30.5.07

Marca

O governo Ana Julia completa hoje 10% do mandato

20 comentários:

Anônimo disse...

Luluquefala:
Isso é que é mudança !
Se multiplicarmos por 10 tudo o que o governo da nossa aeronauta governadora fez, chegaremos ao final de 4 anos com um resultado que combina muito bem com o seu slogan de campanha, a mudança, ZERO. Essa foi a grande mudança.
Claro, se compararmos com o governo anterior, da dupla Jatene/Valéria.
É a mudança que chegou para ficar. Só por 4 anos.
Depois a gente volta, trabalha quadruplicado, tira a diferença, e sai pro abraço !

Anônimo disse...

10% de nada = PN...
Até agora o que a governadora fez:
1.Plenárias do PTP que na verdade eram propaganda política e um meio simples de atacar o governo anterior...;
2. Inauguração do Hangar,que de seu só tinha 5% da obra, e que foi criticada durante a campanha e agora coloca na mídia como um grande feito de seu governo - deveria ser processada ao CONAR...
3. Quadra de tênis dentro de uma secretaria - em vez de utilizar o espaço para oficinas de mecânica ,marcenaria ou até corte costura, para aprendizado pelos funcionários, seus filhos, ou a própria comunidade de entorno;
4. Contrato para aprimoramento de 14 pilotos para a GRANDE frota de helicópteros do estado;
Parei por aqui, não consigo me lembrar de + nada...

Anônimo disse...

Ora, Luluquefala,

O quê o governo Jatene/Valéria fez no primeiro ano de mandato?

Nada!

Lembro que, a certa altura do 2º mandato do Edmilson, houve uma ameaça de greve dos trabalhadores da construção civil.

A equipe da PMB ficou com os cabelos em pé. A Prefeitura estava tocando algumas dezenas de obras em vários bairros da cidade, e a greve seria, claro, um enorme atropelo.

Do lado do governador Jatene, e de sua vice, Valéria, reinava a paz dos cemitérios.

É que, àquela altura, o Governo do Estado tocava apenas 2 obras na capital: o Mangal das Garças (que vinha do governo Almir Gabriel), e um conjunto habitacional fora da primeira légua urbana.

Havia, a bem da verdade, uma terceira obra: a reforma do prédio do Instituto Lauro Sodré, que se arrastava pachorrentamente desde 1999, e só seria concluída em 2006, pelo Poder Judiciário.

Como greve não afeta obra parada, Jatene e Valéria continuaram rindo pras paredes.

Quando essa gente ri, a gente sabe que ela ri da gente.

Anônimo disse...

Para completar o anônimo das 9:40
4- contratou e descontratou a cabeleireira e a esteticista para cargos comissionados.
5- usou o jatinho do estado para viagens particulares
6- demitiu jornalistas da CSS
7- aprovou uma logo de governo que parece com a marca do governo passado
8-criou conflitos com o secretariado.
9-deixou o setor madeireiro, que por sinal apoiou sua candidatura, com o pires na mão.
Ufa! acho que não tem mais nada, tem!?

Anônimo disse...

Infelizmente, nada mudou nem mudará.
Impressiona é a "capacidade" de arrumar rolos e mais rolos (cabeleireira, jatinho, contrato de piloto e por aí vai...).
Psiu, governadora, quando é que começará a jorrar os zilhões que promete para cá, desde quando foi candidata a prefeita? ...do seu "amigo Lula", lembra?
Tá mais do que na hora de começar a fazer algo de concreto, né não seu Juve?

Anônimo disse...

Nossa, como esse povo tem saudade da quadrilha tucana que "desenvolveu" o Pará por 12 anos... Será que esse povo anônimo estava no D.O.E de 1º de janeiro? Sei não, esse governo tem feito algumas trapalhadas, mas com mudança ou sem mudança, já era hora de darmos um basta na lambança dos cofres públicos. Afinal, se não conseguiram distribuir riquezas pra além das sua plumagens, pelo menos servirá para ampliar o leque de clientes das construtoras de imóveis e revendedoras de automóveis do Pará? Esse povo que pulou de Jáder para Almir, de Almir para Jatene não tem vergonha na cara mesmo...

Anônimo disse...

Engano seu, anônimo 3:29.
Nada a ver com o tucanato e suas mazelas, que em boa hora se foram.
Não mude de assunto.O momento é de um governo que prometia mudanças e o que se vê é o mesmo, o de sempre, com agravantes.
Mudanças? Pra que? Já se esqueceram do que prometeram.
Lambança nos cofres públicos? ora, ora...é só ver as "mudanças" no D.O.E. Tá "assim" de mudanças, com pencas de novos aspones.Mudou, né?
Tudo igual, até nas alianças espúrias.
Abre o olho, companheiro...

Anônimo disse...

Porra, Juca, só tem tucano nessa joça (ou arremedo de tucano, como o Vic camuflado de "luluquefala", aliás, uma alcunha nada máscula). Alguém chamar ao malabarismo contábil de 4 anos de Jatene de "governo realizador de Janete/Valéria" não é apenas má fé, mas propaganda extemporânea. Aliás, a consorte do luluquefala vai tomar pelas fuças recauchutadas um processo por propaganda extemporânea logo logo. Tá na hora de alguém obedecer ao calendário eleitoral nessa terra sem lei. Quanto ao governo da Ana Júlia, é como um carro à álcool. Tá esquentando pra poder arrancar.

