do Pará, diz que Halmelio Sobral continua prestigiado no PMDB. Eu soube que ele esteve na festa de aniversário do Jader Barbalho e foi muito paparicado por todos do partido. Parece que o Priante sobrou nessa.

Anônimo disse...

Juca, propaganda de político (ainda mais sem mandato) fora do período compreendido pela legislação eleitoral, não é "propaganda extemporânea" e "abuso do poder econômico", passíveis de punição com inelegibilidade?

Anônimo disse...

Luluquefala:
O Priante também descobriu Santarém ?
Certo?

Anônimo disse...

Todo mundo ri, todo mundo vê. Menos o MP. Tá na cara que é propaganda antecipada, mas...

Anônimo disse...

Vai sobrar pra todo mundo, como sobrou na consulta sobre fidelidade partidária. O deputado federal José Fernando Aparecido de Oliveira (PV-MG) protocolou Consulta no Tribunal Superior Eleitoral questionando a legalidade da propaganda política na internet. O relator é o ministro Cezar Peluso. O deputado lembra que os partidos estão usando novas ferramentas como Orkut, Second Life e YouTube. No entanto, estes recursos não estão previstos na legislação eleitoral. “A comunidade política navega em zona cinzenta, pois se considerada irregular a propaganda, o candidato ou partido serão responsabilizados”, argumenta a advogada Ana Amelia Menna Barreto, que assina o pedido. A Consulta indaga sobre a legalidade do e-mail marketing, da publicação de banners em sites, da criação de blogs, da veiculação de vídeos, da participação de candidatos em bate-papos e de debates por chats. Em relação ao Second Life, questiona sobre a possibilidade de formação de diretórios, birôs eleitorais e distribuição de propaganda no ambiente 3D. A ação também pede esclarecimentos sobre a propaganda em vídeo, direito de resposta, arrecadação financeira online e contratação de serviços de telemarketing e SMS. No ano passado, no Recurso Especial Eleitoral 27.628, o TSE entendeu que as restrições previstas na legislação não se aplicam a sites que não estejam vinculados a uma emissora de rádio e de televisão.

Anônimo disse...

Deixem o rapaz curtir a fama.

Anônimo disse...

ak diz:
impressionante a proliferação dos anônimos. Repito: impressionante a proliferação dos anônimos.
afonso klautau

Anônimo disse...

O Castelo Branco , fundou Belem e tambem a bandalheira na cidade, tanto que saiu daqui expulso pela população que o acusava de so tratar de seus interesses.
Bons tempos aqueles.

Anônimo disse...

O leilão começou. Só que no momento a mercadoria só interessa oa Duciomar.Imaginem esta negociação. Pobre Belém!

Juvencio de Arruda disse...

Interessa ao PT também.
Quem sabe ele pode vir de vice. Deixando o cofre em casa, é claro.

Anônimo disse...

Ei Juca, se um Castelo fundou Belém, tem um outro Castelo afundando de tanta bandalheira.

Juvencio de Arruda disse...

Mas este, em breve estará dormindo na jaula.

Anônimo disse...

Ak, o anonimato é a garantia de sobrevivência em uma cidade que mais parece um ford ka: pequena, mal ajanbrada e apertada.

Cris Moreno disse...

Ei Juca, o anônimo de 2:08 colocou informações interessantes. Se a Legislação Eleitoral não prevê as novas ferramentas de tecnologia, ficará difícil para os candidatos.

Beijos.

Anônimo disse...

Ei meu "afilhado" AK deixe os Anônimos curtirem o anonimato, pois são eles que enriquecem este blog, além, claro, do grande Juca.
Bjs
MCanto
PS. Juca o Priante é candidato também em Santarém? Que rapaz "guloso", hein?

Juvencio de Arruda disse...

MCanto, padrinho de vários de nos...rs.
Não padrinho, ele tá com o domicílio eleitoral aqui mesmo em Nva Déli. Mas todo mundo come fora de casa não é?...eheh
Grande abraço!

Anônimo disse...

Ainda bem que os anônimos apareceram para dar vida ao blog, isto estava parecendo um chá de comadres e compadres.

Anônimo disse...

Acho que em Belém vai dar Elcione.
E em Ananindeua Helder. Em Paraupebas Bel.Em Marabá Asdrubal.
Eta que tá como a gente gosta.