Anônimo disse...

Engraçado o comentário de 4:18. Quer dizer que quando a aliança é com o PSDB não há problema, quando é com o PT é espúria. Será que a "pureza"do PSDB é suficiente para legitimar qualquer aliança.
Só para lembrar: os 12 anos de tucanato foi apoiado pelo PMDB.Também dizer que o apoio de Jader e wladimir Costa foi fundamental para eleição do Jatene.

Anônimo disse...

Simon diz: Seja mais positivo e diga: "Só faltam 90% do Governo Ana Júlia". Será que nas próximas eleições teremos pelo menos UMA opção???

Anônimo disse...

Por mim, deixava sempre do jeito que está. Contratou cabelereira, a gente denucia. Superfaturou contrato com o Aeroclube, a gente denuncia. Fez merda, denuncia.

Pelo menos nisso tá diferente. Nos governos passados passava uma boiada e a gente, nada.

Anônimo disse...

Não podemos ser inertes ao assumir que existiram algumas trapalhadas,muito bem colocado pelo anônimo das 3:29.Os vícios precisam ser rompidos.Não vamos aqui citar o inúmeros favorecimentos e trapalhadas que o governo de 12 anos fizeram, mas temos que ser capazes de aceitar que a maioria optou pela quebra desse modelo que estava imposto.E ainda acho cedo julgarmos esse governo.Só quem viver,verá quem é quem no castelo de Abrantes?

Anônimo disse...

Esses comentários são uma mixórdia atroz. Ume n chimento de saco. Um saco, enfim.
Não suporto mais esse monte de babogem.
Petistas e tucanos frustrados, azedos, doentes, debilóides, perdidos na histórias, mentirosos, raivosos. Não acrescentam nada aos fatos.

Anônimo disse...

Anônimo das 6:04
Pergunte para a sua recauchutada patroa quantas vezes ela pensou no Vic antes de dormir, nas suas noites mal dormidas.
Era só ela olhar para o lado e via a porcaria que estava deitada ao seu lado.
Aí meu irmão, toma-lhe Vic, pra passar a raiva e poder dormir relaxadinha da silva.
abraços pra você e beijinhos calientes para a patropi
Lulu

Anônimo disse...

Luluquefala se solidariza com a nossa aeronauta governadora:
Vocês petistas e peemedebistas, não terem conseguido sequer uma torneirinha para a patroa inaugurar, é muita maldade !! Tadinha dela.
É só esse lari lari de auditoria pra cá, auditoria pra acolá.
Já que é assim a mudança de vocês, comecem a levar a nossa aeronauta para inaugurar todas as auditorias. Com fitinha e tudo.

Anônimo disse...

Esse Luluquefala é a nossa diversão garantida. É a alegria do Quinta.
Tem muito comentarista afirmando que Lulu e o deputado Vic são a mesma pessoa. Será ?
Só sei que ele apanha que nem mulher de malandro. E dá cada porrada que o comentarista nem levanta pra dar a resposta. É sempre nocaute.
Parabéns Lulu, ou dep.Vic?

Anônimo disse...

Caro Juvêncio,

No 5º mês de mandato, o prefeito, ou o governador ou o presidente só pode inaugurar obras que tenha recebido em andamento da gestão anterior.

E -- com o perdão de todos que acham que não -- isso a governadora Ana Júlia tem feito. A cada mês ela viaja a vários municípios do interior, inaugurando obras do Pará Urbe, executadas pela SEDURB. Ao todo, serão 38 inaugurações até o fim de julho, só de obras executadas pela SEDURB. Desconheço os números dos outros órgãos.

A maior parte dos projetos da atual gestão só começará a ser executada no 2º ano de mandato. Alguns desses projetos já estão sendo elaborados; outros o serão no 2º semestre, com base nas decisões das plenárias do PTP.

Convenhamos: não é nada razoável imaginar que seja possível elaborar projetos, licitá-los, executá-los e inaugurá-los, tudo isso em 5 meses.

Um abraço,

Elias Tavares

Anônimo disse...

Não há dúvida que Luluquefala Pìres Franco é diversão garantida no Blog. Mas, pergunto: deputado não tem que deputar? Ou vale passar os dois únicos dias de trabalho no Congresso respondendo comentários de blogs?

Juvencio de Arruda disse...

Voce tem toda razão em seu post, caríssimo Elias.
As queixas são de outra ordem, e podem ser instrumentalizadas em outras direções, embora facilitadas por escorregadelas do tipo eliminação dos créditos do governo anterior no caso do Hangar, ou da perigosa situação dos HR's de Santarém e Redenção.
É sempre um prazer a sua visita, prezado.
Um abraço.

Anônimo disse...

Anônimo das 11:20
Como você citou o meu sobrenome, e só existe um deputado federal com ele, me sinto na obrigação de responder ao seu comentário.
Não sei se você assiste a TV CÂMARA, mas é só ligar e verá a minha carga horária como deputado federal durante a semana.
Toda segunda feira já estou em Brasília, e agora neste momento, sexta feira, estou de saída para o aeroporto para voltar pra Belém.
Você também pode entrar no site da Câmara e procurar a minha frequência e publicar aqui no Quinta. Tanto em plenário como nas comissões também.
Talvez por isso, eu já esteja no meu quarto mandato, sempre obtendo as maiores votações da nossa bancada. representando o nosso Pará com muito orgulho.
Continuo a sua disposição.
Vic Pires Franco
deputado federal